Arquivo da tag: capoeira

Elena

elena-sf4


Altura: 1.83m
Peso: 54kg
País: Quênia
Nascimento: 18/09/1981 (14 anos em SF5??)

Elena é a filha do chefe de uma pequena tribo residente na savana africana, mais especificamente na região do Quênia. Cresceu com seu irmão mais velho Marcus respeitando a Mãe Natureza, em meios aos animais e com grande respeito pelas tradições milenares de seu povo, incluindo o combate físico, que ela inicialmente não gostava, uma arte marcial muito parecida com a Capoeira brasileira (seria o estilo que originou a Capoeira?). Ela e seu irmão são grandes lutadores, sendo Elena a campeã de seu povo, para orgulho de seu pai, Jafari e sua mãe, Amina. A tradição de seu povo diz que assim como todos animais, devemos saber lutar pela nossa sobrevivência.

Crônica em Street Fighter 4: certo dia os ventos diziam à Elena que havia algo de errado no mundo. Consultando o xamã da tribo ela descobriu que haviam “produtores da morte” que estavam planejando algo muito ruim para a humanidade. Esse mal apontava para a organização SIN e seu líder Seth, e ambos tinham de ser detidos no próximo torneio mundial Street Fighter. Embora seu irmão quisesse participar em seu lugar, o pai de Elena consentiu que ela fosse sozinha, como uma provação para a jovem princesa.

Em suas viagens pelo circuito Elena conheceu grandes lutadores, como Sakura, Ryu, Ken, Blanka, Dudley, El Fuerte, e segundo rumores, até o lendário Akuma (!!) aprendendo muito com todos eles, tendo boas lutas e fazendo grandes amizades. Com certeza ela irá querer continuar fazendo isso mesmo após o torneio de Street Fighter 4 e decidiu que deseja fazer intercâmbio para conhecer outras culturas, assim como seu pai fez no passado, um doutorado na França (!!). No entanto, Elena deseja ir para o Japão, terra de Ryu, Ken e Sakura!

Aparência: Elena possui uma aparência muito exótica e bela ao mesmo tempo, uma alta adolescente negra de cabelos brancos curtos, olhos azuis e lábios grandes. Seu corpo é esguio porém com grande tônus muscular. Em combate veste-se tradicionalmente, com faixas brancas cobrindo apenas as partes íntimas, deixando sua agilidade ao máximo, além de alguns adornos como colares e pulseiras tribais. Fora de combate veste-se casualmente com jeans e camiseta, mas mantém os adornos de seu povo.

Interpretando Elena: você é uma pessoa muito feliz que adora fazer amizades. Ama viajar ao mundo, mostrar as tradições de seu povo e conhecer diferentes culturas. Para você a luta é uma forma de expressão, uma arte, como a dança. Apesar de possuir a responsabilidade referente ao seu dever com a sua tribo (impedir os produtores da morte), nada é mais divertido do que está fazendo no momento e você não possui inimigo algum.

Lema: “Jambo!”

Elena como NPC

Elena tem a missão de impedir que os produtores da morte continuem com seus planos, isso pode levá-la de encontro a outros heróis que queiram derrotar a SIN. Além disso, ela ama suas viagens e o circuito Street Fighter, então não é difícil colocá-la em suas crônicas como uma viajante lutadora.

elena

Guerreiros Mundiais

Blanka (Jimmy)

Blanka



Altura: 1.92m
Peso: 98kg
País: Brasil
Nascimento: 12/02/1966 (29 anos em SF4)

Há apenas alguns anos, o submundo dos Street Fighters assistiu chocado à entrada de Blanka no circuito de lutas. Boatos se espalharam rapidamente sobre este guerreiro bestial, e Blanka logo provou ser um dos mais formidáveis Guerreiros Mundiais. Com seus impressionantes ataques aéreos e a habilidade de canalizar seu Chi em devastadoras descargas elétricas, Blanka estabeleceu as matas brasileiras como uma etapa obrigatória para qualquer um que almeje ser campeão mundial.

A origem verdadeira de Blanka não é mais estranha do que aquelas criadas por seus fãs. Há muitos anos atrás, um menininho chamado Jimmy, de 10 anos, estava viajando de avião visitar seu tio no Brasil junto de seu pai. O avião teve uma pane no motor e caiu na floresta amazônica, sua mãe Samantha, que estava em Tailândia, sua terra natal, nunca soube o que aconteceu de fato com seu filho. Seu pai era um diplomata importante e rumores sobre uma sabotagem no avião são frequentes, principalmente devido à outros diplomatas à bordo.

