Arquivo da categoria: Adaptação

Adaptações

Street Fighter: The Storytelling Game é a combinação perfeita de uma excelente mecânica de combate com um formidável cenário, não há o que falar do contrário. Nada mais natural que fãs entusiasmados (como eu) criem seus próprios materiais originais, como os fanfics, contos e artigos presentes na seção Cultura. Nesta seção, serão abordadas as adaptações de filmes, animes, mangás, games e livros para o sistema de regras de Street Fighter RPG. Além disso, adaptações de outros jogos da própria série Street Fighter, como Street Fighter Alpha/Zero e Final Fight, virão em breve dar as caras por aqui, uma vez que o cenário de SFRPG original é Street Fighter 2.

Tem algum material de sua autoria? Uma ideia mirabolante de adaptação de algum filme/anime/mangá/game/livro? Dicas e sugestões sobre as adaptações aqui apresentadas? Mande para nós através do formulário de contato ou de nossa conta do Twitter!


Street Fighter RPG Imortal

Street Fighter RPG: Imortal

Eles caminham entre nós há séculos sem que possamos notar suas presenças. Mesmo no circuito Street Fighter eles estão à espreita. Street Fighter RPG: Imortal é um cenário alternativo para Street Fighter: O Jogo de RPG mesclando elementos da consagrada série de filmes Highlander com o mundo de Street Fighter. E então, quem quer viver para sempre?

Clique na imagem ou no título.


MMA RPG

MMA RPG

Ambicioso projeto de parceria entre os blogs Street Fighter RPG Brasil e Instinct Alternative para criar um suplemento com tudo sobre as Mixed Martial Arts e como usá-las com as regras de Street Fighter RPG e até mesmo no cenário de Street Fighter. Não, ele não foi lançado ainda, não tem data prevista, mas já possui ótimos materiais produzidos. Todos podem ser conferidos no post MMA RPG.

Clique na imagem ou no título.


The King of Fighters RPG

The King of Fighters RPG
Este sem sombra de dúvida é o projeto mais empolgante do qual a Street Fighter RPG Brasil está participando (não muito ativamente, confesso) ao lado da The King of Fighters RPG Brasil. Ele se propõe a criar um cenário de campanha da série The King of Fighters, utilizando as mesmas regras de Street Fighter RPG mas remodelando todo o Livro Básico, criando um novo jogo. Sim, além dos torneios principais (94, 95, etc) todos os personagens dos games serão adaptados para nossas já conhecidas regras. Visite a página oficial do projeto e saiba mais sobre esta iniciativa.

Clique na imagem ou no título.


Buffy, A Caça Vampiros

Buffy, A Caça Vampiros
Adaptação do seriado homônimo feita para os sistemas Storyteller (incluindo Street Fighter), GURPS e 3D&T, incluindo fichas dos personagens principais.

Ok, esta adaptação não é minha, mas da extinta Dragão Brasil #51. De qualquer forma, achei interessante publicar por aqui. Ela é pequena e pouco aprofundada, por isso lanço o desafio de expandi-la para algum dos visitantes do blog. Alguém se habilita?

Clique na imagem ou no título.


Street Fighter RPG - Matrix

Matrix
Adaptação do filme homônimo feita para os sistemas Storyteller (incluindo Street Fighter), GURPS e 3D&T, sem fichas, só cenário e algumas sugestões de regras.

Esta adaptação também não é minha, mas da extinta Dragão Brasil #53. Ela é pequena e pouco aprofundada, ficando mais um desafio aos visitantes do blog (incluindo adaptar Matrix Reloaded e Revolution, que não existiam na época da adaptação original).

Clique na imagem ou no título.


liga-capa

Liga da Justiça
Adaptação do seriado animado de televisão homônimo feita para os sistemas Storyteller (Street Fighter), GURPS (Supers) e 3D&T, apenas os personagens principais, a nave e uma manobra.

Esta adaptação também não é minha, mas da extinta Dragão Brasil #87. Ela é pequena e pouco aprofundada, ficando mais um desafio aos visitantes do blog (incluindo adaptar os demais personagens da série, vilões e a saga Unlimited).

Clique na imagem ou no título.

The King of Fighters RPG

The King of Fighters RPG

O The King of Fighters RPG é o projeto oficial do blog The King of Fighters RPG Brasil e mais um dos projetos em que a Street Fighter RPG Brasil ajudará a tocar adiante. Como o próprio nome indica, o The King of Fighters RPG será um cenário completo para rolar aventuras no mundo dos games da série The King of Fighters, da SNK. Isto mesmo, quando estiver pronto, você e seus amigos poderão rolar aventuras na pele de heróis como Kyo Kusanagi, Terry Bogard e Iori Yagami, ou então criar o seu próprio personagem com a intenção de se tornar o Rei dos Lutadores!

