Crônica 2024 – Episódio 24: Bem vindos a Mriganka

Episódio 23 aqui.

Alheio ao que acontece com o Dream Team, um jovem lutador chamado Xiang trabalha em uma fábrica em Pequim. Nas horas vagas, ele treina karatê em uma academia de artes marciais com seu mestre, visando mudar de vida assim como seu amigo de infância, Tin, que hoje é um lutador na Tailândia. Jovem de poucos recursos, o salário de Xiang mal paga as contas e as lutas que seu empresário arranja eventualmente acabam cobrindo as dívidas. Mas sua vida estaria prestes a mudar.

Certo dia Xiang recebe uma carta de seu amigo, Tin, o convidando para lhe visitar na Tailândia. Sem nada a perder e desgostoso com as pilantragens de seu empresário, Xiang pega um vôo com todas suas economias rumo ao sudeste asiático. Chegando lá e completamente perdido, logo cai no golpe dos taxistas de Bangkok e “ganha” um tour completo antes de chegar no seu destino, uma pensão na zona rural da cidade, próxima da arena de Kiet e dojô de Tagas. Ele reserva um quarto e sai para conhecer os arredores, principalmente o dojô de Muay Thai que viu no caminho, próximo de um canavial.

No dojô, um mestre e seu jovem discípulo treinam Muay Thai ao som de música tailandesa, ritmo este que o jovem sorridente parece tentar acompanhar enquanto desfere seus golpes. O mestre, Tagas, já cansado e notando a presença do observador, apresenta-se e convida o chinês a fazer sparring com Kiet, o que ele aceita. O combate é curto e Kiet não pega leve com o estrangeiro, encaixando chutes, rasteiras, joelhadas múltiplas e cotoveladas velozes, que fazem Xiang ter a certeza de que está no lugar certo para melhorar sua técnica.

O treino é interrompido por Tagas que repreende Kiet pela dureza com que tratou o visitante, mas principalmente porque a hora deles partirem chegou. Em poucas horas irá partir o barco que irá levá-los até Mriganka, a ilha do ditador Bison e maior inimigo de todos. Eles foram convidados para o torneio, mas como não receberam convites, imaginam que não faria mal tentar levar Xiang junto e ajudar o Dream Team em seus planos de derrubar o ditador. E assim é feito.

Quando Xiang retorna para pegar suas coisas na pensão, acaba encontrando Tin, que mudou bastante desde a última vez que se viram. Agora Tin ostenta um rastafari e um ar mais distante, mas parece estar com os treinos em dia. Coincidentemente, ele também recebeu um “convite” para o torneio de Bison, talvez por ter vencido um torneio recente na academia de Sagat na capital. Juntos, Tagas dirige sua picape carregada de lutadores para o porto.

Todos à bordo!

No porto, o Dream Team reune-se com exceção de Raj e Chun Li que ainda não chegaram. Ken pode ser visto ao longe, conversando com Ryu em frente ao mar. Pelas roupas de Ken, claramente ele não irá, apenas está de passagem. Logo chegam Guile e Cammy em um jipe militar com mais alguns colegas. Atendendo ao chamado de Guile e Cammy, o Delta Red, um esquadrão de elite da inteligência britânica estará de prontidão no porto para a ofensiva final ou um resgate, caso necessário. Independente da escolha, eles deixam claro que precisariam da localização da ilha para ajudar e que é um missão extraoficial. Ou seja, eles “não estão ali”.

Enquanto Edu conversa com seu amigo Guile sobre os planos, Kiet é chamado por uma dupla de policiais que também chegaram a pouco: Lei Wulong, que veio da China, e Lucia Morgan, de Metro City, atendendo ao chamado de Kiet. Eles não foram convidados para ir ao torneio e nem seria de bom tom chegarem lá uma vez que trabalham para organizações que querem oficialmente prender Bison, mas estarão aguardando um sinal deles para ajudar. É mais ajuda do que Kiet esperava, mas certamente ele sente que é menos do que precisam para por um fim a tudo isso.