Miraculosamente, Jimmy sobreviveu à queda e foi descoberto e adotado por uma onça com filhotes, que o criou nas selvas. Jimmy rapidamente esqueceu a sua antiga identidade. Uma onda de amnésia bloqueou a dor e medo oriundos da queda do avião. Ele se tornou conhecido apenas como Blanka, um nome que ele criou a partir do rugido de sua mãe adotiva (ou teriam sido os nativos da floresta que o chamaram assim?). Com sua mãe onça, Jimmy aprendeu as habilidades de caça do predador mais temido das matas amazônicas. Ele se tornou ágil e forte ainda criança.

Conforme Blanka crescia, ia se familiarizando com os outros animais também. Ele desenvolveu sua impressionante agilidade e habilidades acrobáticas brincando com os macacos. Contudo, o contato com os símios também fez Blanka contrair um vírus; ele se recuperou mais tarde, mas a doença causou uma transformação mutagênica no corpo de Blanka — transformando-o em um monstro de pele esverdeada (que às vezes muda de tom até o laranja) com uma crina alaranjada. Ele se lembra vagamente da transformação devido à alta febre que sofreu durante o processo. Alguns rumores indicam que teria sido um vírus fabricado pela Shadaloo.

Após a doença, a musculatura de Blanka passou a se desenvolver ainda mais rapidamente, atingindo níveis sobre-humanos. Blanka também começou a passar por estranhas flutuações no campo elétrico natural do seu corpo, sofrendo ataques elétricos que o deixavam inconsciente por horas. Ele finalmente descobriu a cura para esses ataques quando nadava para pegar peixes, e encontrou um grupo de enguias elétricas. Estudando estas enguias, Blanka aprendeu intuitivamente como usar seu Chi para canalizar as descargas elétricas do seu corpo mutante.

Crônica em Street Fighter Alpha: a história de Blanka entrou em seu capítulo final quando encontrou um ser humano pela primeira vez. Este desconhecido era um escravo fugitivo de uma plantação de drogas da Shadaloo. O homem havia escapado usando suas habilidades de Capoeira para derrotar os guardas da fazenda.

Quando Blanka encontrou esse mestre de Capoeira, o homem estava fugindo de seus antigos captores há dias, sem água e comida. Blanka fez amizade com o homem e ajudou-o a se alimentar na selva. Em troca, o homem ensinou a arte da Capoeira a Blanka.

Eventualmente o amigo escravo de Blanka partiu em busca da família, o que motivou Blanka a buscar sua verdadeira origem. Ele se revelou para uma vila de pescadores próxima dali. Inicialmente, os habitantes da vila tiveram medo, mas vieram a aceitá-lo como um nobre guerreiro quando Blanka passou a ajudar o vilarejo e mais tarde conseguiu até carona com um vendedor de melancias que o ajudaria em suas primeiras viagens. Em uma dessas viagens ele encontra seu amigo de infância Dan Hibiki e se torna amigo de sua discípula, Sakura Kasugano, e os três passam a viajar juntos.

Crônica em Street Fighter 2: descobrindo que o segundo torneio mundial seria transmitido pela televisão para o mundo todo (Bison realmente acreditava que venceria a todos), Blanka decidiu entrar no torneio para que, se existisse algum parente seu vivo, ele o reconheceria. E de fato foi o que aconteceu: sua mãe viu-o pela televisão e reconheceu seu par de tornozeleiras que ela havia dado ao filho quando pequeno (!!) e viajou para a Tailândia para se encontrar com seu filho.

Crônica em Street Fighter 4: Blanka agora vive com sua mãe junto à civilização, mas ele não se sente confortável, acha que todos o julgam e tem preconceito dele. Ele decide viajar novamente com Sakura e Dan para o novo torneio mundial, esperando que se sinta mais à vontade em meio à outras feras dos ringues e que após fazer um importante feito, seu nome traga mais orgulho para sua mãe.

Interpretando Blanka: você sobreviveu sozinho nas selvas, e por isso é um dos melhores Guerreiros Mundiais. Você é algumas vezes ingênuo em relação ao mundo “civilizado”, mas aprende rápido. Você está fascinado com as cidades, mas de tempos em tempos precisa voltar para a serenidade do verde. A destruição da floresta amazônica deixa você descontroladamente furioso. Você fará o que for preciso para protegere seu lar. No fundo de sua mente estão as lembranças sobre seu passado.