Com uma base fortemente calçada nos suplementos lançados pela Shotokan RPG (South Town I, II e The King of Fighters), este não será apenas um suplemento para Street Fighter: O Jogo de RPG, uma vez que incluirá todas as regras necessárias para jogar neste fantástico cenário, como um jogo independente. Ainda assim, as regras são o bom e velho Storyteller, com o sistema de combate de Street Fighter: The Storytelling Game. O responsável-mor pelo projeto é nosso amigo Roberto "Gárgula" Levita (sim, o mesmo de Street Fighter RPG: Imortal) e esperamos que em breve a equipe cresça.

Games Contemplados

Ainda não há uma lista oficial sobre quais games serão abordados pelo cenário. Lembre-se que muitos dos games da série não são canônicos, ou seja, não seguem a história oficial do jogo e são pancadaria pura. São inúmeros os títulos que figuram no rol da SNK que podem ser escolhidos para fazer parte desta adaptação, a saber:

  • Art of Fighting (1, 2, e 3) 
  • Fatal Fury (1, 2, 3, Special, Real Bout, Real Bout 2, Real Bout Special, Wild Ambition, First Contact e Garou: mark of the Wolves)
  • The King of Fighters (94, 94 Rebout, 95, 96, 97, 98, 98 Ultimate Match, 99, 2000, 2001, 2002, 2002 Unlimited Match, 2003, XI, XII, Maximum Impact, Maximum Impact 2, Maximum Impact Maniax, Maximum Impact Regulation A, Ex Neo Blood, Ex 2 Howling Blood, R1, R2, Collection: Orochi Saga, Neo Wave e o novíssimo XIII que ainda não foi lançado) 

Personagens Contemplados

Obviamente os personagens contemplados serão todos aqueles que figuram nos jogos que ainda não foram definidos. Para quem já visitou o blog do projeto, muitos personagens já foram apresentados e até mesmo um ou outro jogo já foi confirmado. A seguir será postado um listão de todos os personagens de todas as sagas relacionadas e conforme o blog oficial do projeto foir sendo atualizado, os personagens listados aqui linkarão os posts oficiais. Da mesma forma, personagens "cortados" ou que pertençam a um jogo que não será adaptado serão removidos ou assinalados como tal com o passar do tempo. Seguem em ordem alfabética:

  • Hotaru Futaba
  • Hwa Jai
  • Hyena
  • Igniz
  • Iori Yagami
  • Jack
  • Jae Hoon
  • Jhun Hoon
  • Jin Fuha
  • Jivatma
  • Joe Higashi
  • John
  • Jubei Yamada
  • Jyazu
  • K
  • K9999
  • Kain
  • Karman
  • Kasumi Todoh
  • Kevin
  • Kim Kaphwan
  • King
  • Krisalid
  • Kula
  • Kyo Kusanagi
  • Laurence Blood
  • Lee
  • Lenny
  • Li Xiangfei
  • Lien
  • Lily Kane
  • Lin
  • Lucky Glauber
  • Luise Mayrink
  • Magaki
  • Mai Shiranui
  • Malin
  • Marco
  • Mary
  • Mature
  • Maxima
  • May Lee
  • Michael Max
  • Mickey
  • Mignon
  • Miu
  • Mizoguchi
  • Moe
  • Momoko
  • Mr. Big
  • Mr. Karatê

MMA RPG

Post desatualizado precisando de revisão. Quer ajudar? Entre em contato através do Twitter @sfrpg

MMA RPG

Este é a página principal deste ambicioso projeto colaborativo entre os blogs Street Fighter RPG Brasil e Instinct Alternative. O Mixed Martial Arts RPG será um suplemento (a ser lançado no futuro) usando as regras de Street Fighter: The Storytelling Game (as melhores já criadas até hoje para simular combates de artes marciais) contendo tudo sobre o Vale-Tudo e seu predecessor, o MMA. Atualmente este projeto contém apenas dois colaboradores: Fernando Jr e Edson Golem, webmasters dos respectivos blogs. Como etapa inicial do projeto, estão sendo adaptados grandes nomes do MMA como personagens de RPG, independente de categoria de peso, divisão ou situação atual (se estão aposentados, competindo, etc). A seguir a lista de todos os personagens já adaptados:

Pesados Meio-Pesados
Fedor Emelianenko (Pride)
Brock Lesnar (UFC)
Mirko Filipovic (Pride)
Minotauro
Frank Mir
Kimbo Slice
Cain Velasquez
Bob SappEl Indestructo
Lyoto Machida (UFC)
Chuck Liddell
Quinton Jackson
Forrest Griffin
Maurício Rua (Pride)
Tito Ortiz
Rashad Evans
Minotouro
Thiago Silva
Randy Couture
Médios Meio-Médios
Vitor Belfort (Cage Rage)
Wanderlei Silva

Anderson Silva
(UFC-Cage Rage)
Georges St. Pierre (UFC)
Leves Não-Competidores
George Sotiropoulos
B.J. Penn (UFC)
Cristiane Santos (Strikeforce)
Dana White
Royce Gracie
Hélio GracieRickson Gracie

Personagens marcados com (C) são os campeões atuais de suas categorias no torneio em que disputam (Pride, UFC, etc) até a data da última atualização desta página.