Logo pode-se ver um barco vindo ao longe. É um grande e velho barco de madeira, mas a caveira alada na lateral, mal pintada com spray escuro, entrega a sua origem e todos sabem que uma vez que subirem a bordo, não há mais volta. Antes do barco atracar, nem o Delta Red ou os policiais são vistos por ali, enquanto Ken se despede de Ryu e de seus novos amigos. O Dream Team repara outros lutadores conhecidos que se aglomeram agora no cais: Sodom, Retsu, Eagle, Joe e Mike. À frente do barco, o punk inglês Birdie é visto com o pé na proa e o cotovolo sobre o joelho, olhando-os de maneira ameaçadora.

Birdie joga a corda para atracar e uma tábua que servirá de passarela para os lutadores entrarem, enquanto que ele próprio verifica quem é quem e se foi convidado. Birdie vai xingando-os pela demora em subir a bordo e Edu tenta fazer com que aguardem por Raj, que ainda não chegou. Em meio a uma rápida discussão com o capanga de Bison que não está “nem aí”, o carioca cospe no chão do convés em desaprovação pelo tratamento aos convidados. O jovem Xiang, influenciado pela atitude dele que aparenta ser o líder do seu novo time, também tenta zombar de Birdie na entrada do barco mas acaba se dando mal, com o punk lhe aplicando uma rasteira que ele acaba percebendo tarde demais e dá de cara no chão bem onde Edu havia cuspido. Alguns risos são ouvidos e Xiang se levanta dizendo que haverá volta. Um barulho nos céus faz todos olharem e verem um helicóptero particular indo em direção ao oceano. Seria impressão deles ou era Raj na janela com Chun Li? Edu e Kiet se olham desconfiados, estariam eles envolvidos com a corrupção na Interpol?

A Viagem

Poucas horas antes, Raj ia ao estacionamento da mansão com sua mochila quando sua mãe chama sua atenção que não iriam de limusine, mas de helicóptero por causa do trânsito. Quando questionada sobre o fato de não haver como pousar no porto, ela diz que eles foram convidados para o iate de Bison e que não iriam com os demais lutadores. Chun Li olha em desaprovação para Raj, que fica sem reação. Os três, junto de alguns criados e muitas malas, voam de helicoptero e passam pelo porto, ainda a tempo de ver os lutadores se organizando no frio do convés, já que a única cabine existente é a do capitão. Seriam Edu e Kiet lá embaixo? Eles ficam aliviados, afinal seus amigos não terão de ir junto de Bison no iate.

Logo à frente o piloto avisa que passarão por nuvens pesadas de tempestade, mas que chegarão no iate antes da mesma pegar eles. Após a turbulência, o helicóptero pousa no iate onde Chun Li aperta forte a mão de Raj temendo que Bison estivesse ali. Mas para sua felicidade, não estava. Quem os recepciona no luxuoso iate preto é Vega, sempre muito galante e bem vestido, com algumas Dolls. Todos são convidados a entrar na cabine principal e fugir dos ventos fortes e pingos frequentes que indicam que a tempestade está começando, enquanto que seu helicóptero retorna.

No iate, o clima é tenso com Vega e as Dolls sempre olhando Raj e Chun Li maliciosamente, enquanto que a sr.a Kumari se sente de férias com boas bebidas e antepastos servidos com frequência pelos criados. Além de Vega e das Dolls, Chun Li e Raj percebem seguranças armados passando lá fora. Mesmo com a forte tempestade começando, o iate se mostra extremamente estável e balança pouco, cortando rapidamente o oceano revolto e indo tão longe que o continente não é mais visto tem algumas horas. Eles comentam que esperam que seus amigos estejam se saindo melhor que eles.

Muitos quilômetros atrás deles, o lento barco parece não ter sido construído para o que viria a enfrentar. Uma forte tempestade pega eles de frente pouco tempo depois que saíram do porto, assim que o continente começava a ficar distante e voltar a nado não era mais algo possível. Edu tenta entrar na cabine do capitão para se proteger da chuva, mas é barrado por Birdie e mais dois capangas: Lady Death e Hu, que parecem ser muito mais perigosos que o valentão. O balançar do barco não incomoda menos, com alguns lutadores enjoando, como Mike, que chega a vomitar no barril de água potável, para raiva de todos, enquanto que outros, como Ryu, apenas meditam alheios aos ventos e trovões cada vez mais frequentes.