Aparência: Blanka veste apenas um jeans rasgado e argolas nos tornozelos, que ele possui desde a infância (agora esticadas para acomodar seus grossos tornozelos). Ele usa seu longo e desgrenhado cabelo laranja como uma crina.

Lema: Ver você em ação é uma piada!

7_Blanka_1217887177

A mutação de Blanka

Existem muitas teorias sobre a mutação de Blanka e o Narrador tem a palavra final sobre o que ocasionou a mesma em sua mesa de jogo. A história oficial diz que seu avião caiu e que ele foi criado na floresta, que seus poderes vem das enguias, suas habilidades de combate dos macacos e sua coloração verde é camuflagem feita com clorofila, que depois de tanto tempo usando impregnou sua pele (!!). A sua condição exata de mutante é incerta e mesmo a Capcom já variou sua fisionomia de completamente bestial (SF Alpha) à mais próximo de humano (SF2). Particularmente parece interessante o filler da White Wolf que fala sobre o vírus na floresta e juntando com um pouco de Shadaloo, me parece que temos uma boa solução para este mistério.

Blanka como NPC

Blanka fala pouco o idioma humano e escreve menos ainda, sendo assim, costuma estar acompanhado de seus amigos Dan e Sakura, com quem se sente realmente à vontade. Então dificilmente o Narrador deverá utilizá-lo sozinho em suas crônicas. Blanka é um lutador que deseja saber mais sobre o que o transformou no que é hoje, o que pode levá-lo de encontro à Shadaloo, e ao mesmo tempo deseja ser um grande lutador para deixar sua mãe orgulhosa, o que o leva de encontro ao circuito Street Fighter.

* Fontes: a planilha de SF2 e história original de Blanka são originais da White Wolf, tendo sido levemente modificadas por Fernando Jr da SFRPG Brasil para se adequar aos próprios suplementos da White Wolf (como o fato dele ser um Híbrido Animal – mistura de macaco e onça e um elemental da eletricidade). Sua história mais completa é fruto de acontecimento in-game nos jogos em que aparece e no The Street Fighter Plot Canon Guide.

Blanka em Super Street Fighter 4

Guerreiros Mundiais

Híbridos Animais

Rosie

Rosie


Tão famosa por causa do sangue brilhante que ela faz jorrar quando está na arena. Como uma acrobata, ela voa pelos ares – com a maior facilidade, é claro – e raramente erra um alvo. Tendo aprendido da pior maneira que cinco metros é uma longa distância para cair, até mesmo com a rede de proteção
abaixo.

Rosie nasceu em Cielo Ponce, na cidade do Panamá, somente Panamá para uma família circense. Quando criança, ela começou a combinar seu treinamento em Capoeira com as habilidades acrobáticas, produzindo estonteantes movimentos, misturando saltos e movimentos atléticos com a ginga dançante da Capoeira. Ela foi o primeiro membro da família a conseguir a fama internacional por conta própria. Contudo ela nunca esqueceu suas raízes e abandonou sua próspera carreira quando sua família precisou dela por estar indo à falência.

Retornar ao seu antigo padrão de vida não foi nada fácil, na verdade foi uma mudança muito radical. E numa oportunidade ela entrou no circuito Street Fighter, e descobriu ser tão bem sucedida que agora ela viaja o mundo, enviando dinheiro aos seus pais, satisfazendo suas necessidades e a de seus pais.

Aparência: Rosie tem uma linda pele morena. Ela não hesitaria em usar sua aparência para forçar um oponente a ser descuidado. Ela veste um brilhante traje de leopardo digno de uma grande artista acrobata – tudo do melhor para que seu oponente saiba o que o acertou.


Interpretando Rosie:
Você é esperta, um fato que muitos ignoram por causa de sua aparência. Acima de tudo, você adora a adrenalina de entrar na arena. E como sempre esteve
acostumada a ter de confiar em outros para pegarem você, você é ótima trabalhando em equipe.


Lema:
Si vienas por esta puerta, te mato!