Usando o MMA RPG

Existem basicamente duas formas de utilizar as adaptações apresentadas no projeto MMA RPG, a primeira delas, é usá-los junto ao cenário de Street Fighter RPG. Neste cenário, os lutadores do MMA profissional, por algum motivo (cada um tem o seu), estão rumando para os ringues ilegais. Alguns buscam vingança, outros apenas querem aprimorar sua técnica ainda mais, depois de uma carreira sólida nos octógonos profissionais. Independente do motivo, muitos nomes dos MMA mundial estão rondando os circuitos ilegais, principalmente por Dana White, o homem mais influente do mercado de lutas profissionais, também ser um empresário de Street Fighters, abrindo portas para muitos lutadores profissionais entrarem para os ringues ilegais.

A outra forma de usar MMA RPG é em uma crônica realista, fora do cenário de SFRPG, mais focado nas artes marciais reais, mostradas em filmes como Karatê Kid, O Grande Dragão Branco, Rocky e muitos outros. Nestas crônicas, os personagens serão lutadores rumo à perfeição, rumo ao cinturão dos peso-pesados, ou qualquer que seja seu objetivo. Mas lembre-se: apesar de não existir a Shadaloo no mundo real, organizações criminosas como a Máfia, a Yakuza, as Tríades e muitas outras existem, e são muito influentes no mercado de lutas, uma vez que são cheias da grana. Neste tipo de crônica, as regras das artes marciais profissionais devem ser respeitadas, o que inclui as manobras permitidas e não-permitidas. Como regra geral, o Narrador pode abolir o uso de Manobras de Foco nesse tipo de crônica.

Sobre as Adaptações

As adaptações são livres do contexto real. Apesar da maioria das vezes os autores utilizarem vídeos de lutas como base para criar os lutadores, não tem como ser 100% preciso com todos os lutadores. Às vezes vemos uma luta de Belfort onde ele está mandando muito bem nos Socos, mas na luta seguinte está usando mais Apresamentos. O que fazer? Tentamos balancear ao máximo os lutadores e ver quais são os pontos fortes e fracos de cada um. Escutamos muito o que os comentaristas das lutas dizem, uma vez que eles são especialistas e nós não. E por fim: tentamos nos divertir no processo.

O mesmo ocorre com a história dos personagens. Misturamos elementos reais com ficcionais para que os personagens sejam interessantes de interpretar em crônicas de MMA RPG. Alguns lutadores, como Lyoto Machida, tiveram sua história drasticamente alterada devido a idéias que surgiram, fazendo dele uma espécie de Ryu do MMA RPG. Usamos ao máximo nossa criatividade para criar backgrounds envolventes e interessantes de serem utilizados em mesas de jogo. Não espere uma adaptação 100% fiel aos octógonos, mas pode esperar muita diversão quando você estiver na pele de Minotauro e tiver de derrubar Velasquez…

Estilos

Uma vez que as Mixed Martial Arts são o que o próprio nome sugere (Artes Marciais Misturadas) o estilo que impera no MMA RPG é o Vale-Tudo, criado por Eric, da Shotokan RPG e levemente modificado por Fernando Jr. No Vale-Tudo, o lutador pertence ao estilo Vale-Tudo, que engloba muitos golpes de diversos estilos, mas possui algum estilo de especialização. Desta forma, é possível a um lutador praticar Vale-Tudo com ênfase em Muay Thai, por exemplo, algo comum nos octógonos reais. Assim, todos os personagens adaptados para MMA RPG possuem o estilo Vale-Tudo (ênfase), trocando “ênfase” pelo nome de sua especialização.

Posts Auxiliares

Até o lançamento do suplemento que não possui data prevista, muitos posts serão lançados, não somente contendo adaptações dos lutadores, mas comentando a respeito dos diferentes torneios, categorias, regras, etc. A seguir, estão listados todos os posts auxiliares do MMA RPG até o momento:

Quer Ajudar?

Então você é um aficcionado por Street Fighter RPG e gostou do projeto? Junte-se a nós adaptando os lutadores, seja criando as fichas ou bolando as histórias.

Ah, você não conhece as regras a fundo, mas é grande fã das lutas e não perde uma? Mande seu feedback dos lutadores para nós, comentando como poderíamos melhorar as planilhas, quais os próximos personagens que deveriam ser adaptados, e como lutam os personagens que vocês gostariam de ver a seguir.

Você tem uma das características acima e curte design ou ilustração? Nos ajude com seu talento, criando um logo legal para o projeto, para ser utilizado como selo promocional nos posts participantes. Ou então dê um jeito de ilsutrar os lutadores sem usar as fotos reais deles (vetorizando-os talvez).

Trabalho é o que não falta neste ambicioso projeto.