À noite, a chuva engrossa de tal maneira que mal dá para enxergar uns aos outros e ninguém mais se ouve sem gritar. O mar joga a embarcação para todo lado, diminuindo em muito sua capacidade de avançar e, com tanto sacolejo, ninguém consegue se manter completamente a salvo. É aí que Tin, amigo de Xiang, debruçava-se para vomitar quando uma forte onda acerta o barco fazendo-o cair na água. Perto dali, Mike também quase cai, mas consegue se segurar nas cordas laterais do barco. Outro guarda, que estava dando uma “dura” em Ryu também cai. Como podem, alguns lutadores tentam ajudar Mike enquanto que Ryu salta para salvar o guarda, mas ninguém consegue salvar Tin, para desespero de Xiang que perdeu seu melhor amigo.

No dia seguinte, após uma noite em claro tentando se segurar em cordas, no mastro ou até mesmo uns nos outros, o mar se acalma novamente e o tempo parece querer castigá-los, mas desta vez com um sol escaldante. O barco no entanto pára no “meio do nada”, depois de engasgar bastante com a quantidade de água que entrou e Tagas desce na casa de máquinas para ajudar, já que tinha bastante experiência consertando sua picape velha.

Com fome e temendo que a viagem irá demorar bem mais do que esperavam, eles buscam formas de se alimentar. Guile divide a ração militar que trouxe com Cammy, enquanto que Ryu divide uns pães velhos e molhados com Kiet. Edu tem a ideia de tentar pescar algo com linhas e ele e Kiet tem algum sucesso, ajudando a alimentar, mesmo que pouco, a tripulação.

Tagas tem sucesso junto com o capitão e o barco volta a navegar, para alegria de todos. Ele comenta com o grupo que o capitão estima mais um dia de viagem em virtude do atraso por causa da tempestade e dos danos ao motor. Todos se olham preocupados.

Enquanto isso, muitas horas dali, o diabólico iate que transporta o resto do time ancora próximo de uma ilha e eles seguem de lancha até lá.

Welcome to the Jungle

A ilha tem um pequena praia com um porto ainda menor e eles são recebidos por soldados uniformizados de preto e um hoverjet que já está ligado. Atrás da praia, uma selva se estende até onde a vista alcança e parece terminar apenas por causa de uma cordilheira montanhosa que claramente defende toda a parte sul da ilha contra invasores marítimos. Logo adiante na selva, um caminho marcado por pneus grossos de jipes indicaria por onde eles iriam, mas logo que entram no hoverjet eles entendem que não participarão do safari, mas sobrevoarão a mata.

Em poucos minutos eles cruzam metade da selva, avistando inclusive nativos em meio às árvores e um vulcão, que não parece ativo no momento. Logo podem ver ao longe, esculpida no sopé das montanhas uma bela cidade de arquitetura tailandesa clássica, digna de um império. Nenhum prédio gigantesco, mas muitos edifícios menores como hotéis, um cassino, um grande santuário no alto de um precipício, estátuas budistas gigantescas e domos curiosos por todo lado. Chun Li e Raj finalmente sentem que chegaram ao covil do demônio, quando vêem nas montanhas uma escultura dos rostos de Bison e seus generais, para onde estão indo.

Eles pousam em uma mansão cravada no alto de uma montanha, como um ninho demoníaco. Vega os deixa e as Dolls os levam para seus quartos, sendo que Chun Li e Raj ficam juntos, enquanto que a sra. Kumari em outro. Chun Li logo desarma algumas câmeras que encontrou no quarto para que possam conversar e conversa com Raj por algumas horas sobre sua vingança contra o homem que matou seu pai.  Raj tenta explicar a ela sobre os poderes de Bison e que ela não teria chance, mas a jovem não acredita alegando que são apenas truques baratos para colocar medo em seus inimigos. A conversa preocupa Raj, mas o tempo junto da chinesa no belo quarto é tudo que precisavam para descansar das longas horas em alto mar.

Enquanto isso, em alto mar, mais algumas horas de barco e eles conseguem ver a ilha ao longe. Um misto de alívio e preocupação enche o coração de todos e infelizmente não é Raj e Chun Li que recepciona o resto do Dream Team, mas diversos soldados da Shadaloo e alguns jipes militares bem velhos e sujos. Birdie atraca com o barco e começa a gritar com todos novamente para se organizarem nos jipes e não saírem da trilha sob nenhuma hipótese, bastando seguirem o jipe em que ele vai estar, à frente da comitiva com Lady Death e Hu.