Reba Miller

Reba Miller


A mãe de Reba Miler deu a luz a esta garota durante uma luta no interior da Geórgia, e desde então Reba tem chutado e mordido qualquer coisa. Ela lembra muito pouco de sua infância nos Estados Unidos, mas ela adquiriu um amor pela música country, antes mesmo que virasse moda. Quando ela tinha seis anos, sua família se mudou para o Brasil e Reba começou a misturar Capoeira, que uma senhora a ensinou, com seu gosto pela musica sertaneja.

O seu amor pela luta, combinado com qualquer atividade que tivesse que fazer na vila, conspiraram para que ela se tornasse uma lutadora extremamente forte. Aos dezoito anos, todos os lutadores na região reconheciam sua superioridade e foi naturalmente que ela ingressou no circuito de lutas.
Por ela sempre ter sido uma das melhores lutadoras, ela sempre teve dificuldade em encontrar parceiros que estivessem à sua altura. Um de seus primeiros parceiros – Nathan “For Hire” Hale – a trouxe para a War House, mas desapareceu há tempos e desde então nunca mais foi visto.

Enquanto Reba não fazia parte do time, ela ficou em sua
companhia por mais tempo do que qualquer outro integrante. Os outros a viam como sua líder de fato, uma posição que ela ocupou bem, mas que a incomodava freqüentemente.

Aparência: Alta, negra e com um sotaque do interior, Reba usa seu cabelo pintado de um tom loiro alaranjado. Ela prefere trajes com lantejoulas e botas de vaqueiro com pedrinhas para
usar com qualquer outra roupa.

Interpretando Reba: Garota, você sabe que é boa, mas a falta de popularidade da War House esta começando a te deixar irritada. Você exala uma aura de confiança, mas na verdade você duvida realmente de suas habilidades de liderança.
Você tem um grande compromisso para com o time, contanto, e vai fazer qualquer coisa para mantê-lo unido.

Lema: Agora se todos ‘cês pegarem eles por trás e nós
acertá-los pela frente, nós quebraremos sua confiança mais rápido que um trator dentro de um convento.


War House

Maculelê

Maculelê

Este estilo é um sub-grupo da Capoeira criado durante o império escravocrata brasileiro. Considera-se o Maculelê uma versão Duelista da Capoeira, pois emprega o uso de um para de facas ou bastões que são rodopiados e acertam o oponente rapidamente entre os gingados e saltos do praticante, assim como na capoeira tradicional. Maculelê também é conhecido como Macunlelê ou Macun-lelê.

Sua origem é meio incerta, algumas histórias dizem que o Maculelê surgiu quando quatro mestres capoeiristas (três homens e uma mulher) decidiram que precisavam de armas para reforçar as suas lutas pela liberdade contra o império escravocrata brasileiro, um deles seria o mestre Vira-mundo (um dos principais combatente a favor da liberdade dos negros). Outras histórias falam de um negro escravo chamado Maculelê que teria fugido de seus "donos" e ido parar em uma reserva indígena onde praticavam luta com bastões. Maculelê teria aprendido a forma de combate com os índios e levado ela mais tarde para a civilização. Talvez as duas histórias estejam certas.

O Maculelê pode ser praticado com dois bastões curtos, de cerca de 80cm cada, ou com dois facões (facas de lâmina larga). Estas armas eram fáceis de encontrar pelos escravos, principalmente os bastões, que eles costumavam obter quebrando cabos de enxadas e vassouras em demonstrações de força antes das lutas. Dizem inclusive que a arma real do Maculelê é o facão, mas que os bastões foram adotados devido à dificuldade em se treinar com facões (e devido às injúrias que eles causavam nos treinamentos). Este motivo também é levado em conta dentro do circuito street fighter, onde os raros praticantes de Maculelê lutam utilizando bastões curtos, sendo aceitos inclusive na divisão Estilo Livre. Somente os mais desonrados enfrentam oponentes portando facões, o que já causou injúrias severas e até mortes dentro dos ringues dos Duelistas. De qualquer forma o Maculelê capacita o lutador a combater com ambas as armas.

Membros: Para aprender o Maculelê é preciso procurar uma das escolas de Capoeira, visto que é um sub-grupo da mesma. Somente praticantes de Capoeira são aceitos dentro das rodas e escolas de Maculelê. Lutadores de outros estilos que desejam ser proficientes no uso de bastões devem escolher o caminho do Bojutsu

Escola: No Brasil não há muitas escola que ensinam o estilo, mas podem ser encontradas algumas em: Ouro Preto, Rio Branco, Salvador e Brasilia, além de alguns lugares da África e da Ásia.