Octógono de MMA profissional

Brock Lesnar

Brock Lesnar


Brock Edward Lesnar, o Urso Americano como é conhecido nos ringues, é o atual campeão dos pesos-pesados do UFC, tendo ganho, por nocaute técnico, o cinturão que pertencia a Randy Couture.

Lesnar começou a lutar ainda na escola, onde era campeão de luta-livre e ainda jogava no time de futebol americano. Aos 20 anos, Brock entrou de vez no mundo das lutas estreando como lutador de Luta-Livre na World Wrestling Entertainment, tendo vencido diversos torneios como o Raw, No Mercy, SmackDown, SummerSlam, No Way Out, King of the Ring, Royal Rumble e o famosíssimo WrestleMania.

Após essa longa passagem pela Luta-Livre, Lesnar se desentendeu com os organizadores do WWE devido ao seu temperamento difícil e brutalidade nos ringues, até mesmo contra juízes e companheiros de equipe. Isso fez com que Lesnar mudasse seu foco para os esportes mais tradicionais, voltando a praticar Futebol Americano profissionalmente no time Vikings, de Minessota. Mais uma vez, devido ao excesso de violência utilizado por Lesnar e desentendimentos com o técnico do time, ele foi expulso da NFL e voltou aos ringues.

Dessa vez Lesnar foi para o Japão, refinar seu wrestling nos ringues japoneses, tendo competido e ganhado o torneio peso-pesado da New Japan Pro Wrestling. Foi quando ele teve contato com o MMA japonês, na época o K-1 Hero's, onde competiu durante algum tempo, até ser "descoberto" por Dana White e trazido para o UFC, onde se tornou a sensação que é hoje.

No UFC, Lesnar derrotou grandes nomes obtendo o cinturão dos Peso Pesados do veterano Randy Couture e mantendo-o até hoje. Esta vitória sobre Couture marcou o auge da carreira de Lesnar, que virou grande amigo pessoal do ex-campeão. Dizem que Brock é o novo Randy Couture, boato que Brock não desmerece. Entretanto, ao contrário da amizade que tem com Couture, Lesnar possui uma extrema rivalidade com Frank Mir, o único homem que o derrotou até hoje. Ele e Frank já se estranharam diversas vezes e sempre trocam ofensas antes e depois dos combates.

Lesnar é conhecido pela brutalidade com a qual compete. Em mais de uma luta já foi vaiado por atitudes pouco esportivas como encarar o adversário sem necessidade e fazer gestos obcenos até mesmo para a platéia. Isso, aliado à sua incrível força o tornam um dos lutadores mais temidos no mundo do MMA. Não bastasse isso, dizem que Lesnar compete à paisana no circuito Street Fighter também, quebrando algumas cabeças para uma platéia que adora e ovaciona seu modo estúpido e violento de ser.

Aparência: Brock é uma americano de 1,91m e 120Kg de puro músculo e violência. Loiro extremamente branco, Lesnar torna-se vermelho quando está em combates tensos, parecendo que vai pegar fogo. Seu corpo é totalmente rígido e calejado, fruto de anos como lutador profissional, 12 anos para ser mais exato, uma vez que Lesnar está com 32 anos atualmente.

Interpretando Brock: você é o lutador mais temido e respeitado do UFC, e gosta disso. Você não leva desaforo para casa e faz de tudo para derrotar seus adversários. Tudo mesmo. Não interprete isso como desonra, afinal você nunca usará outros meios que não seus próprios punhos para derrubar alguém, porém, mesmo alguns de seus golpes são fortes demais para serem usados contra pessoas comuns…Isso o fez entrar no circuito Street Fighter há alguns anos, a convite de Dana White. White entendeu que você estava frustrado com as limitações do MMA e necessitava de um lugar onde pudesse massacrar seus oponentes sem que um juiz viesse lhe parar quando o mesmo estivesse inconsciente…

* OBS: este personagem não é oficial da White Wolf. Ele foi criado por Fernando Jr com base em um lutador homônimo do Ultimate Fighting Champioship, tendo sua história levemente alterada para se enquadrar no mundo de Street Fighter. Ele faz parte do projeto MMA RPG

Brock Lesnar

MMA RPG

Dana White

Dana White


Americano de Manchester, Conecticut; Dana White é atualmente o empresários mais bem sucedido do mundo no ramo das lutas profissionais. Dana White é ninguém mais, ninguém menos, do que o presidente do Ultimate Fighting Champioship e do extinto Pride, os dois maiores campeonatos de MMA do mundo. Ele também é um dos grandes responsáveis pela popularização do MMA enquanto esporte, após a proibição do Vale-Tudo em diversos países do globo.

White viveu sua juventude em diversas cidades americanas, como Las Vegas e Boston. Começou trabalhando como instrutor aeróbico e foi crescendo, até adquirir uma rede de academias em Las Vegas. Também foi empresário de Boxe, na mesma época em que White iniciou seu interesse em agenciar lutadores profissionais, primeiramente Tito Ortiz e seu favorito Chuck Liddell.