Edu assume a dianteira como piloto para não correr o risco de se perder e fica no jipe logo atrás de Birdie, com Ryu, Tagas, Kiet e Xiang. Logo atrás dele Guile já está ligando o outro jipe com Cammy, Joe e Mike. No penúltimo jipe, Eagle pilota com Retsu na carona e Sodom ocupando todo espaço traseiro. Por fim, outro jipe cheio de guardas os escoltam ao final da comitiva. Antes do último jipe ser ligado, o jipe de birdie já entrava mata adentro por uma trilha feita por nada melhor do que algum trator que apenas derrubou árvores no caminho, estremamente esburacada e cheia de altos e baixos.

Birdie, de costas para o seu motorista e de olho no grupo de carros, grita com eles que estão atrasados e que a culpa é deles. Edu não se deixa abalar e não tira os olhos da trilha, conseguindo escapar de alguns buracos que certamente tombariam seu veículo. No retrovisor, ele consegue perceber que Eagle claramente está tentando criar uma distração para sair da trilha. O carioca sabe que o britânico é um agente secreto inglês e imagina que ele também tenha outros planos que não o de lutar no torneio. Mas ele não tem tempo para pensar nisso, pois atrás dele Guile berra para que ele mantenha o foco na estrada e não cause nenhuma acidente. Birdie percebe a movimentação suspeita e grita com todos novamente.

Então, em uma curva no meio da selva, Eagle segue reto entrando mata adentro com seu jipe, aparentando estar fingindo que perdeu o controle. Birdie grita com os guardas e um deles aciona um controle remoto. Um segundo depois, no meio da selva, uma explosão é ouvida e uma fumaça negra sobe aos céus, indicando que o jipe e seus tripulantes já eram. Birdie gargalha, os heróis cerram os dentes e os guardas do último jipe ficam para trás para se certificarem que estão todos mortos.

De cara com o demônio

Enquanto isso, no mansão da montanha, eles são avisados que o helicóptero está vindo buscá-los para a recepção oficial na praça da cidade. Raj e Chun Li saem como chegaram, enquanto que a sra. Kumari preparou um vestido especial para a ocasião. Logo um grande helicóptero militar chega e eles caminham em direção ao heliponto. Quando a porta se abre, Raj e Chun Li dão de cara com Bison, Vega, Sagat e Balrog, todos em roupas de gala e com um sorriso no rosto, com exceção de Sagat. Chun Li aperta a mão de Raj com toda a força e enquanto em outra ocasião Raj adoraria sentir a mão da bela jovem, seus ossos estralando não lhe transmitem uma sensação muito boa. Eles entram a contragosto, entendendo que agora não é a hora, nem o lugar para enfrentá-los. O helicóptero parte para a praça central, com Bison ignorando-os enquanto conversa com sua convidada especial e Balrog encarando Raj, por causa de seu confronto recente. Já Vega, olha maliciosamente para Chun Li, da cabeça aos pés, como se desejasse a jovem.

Os jipes com os demais lutadores chegam finalmente na praça central, passando pelos grandes portões da cidade, que são fechados imediatamente para impedir a entrada de qualquer outro veículo terrestre ou dos possíveis perigos da selva atrás deles. Quando estacionam na praça, podem ver o grande helicóptero descendo. Sua fuselagem já entrega seu conteúdo, com uma caveira alada toda em dourado, contrastando com o preto quase absoluto da pintura. Todos olham atentos enquanto que os generais de Bison descem, depois o próprio, de braços dados com a sra. Kumari e por último Chun Li e Raj, para surpresa de seus amigos.

Imediatamente Guile, Cammy, Edu e Kiet, extremamente cansados, com fome e sujos, começam a cochichar sobre a situação e que talvez não devam mais confiar em Raj e Chun Li, com Guile alegando inclusive que talvez fosse esse o motivo pelo qual Chun Li não acreditava na corrupção da Interpol. No meio dessa recepção que mais parecia uma emboscada para acabar com todos eles, Joe surta e tanta fugir, com guardas indo buscá-lo, enquanto que Mike volta a vomitar em virtude do estresse todo, sendo amparados por médicos.