Conceito: Dançarino de folclore, Praticante de Candomblé ou descendente de escravos africanos.

Chi Inicial: 2.

Força de Vontade: 5.

Lema: "Alguns acreditam que eu, o mais novo dentre o meu povo, seja a reencarnação, o primeiro e o mais poderoso, como a primeira luz, cega os despreparados e bane para a escuridão".

Não existe um representante deste sub-estilo dentro dos Guerreiros Mundiais. Mesmo Blanka, o campeão mundial da Capoeira desconhece o Maculelê.

Habilidades Adicionais do Maculelê

Lutadores de Maculelê devem obrigatoriamente ter 2 pontos de Técnicas gastos em Bastão e/ou Faca (um ponto em cada, ou dois pontos em uma só). Um capoeirista que deseje se tornar um praticante de Maculelê mais tarde (veja em Maculelê como Estilo secundário, mais abaixo) terá de adquirir estes pontos de Técnicas mais tarde com Experiência, mas antes de começar a praticar Maculelê. 

Praticantes de Maculelê são treinados para lutar portando um par de armas brancas, podendo escolher entre um par de facões ou de bastões curtos. Mesmo que o lutador não ataque com as duas armas ao mesmo tempo, elas são necessárias para efetuar seus bloqueios e para fintar durante os ataques. Um lutador de Maculelê que não esteja portando uma arma em cada mão sofre uma penalidade de -1 Velocidade em todas suas manobras até que passe a lutar com armas em ambas as mãos.

Lutadores de Maculelê que optem por lutar com facas contra oponentes desarmados perdem 1 ponto temporário de Honra no início do combate. O mesmo não acontece caso ele lute contra oponentes também armados (Duelistas) ou usando bastões ao invés de facas (podendo competir no Estilo Livre).

Lutadores de Maculelê podem utilizar suas manobras especiais tanto portando facas quanto bastões, desde que ele possua valores suficientes em ambas as técnicas. Exemplo: para utilizar o Spinning Baton, o lutador deve possuir 4 pontos na Técnica Bastão. Se ele desejar utilizar o Spinning Baton portando facas, ele deve possuir também 4 pontos na Técnica Faca.

Maculelê como Estilo secundário

Lutadores de Capoeira (e somente Capoeira) que desejem aprender Maculelê devem encontrar um mestre disposto a ensinar. Qualquer mestre de Capoeira sabe o básico do Maculelê, mas somente mestres verdadeiros de Maculelê (que tenham Maculelê como estilo principal) é que realmente dominam esta arte e podem ensinar seus melhores golpes. O Narrador pode fazer uma mini-crônica com o Capoeirista que deseje aprender Maculelê, tendo de provar seu valor para o mestre antes que ele comece ensinando-o, talvez um grupo de negros estejam sendo feito escravos pela Shadaloo e tenham de ser libertados…

Um lutador de Capoeira que adote o Maculelê como estilo secundário não receberá os valores iniciais de Chi e Força de Vontade, mas terá acesso ao grupo de manobras do Maculelê. Note que as manobras especiais da lista do Maculelê são para uso exclusivo com um par de bastões ou facões. Note que se o jogador possuir uma manobra em sua planilha de personagem com o mesmo nome de uma manobra na lista do Maculelê, não o torna apto a executar a manobra com bastões ou facas, pois o treinamento é completamente diferente. Lutadores que desejem poder executar suas manobras com e sem armas, devem adquiri-las duas vezes, uma para uso desarmado e outra para uso armado.

Manobras Especiais

A lista de manobras apresentadas abaixo possui diversas manobras já conhecidas pelos jogadores de Street Fighter RPG. Porém, note que quando um lutador de Maculelê adquire uma delas, ele deve obrigatoriamente estar portando dois bastões curtos ou dois facões para poder executá-la (a menos que tenha adquirido a manobra duas vezes, para uso armado e desarmado).

Para efeito de pré-requisito e dano das manobras de Soco, substitua a técnica soco pela técnica Bastão ou Faca, de acordo com a arma que o lutador esteja portando.

Para efeito do cálculo de Absorção de Manobras de Bloqueio, substitua o Vigor pela técnica Bastão ou Faca, de acordo com a arma que o lutador esteja portando.