Seu destino como empresário máximo do MMA foi traçado quando o UFC foi à venda, e ele e um parceiro de infância, dono de uma rede de Cassinos, compraram o maior campeonato de Vale-Tudo dos EUA, e um dos maiores do mundo. White se tornou presidente, e deste então é o principal responsável pelo crescimento e popularização do esporte no mundo todo, com um plantel de lutadores invejaveis.

Não bastasse todo o poder do circuito profissional de lutas em suas mãos, White queria mais. Ele soube de um circuito ilegal chamado circuito Street Fighter, com lutadores do mundo inteiro se enfrentando nas mais variadas arenas e quase sem regras. Bem ao estilo do antigo Vale-Tudo, hoje proibido profissionalmente. White sabia que os riscos eram maiores, mas os prêmios também eram!

White passou a ficar de olho neste violento circuito e começou a ver seus lutadores do UFC com outra ótica. Aqueles que tivessem um perfil de Street Fighter, seriam convidados por ele para participarem do circuito Street Fighter, em uma equipe formada por White somente para agenciar Street Fighters vindos do MMA, a White Produções. Dessa forma, White foi um dos principais responsáveis pela entrada de diversos lutadores de MMA no circuito ilegal, o que chamou a atenção dos outros empresários Street Fighter logo de cara. Não demorou muito e White foi chamado para o Círculo Interno dos Money Guys.

White sonha em ser o líder dos Money Guys, pois isto lhe daria um poder dentro do circuito comparado ao poder que tem no MMA profissional. Com este objetivo, White aposentou Chuck Liddel do circuito profissional e colocou-o como seu campeão dentro do circuito Street Fighter e principalmente, dentro do Encontro das Feras, o torneio interno dos Money Guys.

Aparência: Dana White é um americano recém chegado na casa dos 40 anos. Ele é alto e mantém a cabeça raspada. Possui um fisico atlético e está sempre bem disposto. Seu olhar é poderoso, fazendo com que até mesmo os grandes campeões que ele agencia, respeitem-no. Ele está sempre bem vestido, com camisas e ternos sociais.

Interpretando Dana White: você é firme e decidido em suas convicções. Você é o homem mais poderoso da indústria bilionária do MMA e será também do street fighting. Você é um negociador voraz e um empresário obcecado por seu trabalho. Quando perde a calma com alguém, costuma usar termos por vezes grosseiros, o que tem lhe rendido críticas da imprensa.

* OBS: este empresário não é oficial da White Wolf. Ele foi criado com base em um empresário homônimo do UFC, porém sua história foi alterada para se encaixar no mundo de Street Fighter.

Dana White

MMA RPG

Empresários

Chuck Liddell

Chuck Liddell


Charles David Liddell é o nome dessa ex-fera do MMA. Chuck Lidell ou simplesmente “The Iceman” (O homem-de-gelo) já foi o mais poderoso e mais frio lutador do circuito profissional de MMA. Ele entrava no ringue sério e, acabava com seu oponente, independente de quem fosse, saindo em seguida sem nem mesmo comemorar sua vitória, o que lhe rendeu o apelido.

Chuck iniciou cedo nas artes marciais, primeiro no Karatê aos 12 anos e depois treinando Kempo e Luta-Livre. Mais tarde, foi para o mundo do Kickboxe, onde participou do circuito profissional até por fim conhecer Dana White, que estava agenciando lutadores para um estilo novo de Vale-Tudo, chamado MMA. Chuck aceitou o desafio e juntos, fizeram fama e fortuna no mundo MMA, época em que Liddell adicionou Jiu Jitsu Brasileiro ao seu repertório. Chuck foi o lutador que mais vezes defendeu o título de sua categoria, a meio-pesado, considerada por muitos a categoria mais difícil do circuito.

Liddell é um dos mais respeitados lutadores da história do MMA, tendo atingido o auge de sua carreira após defender seu cinturão pela quarta vez consecutiva. Porém, Liddell acabou ficando farto do UFC, uma vez que parecia não haver oponentes para vencê-lo. Belfort, Wanderlei Silva, Tito ortiz, Couture. Todos, e muitos outros, caíram ante seus golpes violentos e precisos. Liddell esta frustrado.

Dana White não ficou nem um pouco surpreso quando Chuck decidiu encerrar sua carreira no MMA e lhe fez uma outra proposta: participar de um circuito muito mais desafiador e violento do que qualquer combate no octógono poderia ser, o circuito Street Fighter. White e Liddell, juntariam suas expertises nos ringues e nos negócios mais uma vez, para dominar um novo mercado, o de lutas ilegais.