Bison ignora os ocorridos e dá as boas vindas a todos, agradecendo terem atendido ao seu convite e que o torneio começará no dia seguinte. Mas antes disso, ele preparou uma cerimônia no santuário de Mriganka para trazer importantes informações a todos e também um banquete que será servido após a cerimônia, para que tenham energia para o dia seguinte. A fala é breve e é ouvida com atenção, trazendo olhares desconfiados entre o Dream Team e seus amigos mais próximos. Raj e Chun Li, extremamente desconfortáveis, se vêem do lado oposto, junto de outros lutadores já conhecidos como Zangief e Rolento, mas também alguns rostos que nunca viram antes mas que já sentem que não são boas pessoas. Pior ainda, sentem os olhares com raiva de seus, até então, aliados do Dream Team.

O helicóptero leva novamente Raj, Chun Li e a sra. Kumari para o “ninho”, mas sozinhos, enquanto que os demais lutadores que vieram de navio ficarão no único hotel da cidade, como uma cortesia de Bison. Os quartos são duplos, ficando Edu com Birdie, Kiet com Tagas, Ryu com Xiang e Cammy com Guile. Eles tomam banho, descansam um pouco e depois se arrumam pra cerimônia com roupas de gala que são trazidas por camareiras do hotel. Ryu ignora a roupa e pretende ir do jeito que chegou mesmo, apenas passando um pano em seu kimono para retirar o excesso de sujeira.

No ninho, Raj e Chun Li malham um pouco na academia da mansão e tomam um banho. Da sacada do quarto, que fica mais de uma centena de metros das ruas da cidade, eles conversam sobre os domos suspeitos, que Chun Li acredita que são baterias anti-aéreas camufladas. Raj também acredita que a maior estátua da cidade, que fica bem na entrada, também tenha uma cabeça móvel e que possa estar observando a todos com câmeras. Mas certamente o que mais chama a atenção deles é uma gigantesca antena no alto de uma montanha, que certamente deve ser a causa da interferência de comunicações e ocultamento da ilha.

Lá embaixo, em uma estrada, eles conseguem ver os carros levando os convidados montanha acima até o referido santuário, que fica próximo de onde estão. Eles se arrumam com belas roupas cerimoniais que receberam e ficam surpresos em saber por uma das Dolls que vigiam eles nos corredores que a sra. Kumari já foi, junto de Bison. De helicóptero, parte e em poucos minutos chegam próximos ao santuário quase que ao mesmo tempo que os carros cheios de convidados.

O Ritual

O santuário é gigantesco, com torres pontiagudas e todo feito de uma pedra que lembra o cristal púrpura de Bison, mas em outros tons e em grandes blocos. Atrás do santuário, um enorme penhasco dá vista para toda a cidade, permitindo ver um grande lago artificial que deságua no mar à direita da ilha, o último ponto antes do acesso ser cortado pela cordilheira. Do outro lado, no extremo oeste da ilha, parecem haver pequenas luzes nas encostas montanhosas, revelando talvez algum tipo de comunidade mais carente do que quem vive no pequeno centro urbano que visitaram mais cedo.

Ao adentrarem o santuário, a visão não é menos impressionante que no exterior. Enormes fileiras de bancos, em semi círculo ao redor de um altar, dão a impressão de que eles participarão de algum tipo de ritual. Vitrais e esculturas pagãs parecem contar histórias antigas e esquecidas, difíceis de compreender mas que de alguma forma trazem um ar familiar a todos que confrontaram Aka Zahn em algum momento, em virtude de suas pinturas corporais.

Existem muitos convidados ali, além dos lutadores, mas é difícil de diferenciá-los uma vez que a maioria está trajada igualmente e estão de costas uns para os outros. Um sacerdote trajando vestimentas similares a de Aka Zahn, mas com uma grande trança loira pendendo do topo de sua cabeça se apresenta como Itoketip, teão da Ordem da Unidade Celestial e que fará a cerimônia desta noite, junto de mais uma meia dúzia de sacerdotes menores. As pesadas portas do santuário se fecham com um estrondo e novamente eles se sentem em uma emboscada. Quando isso irá acabar?