Somente as manobras de Soco, Bloqueio, Apresamento, Foco e Esportes listadas abaixo podem ser adquiridas por lutadores de Maculelê e utilizadas com armas (Capoeiristas mantém sua tabela de manobras normal, mas não podem utilizá-las com armas), a menos que o Narrador diga o contrário. Nenhuma outra manobra pode ser utilizada com bastões/facões, mesmo que sua descrição diga que pode ser comprada por qualquer estilo (tenha um custo Outros em Pontos de Poder).

Leia também o post Lutando com Bastões, visto que esta é a arma mais comum utilizada pelos praticantes de Maculelê dentro do circuito street fighter. Saiba mais sobre a essência de ser um lutador de Maculelê lendo o post A Quintessência do Maculelê.

Manobras Especiais
Bastão/Faca
Bloqueio Esportes
Apresamento Foco

*OBS: este estilo não é oficial da White Wolf. Ele foi originalmente formulado por Edson Golem da Instinct Alternative e posteriormente modificado por Fernando Jr, da Street Fighter RPG Brasil.

Shoujo Tora

Shoujo Tora


Ninguém sabe muito sobre Yuki Otonashi ou se, de fato, este é seu nome real. Ela é uma híbrida tigresa que foi encontrada vivendo em uma das poucas áreas selvagens do Japão, o Parque Nacional Daisetsuzan. Yuki viveu nas encostas dos três vulcões do Daisetsuzan por mais tempo do que ela possa lembrar. Infelizmente, o período de tempo foi interrompido há poucos anos atrás. Sua memória mais recente consiste em acordar uma manhã para encontrar a si mesma rodeada por macacos brancos selvagens banhando-se em um lago quente. Ela não sabe quem é sua família ou se um dia ela teve uma, embora ela queira muito saber. Ela não sabe nada sobre seu pasado, exceto por um medalhão dourado que ela sempre teve.

O medalhão contém uma foto de uma jovem garota similar em aparência a
Yuki, embora obviamnte sem as feições de tigresa. Há também uma
inscrição onde se lê, "Melhores desejos, Yuki Otonashi." Não está claro
se o nome é da garota na foto ou se o medalhão foi dado de presente. De
qualquer forma, Yuki tomou o nome para si.

Akira Leung ouviu contos sobre a misteriosa Shoujo Tora, ou Garota Tigre, em Tokyo e decidiu investigar. A Garota Tigre tinha se escondido do público durante anos, e era dificil localizá- la. Caçadores já haviam tentado durante anos com pouco sucesso. Alguns que tentaram capturá-la jamais retornaram. Enventualmente Akira foi atrás das lendas com o intuito de tornar seu amigo. Ela estava maravilhada pelas historias da civilização e as maravilhas tecnológicas que ela continha. Ela concordou em ir com ele de volta para Tokyo com uma condição: que ele ajude-a a pesquisar sobre seu passado. Akira concordou, e logo eles estavam dirigindo de volta para Tokyo.

Não demorou muito para que Yuki se interessasse pelo recém formado Chimu Nihon e pedisse para ingressar. Kyoko foi hesitante a principio, sentindo que Yuki podia não estar apta a controlar seus instintos de tigresa em combate, mas concordou em lutar contra ela. Yuki perdeu para a mais experiente Kyoko, mas por muito pouco.

A luta foi intensa e brutal. Ambas garotas estavam surpresas pela ferocidade e habilidade da outra e tornaram-se rapidamente amigas. Akira, assistindo o combate, viu que Yuki havia incorporado muitos movimentos da Capoeira no seu estilo. Quando questionada sobre isso, Yuki respondeu que ela tinha memórias de alguém lhe ensinando estes movimentos, mas isto era tudo.

Yuki em breve tornou-se membro total do time de Akira e decidiu usar o nome que as pessoas haviam lhe dado, Shoujo Tora. Aparentando os 15 anos de idade, ela é a mais jovem membro do Chimu Nihon. Ela vê em Kyoko uma irmã mais velha e tem uma queda por Akira.

Aparência: Shoujo Tora aparenta muito mais idade do que seus 15 anos. Ela mede 1.75cm e pesa 80Kgs. A maioria dos seus genes humanos estão combinados com os de tigre, possuindo uma densa musculatura animal, o que aumenta consideravelmente o seu peso. Aparentemente seus musculos híbridos são densos e mais compactos do que os mesmo musculos humanos. Suas características mais marcantes são suas orelhas de gato e a cauda macia além das listras negras sobre sua pele branca que cobre todo seu corpo. Na arena, ela gosta de vestir somente um biquini que não impede seus movimentos. Aparentemente a roupa é inspirada em um personagem popular no japão daquela época.

