Arquivo da tag: shadaloo

Hu

Hu - O Tigre


De todos os membros do Shadow Fist, o motivo pelo qual Hu passou a integra-lo é o mais contraditório. Hu (Tigre) veio a ser um soldado da Shadaloo após as decepções com as ações e falhas de seu mentor. Ironicamente seu mentor era Sagat!

Quando Sagat perdeu para Ryu para mais tarde passar a servir a Shadaloo, Hu perdeu todo respeito por ele. Originalmente Hu entrou para a Shadaloo porque esperava extinguir de si qualquer vestígio remanescente da honra de Sagat. Para o desapontamento de Hu, Sagat nada fez para se defender ou para convencê-lo da verdade. Acreditando que Sagat comprometeu seus valores, Hu desenvolveu um ódio por Sagat e abraçou o decadente e destrutivo estilo de vida que a Shadaloo oferece.

Hu sempre provou sua lealdade a M. Bison. Ele espera substituir Sagat como um dos generais de Bison entre os Guerreiros Mundiais. Por um tempo, Hu tentou lutar honradamente. Entretanto, sua honra foi gradativamente se esgotando. Em busca de vingança contra Sagat, Hu sacrificou muitos de seus valores e se tornou cada vez mais parecido com aquele que já foi seu mentor, algo que jamais vai admitir.

Aparência: Asiático alto, com 97,5Kg de músculos e ossos, ele só veste calções quando luta. Seus braços e pernas são cobertos de cicatrizes de muitas batalhas.

Interpretando Hu: Você é sombrio e pensativo. Quando está na arena luta para derrubar seu oponente e ganhar de uma vez. Você não mostra misericórdia ou medo. Você tenta manter o pouco de honra que lhe resta, mas até isso se esvai rapidamente.

Lema: Depois de acabar com você, vou espalitar meus dentes com seus ossos!

*OBS: originalmente a planilha de Hu foi erroneamente trocada pela planilha de Itoketip. A versão apresentada aqui corrige esta falha.


Shadow Fist

Lady Death

Lady Death


A verdadeira identidade de Lady Death (Madame Morte) é um dos muitos segredos bem guardados da Shadaloo. Apenas M. Bison, a Tríade do Dragão e a própria L. Death sabem sua verdadeira identidade. A única pista sugere que ela é na realidade a estudante pessoal de M. Bison, pois o fato é que ela é mestre na negra arte do Ler Drit. Após todos os infortúnios de quem tem a intenção de aprender Ler Drit com Lorde Bison, apenas L. Death sobreviveu e desenvolveu a temida arte dos poderes psíquicos.

Lady Death é tão ambiciosa quanto seu mentor. Ela subiu rapidamente pelos postos da Shadaloo para tornar-se um dos grandes Lordes da Europa, e seus planos não param por aí. Ela almeja tomar a posição do Barão Montgomery como Dragão da Europa. Com isso, o confronto com Bison pelo controle da Shadaloo será inevitável.

Lady Death comanda sua organização Européia com absoluta eficácia e ela não espera nada mais que isso de seus subalternos. Qualquer um que falhe será executado rapidamente.

A despeito de sua posição em um dos Times Alpha, L. Death participa de torneios de tempos em tempos. Ela é mais interessada em acumular poder dentro da Shadaloo do que se tornar uma Guerreira Mundial, mas permanece ativa no circuito em antecipação ao seu confronto com seu mestre, M. Bison. L. Death sabe que quando ela fizer sua reivindicação por poder, sua batalha não será mais política. 

Aparência: Alta, mulher aristocrata, Lady death seria atraente não fosse seu temperamento frio. Como Bison, ela se fez forte, tem movimentos precisos e eficientes. Ela veste preto, um traje de uma peça só de acrobacias com aberturas verticais em seus braços e pernas para facilitar os movimentos. Ela também usa grandes salto altos reforçados com uma liga de metal, e com pontas afiadas como navalhas. (+1 de dano em todos os chutes). 

Interpretando Lady Death: Poder é tudo o que importa. Você tem mais que alguns governantes, mas ainda não é o bastante, você está constantemente lutando por mais. Você sabe que todos são inferiores e faz com que todos saibam disso.  

Lema: A ambição é uma coisa perigosa. Acho que você não sabe onde se meteu.

* OBS: a ficha de Lady Death é uma versão modificada (Foco 2 para 5 e Psychokinetic Channeling) pois senão ela não atenderia os pré-requisitos de muitas de suas Manobras de Foco, como Psycho Crusher, Psychic Vise, etc.


Shadow Fist

Vega Fábio La Cerda

Vega




Altura: 1.86m
Peso: 72kg
País: Espanha
Nascimento: 27/01/1967 (26 anos em SF2)

Quando jovem, Vega aprendeu sobre o poder que o dinheiro garante. Sua família foi uma das mais importantes de Espanha. Eles criaram-no numa vila isolada perto de Madri. Vega estudou nas artes mais finas e seus pais lhe davam o que ele queria. Ele tinha o melhor de tudo, incluindo professores particulares, exóticos carros esportivos e roupas caras.

Começou a amar tudo que enaltecia seu ego. Ele gastou montanhas de dinheiro de seus pais consigo mesmo, colecionando brinquedos super caros e persuadindo seus pais a fazerem perigosas e escandalosas brincadeiras. Rapidamente, tornou-se clara uma verdade: ele amava apenas a si mesmo.

Vega começou um treinamento pesado para ficar forte e tonificar seus músculos a fim de se tornar o homem perfeito. Vega treinou a arte do Savate, pois assim poderia mostrar sua beleza exorbitante as platéias e platéias que iam assisti-lo. Ele adotou as artes marciais e persuadiu seus pais para levarem a ele um mestre japonês de Ninjitsu, que poderia treiná-lo neste estilo.