Itoketip começa a murmurar, misturando língua comum com línguas antigas e contando uma história que parece ser a mesma que ouviram da tribo Thunderfoot, mas sob outro ponto de vista e denotando que o gavião púrpura seria um anjo traído pelo gavião de fogo mas que voltou para restaurar o equilíbrio e a paz do universo pois não pode haver yin sem yang. Enquanto fala, uma névoa púrpura parece surgir debaixo dos bancos e das narinas das estátuas, cobrindo a todos como se fosse um gelo seco infernal. O cheiro similar a enxofre chama a atenção de Raj e uma voz sussurra na sua mente para se proteger. Uma bela voz com sotaque italiano, quase maternal e que claramente quer protegê-lo.

Raj usa o Mu no Hadou para se proteger e Edu faz o que pode para esvaziar seus pensamentos também, assim como Ryu. Mais adiante, pode-se ver Guile tentando chamar a atenção de Cammy, que parece hipnotizada pelo sacerdote e Kiet fica sem entender nada, enquanto que Edu lhe olha extremamente assustado com a expressão alegre do amigo diante de tudo aquilo.

Itoketip termina o culto e dá a palavra a Bison. O ditador agradece e avisa que antes do banquete, que será no salão ao lado do santuário, que ele teria uma mensagem especial para todos. Ele enaltece a si próprio pelo evento, pelas suas conquistas, de que é apenas o começo de algo muito maior, mas alega que nada faz sentido se ele não tiver alguém especial ao seu lado, e para surpresa de todos, ele pede a mão da sra. Kumari em casamento, na frente de todos com uma enorme aliança de cristal púrpura, o que ela aceita.

Raj passa mal e os demais heróis surtam. Mas este seria apenas um dos anúncios importantes de Bison, o que ele menciona enquanto são conduzidos por guardas para o salão ao lado, onde irá acontecer o festim.

O Festim

No salão ao lado, mesas agrupam os convidados que agora podem se ver melhor, graças à luz mais forte e à disposição das mesas. É possível ver figuras diplomáticas como Antonio Barrachi, da ONU, Barlock diretor-geral da Interpol e outras figuras menos importantes como Soon e Later, delegados regionais da Interpol de diferentes jurisdições. Ao que parece, Bison não usará do torneio apenas da maneira como haviam entendido. Após todos se sentarem e as bebidas e antepastos serem servidos, Barrachi é chamado ao púlpito e explica o motivo de sua presença.

Já há algum tempo que Bison havia solicitado reconhecimento de sua ilha como uma nação independente já que encontrava-se em mares internacionais e fora da jurisdição de qualquer país conhecido. Ele explorou, construiu, fez alianças com os nativos e trouxe a civilização ao que hoje é uma cidade-fortaleza em alto mar, dedicada à ciência, espiritualidade e artes marciais. Até hoje, a ONU havia negado este pedido sob argumentos de que Bison é investigado por crimes internacionais e que seu povo supostamente estaria vivendo aquém dos direitos humanos básicos. Barrachi, responsável por este processo na ONU, teve a oportunidade de averiguar in loco Mriganka algumas vezes, enquanto que a própria Interpol examinava as demais alegações contra Bison.

E finalmente, o veredito será positivo, incluindo o aval da Interpol e das Forças Armadas americanas. Em breve, Mriganka será oficialmente uma das nações reconhecidas pela ONU e Bison seu governante. A notícia é ovacionada por vários presentes, como os generais de Bison e guardas, mas recebida como um soco no estômago por Guile, Chun Li e outros presentes que pretendiam levar Bison à justiça. Os heróis olham para os lados para entender quem é quem nessa situação e percebem que Joe não foi mais visto depois da tentativa de fuga.

Na mesma mesma de Edu e Kiet, Guile e Barlock começam a questionar se não seria Chun Li a infiltrada dentro da Interpol, tendo em vista que é a única do lado deles que não acredita nas acusações de corrupção interna. Além disso, a proximidade da família de Raj com Bison e o affair percebido entre Chun Li e o indiano seriam indícios comprovadores. Alheia a tudo isso, Cammy parece estar ausente, perdida em seus próprios pensamentos, sem tecer comentários junto de seus colegas de mesa.

Em outra mesa, do outro lado do salão. Raj, Chun Li, Soon e Later comentam como as Forças Armadas estariam corrompidas, inclusive com a presença de Cammy, uma ex-espiã e assassina de Bison, entre suas fileiras. Chun Li acredita que Guile esteja fazendo de tudo para colocar ela contra a Interpol, o que indicaria que na verdade seriam as Forças Armadas americanas as culpadas por Bison estar crescendo de poder no mundo todo. Na mesa ao lado, Birdie chora de emoção com as notícias.