Interpretando Shoujo Tora: Você está normalmente muito feliz e aproveitando sua boa vida. Jogos de habilidade a excitam, especialmente aqueles que envolvam habilidades atleticas e combate. As selvas constantemente lhe chamam, e você retorna para elas sempre que tem um tempo livre. Chimu Nihon é um grupo excitante para se estar, e enquanto você realizar coisas novas e interessantes dará seu máximo pela equipe. Eles tabém são como uma família para você, mais do que qualquer outra que se lembre. Você acredita que Akira possa solucionar os misterios do seu pasado, mas por ora o Chimu Nihon é tudo que tem. Talvez isto possa ser o bastante.

Lema: A vida era fácil nas florestas, mas não há caminho mais excitante!


Chimu Nihon

Híbridos Animais

Denzil Kincaid

Denzil Kincaid


Denzil cresceu por todo o mundo. Seu pai era um coreógrafo de dança; sua mãe, uma atriz internacional. Ele passou a maior parte do tempo na companhia de um dos seus pais (eles raramente estavam juntos) e recebeu a maior parte da sua educação através de tutores particulares na Europa.

Contudo, tudo o que Denzil aprendeu sobre dança, ele aprendue com seu pai Carlos – não apenas um grande dançarino, mas um mestre da Capoeira. As habilidades de Carlos também não terminavam com as artes marciais. Só quando completou 18 anos Denzil aprendeu o verdadeiro propósito de seu pai na Europa.

Carlos era na verdade um agente do governo brasileiro. Seu trabalho era pesquisar os antecedentes de criminosos de guerra e então enviar a informação para agentes no Brasil.

Eles por sua vez, usariam a informação para rastear estes criminosos de guerra e outros fugitivos europeus vivendo no país.

Infelizmente o pai de Denzil acabou descobrindo consideravelmente mais do que esperava: um agente secreto da Shadaloo atuando dentro do governo brasileiro. Porém antes que Carlos pudesse expor esse traidor, ele sofreu um “acidente”. Denzil sabia o que realmente tinha acontecido. No princípio tentou ir até as autoridades, mas, após a Shadaloo ter ameaçado sua mãe, recuou. Denzil decidiu que, se não podia vingar seu pai através dos canais legais, teria que encontrar algum outro meio de atingir a Shadaloo. Por essa época, acabou tropeçando no circuito Street Fighter.

Ele se uniu ao Time Os Corvos principalmente como fachada e para ter um meio de aprender mais sobre a subcultura Street Fighter. Ele é um bom lutador, mas a verdadeira razão pela qual vai aos torneios é a esperança de encontrar alguns dos indivíduos responsáveis pela morte de seu pai.

Aparência: Denzil é um homem bonito de porte médio e ascendência mestiça. Ele mantém seu cabelo curto e prefere roupas largas de seda. Anda de um jeito meio metido, mas tem um sorriso largo e amigável e um ar tranquilo.

Interpretando Denzil: você é bom e sabe disso. Contudo, ver seu pai morrer também trouze certa humildade a você. Você gosta de dançar mais do que qualquer outra coisa, e passa a maior parte do seu tempo em clubes noturnos, curtindo a vida até o amanhecer.. porém, quando o assunto da Shadaloo é mencionado, você fica sério, mortalmente sério.

Lema: Eu estou ouvindo o que você está dizendo; apenas escolhi ignorar sua voz. Você realmente deveria relaxar. A propósito, deixou cair um pouco de vinho na sua gravata.


Os Corvos

Constance “Siren” Theone

Siren


Segundo a Interpol, o nome real de Siren é Constance Theone. Ela tem sido uma agente da polícia européia desde que se formou na faculdade. Atualmente está trabalhando como Agente Especial em sua primeira missão de campo.

Sua missão é se infiltrar nos níveis mais baixos da Shadaloo, utilizando para isso o time de Street Fighters, Os Presságios. Ela entrou no circuito Street Fighter há pouco mais de um ano e rapidamente ganhou a atenção de Fernando Degaul. Ele rapidamente a recrutou, e desde então ela tem fornecido algumas informações para a polícia européia.

Entretanto, Siren aprendeu muito pouco sobre a Shadaloo e seus negócios internos.