Chuck se aposentou legalmente das lutas profissionais, tendo passado seu cinturão para Quinton Jackson em uma luta que Liddell não tinha a mínima vontade de vencer. Desde então compete somente no circuito Street Fighter e exclusivamente para o seu empresário. Ele é o campeão de White no Money Guys e estava invicto até enfrentar Jack Miller, o campeão de Bob Reagan. Jack venceu Chuck nos últimos três torneios, o que criou uma extrema rivalidade entre os dois. É uma rivalidade sadia, do tipo que Chuck não sentia a anos, e isso fez com que ele intensificasse seus treinos para o próximo Encontro das Feras e renovasse seu espírito lutador, há muito adormecido desde que praticava Kickboxe amador.

Aparência: Chuck é um veterano do Vale-Tudo e sua aparência mostra isso. Chuck está na meia-idade, mas seus músculos são bem desenvolvidos e sua constituição física é perfeita. Chuck possui diversas cicatrizes menores, fruto de cortes e escoriações nos ringues duraante seus mais de 10 anos como lutador. Chuck usa a cabeça raspada (como grande parte dos lutadores de MMA) e usa uma barba finamente cortada ao redor da boca, provavelmente o único traço de vaidade em Liddell. Seu olhar é sempre frio e indomável, por maior e mais forte que seja o oponente.

Interpretando Liddell: você foi o maior lutador do MMA de sua época, agora será o maior lutador do circuito Street Fighter. Você não teme nada nem ninguém, e não luta por dinheiro ou fama, mas pelo prazer de se manter em pé após dezenas de golpes e ainda ter força para derrubar seu oponente na arena. Esse tipo de sensação, dinheiro algum no mundo pode comprar. Você se orgulha de estar ao lado de Dana White desde o início do UFC e valoriza essa amizade e confiança acima de tudo.

* OBS: este personagem não é oficial da White Wolf. Ele foi criado com base em um lutador homônimo real, porém sua história foi dramaticamente alterada para se enciaxar no mundo de Street Fighter RPG.

Chuck Liddell acabando com um oponente!

MMA RPG

Street Fighter RPG: Imortal

Street Fighter RPG: Imortal

Street Fighter RPG: Imortal é um suplemento para Street Fighter: The Storytelling Game. Ele nada mais é do que uma adaptação do filme Highlander para as regras de Street Fighter RPG, exigindo portanto, o conhecimento das regras básicas do jogo e o uso do Livro Básico em suas crônicas.

Street Fighter RPG: Imortal é fruto do trabalho de Roberto “Gárgula” Levita, membro da comunidade Street Fighter RPG do Orkut, que conseguiu espremer seu escasso tempo para produzir este excelente suplemento com 54 páginas muito bem escritas e ambientadas no mundo de Highlander. Roberto conseguiu filtrar o que há de mais importante no cenário dos Imortais e condensá-los em regras claras e concisas, incluindo dois estilos marciais novos (Kenjutsu e Tae Kwon Do), novas Manobras Especiais, novos NPCs e descrições detalhadas dos aspectos que regem o mundo dos Imortais, como O Despertar, O Prêmio e O Solo Sagrado.

Street Fighter RPG: Imortal é leitura obrigatória para fãs da série de filmes Highlander, mesmo que não conheça SF RPG. Já para os amantes do jogo, fica aqui a dica desta excelente ambientação, muito bem estruturada e que deve render boas sessões de jogo, em crônicas somente de Imortais e mistas.

E aí? Quem quer viver pra sempre?

Clique na imagem para baixar.

1ª Edição: Dezembro de 2009

Quinton Jackson

Quinton Jackson


Quinton Ramone Jackson, popularmente conhecido por Rampage dentro do circuito de lutas, é um lutador americano de Vale-Tudo que iniciou cedo no Boxe, na academia do seu pai, um renomado ex-campeão. Após ganhar seus primeiros torneios, Quinton viu que era aquilo que ele queria para sua vida, então largou seu trabalho de meio expediente como estivador nas docas de Nova York e partiu para carreira de lutador profissional. Entretanto, dentro de alguns anos, logo após obter o título mundial dos peso-médios, Quinton sentiu-se frustrado por não poder utilizar toda sua capacidade de combate nos ringues. As regras da federação mundial de Boxe lhe restringiam demais. Após ser diversas vezes repreendido por usar de força excessiva nos ringues, Quinton partiu para o Vale-Tudo.

No Vale-Tudo Quinton conheceu aquele que seria seu eterno rival e inimigo jurado: Forrest Griffin. Griffin era companheiro de treinos de Quinton, sob tutela do mestre Juanito Ibarra, e ambos nutriam extrema rivalidade um pelo outro. Rivalidade excessiva seria o termo correto. Quinton e Griffin levavam os treinos às últimas consequências, a ponto de por vezes não conseguirem lutar no dia seguinte devido aos ferimentos. Quinton era o oposto de Griffin em todos os sentidos, mas principalmente no estilo de luta, onde Quinton era especialista em socos e Griffin em chutes.