O banquete é farto, a música é boa e todos que ainda tinham estômago diante dos acontecimentos comem muito, como Ryu e Birdie. Na volta para o hotel, mais tarde, Birdie “destrói” o banheiro de seu quarto e Edu vai para o quarto de Ryu. Xiang indignado se recusa a dormir no mesmo quarto que Birdie e passa a noite nas cadeiras da recepção do hotel.

O prelúdio da guerra

Kiet ouve barulhos suspeitos à noite e corre para ver o que acontece no quarto de Mike, que já vinha mal desde a viagem de barco. Sem resposta e ouvindo vômitos violentos dentro do quarto, Kiet chama pelos guardas que o ignoram, então arromba a porta e encontra o lutador em uma poça de vômito e sangue, desacordado. Ele procura por ajuda após os guardas o ignorarem novamente e conversando com Guile entendem que não há mais nada que possa ser feito, mas o capitão lhe dá dois frascos de um antídoto militar que pode ser útil, caso estejam sendo alvos de uma tentativa de envenenamento. Com a retirada do corpo pelos guardas que tratam apenas como uma “limpeza” trivial, Kiet teme que estejam eliminando os lutadores que são contra Bison, um a um, como Tin, Eagle, Sodom, Retsu, Joe e agora Mike. Quem seria a próxima vítima das maquinações de Bison?

No alto da montanha, Raj carrega Chun Li para a cama, já que a chinesa bebeu tanto para esquecer os problemas que mal consegue parar em pé. Raj vai deitar no sofá preocupado com sua mãe, que está na suíte master com Bison e à noite ele sonha com a mesma voz que falou com ele no santuário pagão. Uma linda mulher com cabelos púrpuras esvoaçantes e roupa extravagante, denotando ser algum tipo de feiticeira. No sonho, Raj encontra ela flutuando do lado de fora da sua sacada, enquanto que uma grande echarpe brilhante circunda seu corpo fazendo movimentos elípticos. Ela não é velha, aparenta estar na casa dos 30, mas seu olhar demonstra intensa sabedoria, de quem já viveu bem mais do que seu rosto aparenta.

A feiticeira italiana diz para Raj que só ele pode derrotar o verdadeiro Bison. Quando Raj menciona que não tem força física para isso, ela fala que justamente é por isso que ele é o escolhido, pois o verdadeiro Bison não é aquele que todos vêem, a forma física, mas sim o gavião púrpura que reside na sua mente, nas profundezas do seu inconsciente e que somente o derrotando de dentro pra fora que poderiam dar um fim ao seu reinado de terror que está apenas começando. Mas antes que Raj possa fazer perguntas, a feiticeira some, sem sequer dizer seu nome, de maneira tão súbita quanto apareceu. Raj acorda sem saber exatamente o que fazer, com Chun Li de ressaca e tão perdida quanto ele.

No café da manhã do hotel, Guile está surtado com tudo que está acontecendo e não sabe mais que caminho devem seguir ou qual é o plano deles agora que Chun Li e Raj se debandaram, a ONU e Interpol do lado de Bison e o corpo de Nash desaparecido, provavelmente passando por experiências bizarras. Todos comem, se vestem e partem de carro para o grande Templo da Dor, um templo de artes marciais com motivos taoístas de frente para a praça central. Um grande sino dourado serve de gongo para as lutas e arquibancadas baixas, lotadas de convidados e habitantes da ilha, esperam ansiosamente pelos combates. Uma arena ao centro, novíssima, faz uma bela pintura com a arquitetura do local e suas variadas estátuas semelhantes às vistas no santuário.

Os carros deixam os lutadores que vieram do hotel, que são ovacionados ao chegarem, enquanto que um helicóptero traz os generais de Bison, outro traz Raj e Chun Li e finalmente Bison surge em seu camarote, um tanto distante da arena, com a sra. Kumari abraçada. Ele dá as boas vindas a todos e brada:

“Que os jogos comecem!”

Um telão acima da arquibancada liga e fotos dos lutadores aparecem, enquanto que dois slots ao centro parecem sortear as chaves.

Quem irá lutar com quem na primeira etapa do torneio? Isso somente no próximo episódio!