Ela apenas ouviu falar que um tal de “Lorde da Shadaloo” compete no circuito Street Fighter na Europa. Se ela ao menos conseguisse descobrir seu nome, ela poderia dar uma pista á Interpol de como entender a estrutura de poder da Shadaloo.

Aparência: uma mulher Nórdica alta com feições clássicas e um corpo de dançarina. Quando luta, ela veste uma espécie de “maiô de combate” que não restringe seus movimentos. Sua voz é inesquecível, fazendo com que qualquer frase se torne uma canção. O modo como fala seu apelido é famoso no circuito Street Fighter.

Interpretando Siren: Você está empolgada com sua missão, mas sabe tomar cuidado. Para o resto dos Presságios, você parece fria, calculista e uma autêntica mercenária. A Interpol lhe instruiu a manter seu disfarce sob qualquer situação. Uma vez que você está trabalhando para a Shadaloo, mais cedo ou mais tarde terá de matar alguém; portanto, provavelmente você quebrará algumas regras da Interpol para continuar com seu disfarce.

Lema: Se você tem algo importante a dizer, eu adoraria ouvir. Senão, cale-se e saia da minha frente!

* OBS: as Técnicas de Siren foram deduzidas a partir de suas manobras e os antecedentes com base em sua história.


Os Presságios

Capoeira

elena-capoeira

A Capoeira foi criada para que os escravos no Brasil pudessem se defender. Como os escravos apanhados aprendendo a lutar eram mortos, os capoeiristas aprenderam a disfarçar sua luta na forma de uma dança. A Capoeira permaneceu como parte integrante da cultura brasileira, sendo ensinada quase exclusivamente no Brasil. Até o recente aparecimento de Blanka, quando os Guerreiros Mundiais e a Shadaloo o viram em ação, a Capoeira não era levada a sério. Agora este belo e mortal estilo é considerado eficiente e perigoso.

Os estudantes de Capoeira não a vêem apenas como uma técnica de luta, e sim uma maneira de expressar sua liberdade e demonstrar sua habilidade. Estudantes frequentemente competem entre si para se manter na melhor forma possível. Os lutadores de Capoeira tendem a ser mais agressivos que os praticantes de outras artes, mas isso os ajuda a vencer através do medo e intimidação.

Estudantes de Capoeira usam movimentos similares aos de uma dança para confundir e surpreender seus oponentes. Eles se baseiam na velocidade e agilidade para desferir ataques rápidos e se posicionar para encaixar sequências de golpes. Lutadores não familiarizados com este estilo normalmente gargalham quando o capoeirista dança diante deles, mas nesse momento a Capoeira revela suas habilidades escondidas e nocauteia os desatentos oponentes.

Escolas: Capoeira tem poucas escolas organizadas. Há algumas academias nas cidades brasileiras. Algumas escolas ensinam os movimentos básicos para crianças como parte de sua formação, mas neste caso as habilidades de luta inerentes à dança não são enfatizadas.

A popularidade do estilo começou a crescer recentemente, mas ainda é muito difícil encontrar um professor fora do Brasil. Aquele que deseja se tornar um verdadeiro capoeirista deve procurar um mestre da Capoeira. Os melhores lutadores de Capoeira aprendem informalmente, sob a tutela de um mestre. Ainda assim, é difícil encontrar um mestre que conheça todos os movimentos acrobáticos e ataques especiais do estilo. Existe ainda uma espécie de sub-grupo do estilo que luta com bastões e facas, chamado Maculelê.

Membros: A maioria dos capoeiristas vem da América do Sul ou das ilhas do Caribe, mas existem algumas escolas na Flórida.

Conceitos: Guerreiros Tribais, exploradores, dançarinos.
Chi Inicial 2
Força de Vontade Inicial 5

Lema:Outras pessoas tentam se tornar mestres em seus estilos. Não nós. Nós buscamos a maestria na dança. Você pode sentir seu ritmo e poder? Quando seu coração acompanha o ritmo, o poder flui através da dança para derrubar o inimigo.

Kick Roll (1)*
Spin Kick(4)*

Manobras Especiais
Soco Chute
Backflip Kick (2)
Forward Backflip Kick (1)
Cartwheel Kick (2)
Double-Hit Knee (1)
Forward Flip Knee (2)
Lightning Leg (5)
Jaguar Kick (3)*
Bloqueio Esportes
Apresamento Foco