De qualquer forma a carreira de Quinton no MMA foi curta. Em pouco tempo ele e Griffin estavam na final do UFC se enfrentando pelo título dos meio-pesados. Foram os 5 rounds mais duros da vida de Quinton, um embate de gigantes. Ao término do 5º round Quinton estava incrivelmente ferido, e Griffin mal se mantinha em pé. Aos 10 segundos finais, Quintom avançou com seu gancho de esquerda contra o roundhouse de Griffin. Ambos acertaram em cheio e tombaram frente ao poder de seus golpes.

Quinton acordou duas semana depois com o título de campeão meio-pesado do UFC. Apesar disso, Quinton não aceitou sua vitória, considerando a luta um empate e fez um pedido à organização do UFC para que a luta fosse refeita. Seu pedido foi negado e Quinton deixou o Vale-Tudo irritado como tamanho descaso aos valores morais dos lutadores. Quinton resolveu se encontrar com Griffin para decidirem sua luta, mas ficou sabendo por seu mestre que Griffin partiu do ginásio decidido a viajar pelo mundo para aprimorar seu Muay Thai, e que só retornaria quando se sentisse pronto a derrotar seu maior rival. Foi quando Quinton entrou para o circuito Street Fighter, para não ficar atrás do seu rival e estar preparado para quando eles voltarem a se encontrar.

Interpretando Quinton: você é um dos homens mais fortes do mundo e quer que todos saibam disso. Tanto o Boxe quanto o Vale-Tudo lhe trouxeram muito dinheiro e fama, mas foi no Street Fighting que encontrou a essência da luta, foi onde você encontrou sua verdadeira vocação. Não há regras, há apenas técnica e a vontade de ser o melhor dentro do ringue. Você é um lutador feroz e um amigo leal, seu estilo de luta é enraizado no chão, sempre à espera do melhor momento de "avançar como um trator" e dar suas "marretadas" sobre o oponente. Apesar de atualmente poder utilizar chutes, você prefere se manter com seus socos fortes e certeiros, mesmo porque estaria dando o braço a torcer para seu maior rival, Griffin.

Aparência: Quinton é um grande afro-americano com 1,85m e 93Kg de puro músculo. De cabeça raspada e com uma barba característica, Quinton é o tipo que fica marcado na memória, principalmente de seus oponentes que já sofreram mais de uma injúria nos ringues contra o Rampage. Sempre com suas correntes de prata ao redor do pescoço, Quinton esbanja força e poder o tempo todo, impondo respeito em seus rivais com seu semblante sério e feroz.

*OBS: Este post foi baseado em um lutador real de MMA de mesmo nome. A história citada acima é completamente fictícia, e suas características foram deduzidas a partir de seus combates transmitidos pelo UFC Sem Limites da Rede TV (UFC Unleashed no original da Spike TV).

Jackson e seu rival, Griffin

MMA RPG

MMA – Mixed Martial Arts

Mixed Martial Arts

As Mixed Martial Arts (artes marciais misturadas) modernas têm suas raizes em dois acontecimentos: os acontecimentos de Vale-Tudo no Brasil, e o Shootwrestling japonês. Atualmente eles estão unificados, mas nem sempre foi assim. O Vale-tudo começou na década de 30, quando Carlos Gracie convidou cada competidor de modalidades de luta diferentes para um torneio de artes marciais onde seria provado quem era o melhor. Este torneio foi chamado de "Desafio do Gracie". Mais tarde, Hélio Gracie e a família Gracie mantiveram este desafio. No Japão, na década de 80, Antonio Inoki organizou uma série de lutas de artes marciais misturadas. Eram as forças que produziram o Shootwrestling, e eles mais tarde causaram a formação uma das primeiras organizações japonesa de artes marciais misturadas, conhecida como Shooto.

As Mixed Martial Arts obtiveram grande popularidade nos Estados Unidos em 1993, quando Rorion Gracie e outros sócios criaram o primeiro torneio de UFC. Em 1997, no Japão, o interesse para este esporte resultou na criação do PRIDE Fighting Championships. Em 2001, o ex-empresário de boxe, Dana White convenceu os amigos de infância Lorenzo e Frank Fertitta, donos da rede de Cassinos Station, a comprarem o UFC. Os três fundaram uma empresa chamada Zuffa e compraram o UFC. Após várias mudanças nas regras, conseguiram legalizar o esporte em praticamente todos os estados americanos. Em 2007, compraram também o Pride, levando vários atletas do Japão para os EUA e tranformando o UFC na maior organização de MMA do planeta.

Ok, MMA e Vale-Tudo não são oficialmente a mesma coisa na vida real, porém possuem vínculos que não podem ser negados. Para simplificar um pouco as coisas, em Street Fighter RPG vamos tratar que Vale-Tudo é um estilo de luta (assim como Karatê Shotokan  outros), enquanto que MMA será tratado como o esporte de combate entre diferentes lutadores, ou seja, os lutadores do Pride e UFC possuem o estilo Vale-Tudo. O que diferencia então um profissional de MMA de um street fighter que treina Vale-Tudo? Regras e Faltas. Dependendo da divisão que você compete (e principalmente na Estilo Livre) praticamente não existem regras que possam proteger a integridade física dos lutadores. O street fighting nem mesmo é considerado um esporte e é completamente ilegal. O MMA entretanto é um esporte regulamentado e reconhecido mundialmente. Isso não faz dele menos violento do que o street fighting, mas mais seguro.

O que pode acontecer com grandes lutadores de MMA, com o tempo, é não conseguir mais encontrar oponentes à sua altura. Foi aí que iniciou o surgimento dos lutadores de Vale-Tudo no circuito. Grandes nomes do MMA mundial decidiram pôr suas técnicas à prova em ringues totalmente sem regras e acabaram descobrindo que os lucros podiam ser tão grandes quanto no MMA tradional, ou até maiores. Há quem diga que com o tempo, a convergência de lutadores profissionais para o circuito Street Fighter será tão grande, que ele será sancionado e unificado ao MMA, assim como foram feitos com o UFC e o Pride, um bom exemplo disso é o ex-campeão do UFC (categoria meio-pesado) Quinton Jackson.

A seguir algumas regras e faltas comuns em competições de MMA, caso o Narrador queira adicionar competições profissionais em sua crônica.

Regras

Muitas são as regras das competiçõs de MMA, visando proporcionar combates justos  que explorem todo o potencial dos lutadores, permitindo que o vencedor seja aquele que possuir as melhores técnicas indiferente de fatores externos. Dentre elas podemos citar algumas, especialmente as referentes às vestimentas e preparação do lutador para a luta:

  • Cada round deve ter cinco minutos de duração, com um minuto de intervalo para descanso entre eles. Lutas por títulos podem ser sancionadas para cinco rounds, mas lutas comuns não devem exceder o total de três rounds.
  • Roupas: Os competidores devem lutar trajando shorts aprovados, sem nenhum tipo de calçado. Camisetas, camisas de quimonos ou calças (inclusive de quimonos) não são permitidas (Abel teria de tirar seu quimono de judô se fosse participar oficialmente de um campeonato).
  • Mãos: Os lutadores devem utilizar luvas leves, que deixem os dedos livres. Em todas as categorias de peso as bandagens das mãos dos competidores devem ser restritas a gazes leves.
  • Rosto: Todos os competidores devem usar protetor bucal durante as lutas, que será inspecionado e aprovado pelo médico presente ao evento. Lutadores devem usar protetor genital (coquilha), de tipo aprovado pelo comissário presente. Todos os competidores devem se barbear ou aparar o bigode antes da competição. Cabelos devem ser presos de modo a não atrapalhar a visão do competidor ou cobrir qualquer parte do rosto do mesmo.
  • O árbitro e o médico do evento são os únicos indivíduos que podem interromper uma luta e únicos autorizados a entrar na área de combate a qualquer momento.

Faltas

Em campeonatos violentos como UFC e Pride, devem existir regras rígidas do que pode ou não pode fazer em um ringue. Um Narrador que deseje rolar campanhas mais realistas de Street Fighter, nos dias atuais, tem no MMA uma excelente forme de organizar os torneios. Utilize as faltas abaixo para saber as manobras que não são permitidas em torneios. São faltas em torneios de MMA:

  • Dar cabeçada no adversário (nada de Head Butt, Flying Head Butt, Bull Head, Bull Horn, Head Butt Hold, etc);
  • Colocar o dedo no olho do adversário (Eye Rake);
  • Morder ou cuspir no adversário (Head Bite e Acid Breath);
  • Puxar os cabelos do adversário (Hair Throw);
  • Agarrar o adversário pela boca (Iron Claw?);
  • Atacar a região genital do oponente;
  • Intencionalmente colocar um dedo em qualquer orifício do oponente (Iron Claw);
  • Golpear com o cotovelo de cima para baixo;
  • Manipular juntas pequenas (Dislocate Limb?);
  • Golpear a espinha ou parte de trás da cabeça do oponente (Flying Punch, Forward Flip Knee);
  • Golpear os rins com os calcanhares;
  • Qualquer golpe à garganta (Neck Choke, Choke Throw);
  • Agarrar, beliscar, torcer a pele ou carne;
  • Agarrar a clavícula;
  • Chutar a cabeça de um adversário caido;
  • Aplicar joelhadas na cabeça de um adversário caido;
  • Pisar em um adversário caido;
  • Utilizar linguagem abusiva no ringue ou octógono;
  • Utilizar conduta anti-desportiva que possa machucar o adversário;
  • Atacar um oponente no intervalo;
  • Atacar um oponente quando este esta sob cuidados do árbitro;
  • Timidez (evitar contato, intencionalmente derrubar o protetor bucal ou simular contusão);
  • Interferência de um cornermen;
  • Arremessar um oponente para fora da área de luta (tenha cuidado com Manobras de Projeção);
  • Desrespeitar as instruções dadas pelo árbitro;
  • Arremessar o adversário contra a lona sobre a cabeça ou coluna dele (cuidado com manobras que causem Knockdown);