Aproveitando a sua vida rica, e querendo mais fama a aventura, Vega pagou um treinamento de toureiro. Ele amava cada vez mais as platéias e a excitação em levar os feios e fortes touros para derrota certa na arena. Após um chifre de touro ter tocado sua inigualável face, num glorioso duelo particular, Vega decidiu usar uma máscara nas lutas para deixar claro que sua face linda não deveria ser tocada novamente.

Eventualmente, seu novo estilo de vida caro fez seus pais deserdarem-no. Isso forçou Vega a achar um jeito de bancar sua vida luxuosa e extravagante. Ele começou a treinar a parte assassina das artes marciais. Vega provou ser um bom assassino de aluguel. Teve uma boa renda nisso, mas ele queria ganhar mais. Num acidente, durante a corrida de touros de Barcelona, seus pais morreram. Nunca foi provado nada contra Vega, mas a fortuna de sua família passou para o seu controle.

Vega rapidamente aumentou seu status, no circuito secreto e no submundo. Seu dinheiro, poder e ambição fizeram-no perfeito para ajudar Bison. Ele é agora o assassino principal da Shadaloo. Além da Shadaloo, ele também é conhecido por trabalhar para outros empregadores.

Vega freqüentemente usa uma garra para lutar. Ele prefere essa arma, principalmente por não atrapalhar o uso de engalfinhamentos e arremessos, pois abusa desses movimentos.

Crônica em Street Fighter Alpha: nessa época sua principal missão era encontrar e perseguir os passos de Cammy, a Doll fugitiva, a mando de Bison. Ele acaba tendo uma relação de amor e ódio com ela, devido à sua beleza descomunal e acaba não assassinando a mesma. Ao invés disso, ao encontrar a loira inconsciente em uma base da Shadaloo, pouco antes do colapso da base, Vega a salva e a deixa segura na porta do QG da Delta Red na Inglaterra. Vega encontra-se com Rose nesta época também, e não entende como alguém tão bela decide enfrentar Bison sozinha até a morte. Ele não se importa com o fato de que ela pretende matar Bison, apenas preocupa-se com o fato de que o mundo perderá uma bela mulher.

Crônica em Street Fighter 2: Vega participa do torneio de Bison como um de seus generais. Bison não sabe, mas ele deseja ver Cammy novamente também. Acaba conhecendo a igualmente bela Chun Li que é um dos novos alvos de Bison nesta época e planeja enviar o ninja espanhol para assassiná-la. A despeito do torneio, Vega luta no circuito para provar ao mundo que a sua força e beleza não tem rival.

Crônica em Street Fighter 4: em sua vida dupla de aristocrata de dia e assassino da Shadaloo à noite, Vega agora tem a missão de se infiltrar na S.I.N e roubar dados dos projetos da organização para uso de Bison na Shadaloo. Bison também tem interesses pessoais no próprio Seth e cabe à Vega ficar de olho para que seu “estepe” não caia nas mãos da Interpol ou Delta Red. Desde então Vega tem estado bem ocupado seguindo os passos de Seth e tem espreitado uma nova oportunidade de eliminar Chun Li, uma vez que falhou em sua primeira tentativa.

Crônica em Street Fighter 5: a mando de FANG, com quem corriqueiramente tem discussões (afinal ele é muito feio…), Vega tem de novamente perseguir as Dolls fugitivas Cammy e Juni, que está sob os cuidados da inglesa. Aparentemente seguindo as ordens da Shadaloo conforme ordenado, Vega não parece muito interessado em eliminar a mulher mais bela do mundo, ao mesmo tempo que não entende a obsessão de Bison por clones e corpos adicionais.

Aparência: Vega é alto, de aparência espanhola bem feita. Veste durante a luta um par de sapatilhas e uma calça de seda. Ele pode ser observado sempre com roupas caras e mais regularmente na companhia de mais de uma mulher bonita… para prestar atenção em sua beleza, é claro.

Interpretando Vega: Você é o melhor. Sua beleza é incomparável, e apenas os belos deveriam sobreviver. Qualquer coisa que não seja bela deveria ser destruída ou trabalhar em função de tornar a vida dos belos mais fácil. Você possui honra apenas na arena, pois se está num trabalho, termina-o de qualquer maneira.

vega-garra

Garra de Vega

Modificadores: +1 Velocidade, +1 Dano, +0 Movimento

Movimento Especial: Vega pode usar seus Apresamentos com a garra pois ela não lhe restringe os movimentos. Os modificadores são adicionados à velocidade e dano do seu Tumbling Attack e das suas Manobras Básicas com Armas (que substituem seus três Socos).

Para saber mais sobre o uso de Garras em combate, recomendamos a leitura do post Lutando com Facas.

Vega como NPC

Vega é um assassino de aluguel e um dos generais de Bison. Quando Bison quer quebrar umas cabeças publicamente ele manda Balrog, mas quando a morte tem de ser certa e silenciosa, é Vega o mais indicado. Personagens que atrapalhem os planos da Shadaloo podem se tornar alvos fáceis dele e de seus ninjas espanhóis e Vega prefere matar pessoalmente principalmente os mais feios, enquanto que os mais belos podem ser deixados vivos por mais algum tempo…

Vega também participa do circuito Street Fighter e é um péssimo perdedor. Luta sempre com suas garras e máscara e não admite que toquem seu rosto. Ninguém que lhe deixou alguma marca no rosto viveu para contar história e isso pode render bons plots de aventura.

Vega como Sensei

Vega é o criador do seu estilo único, o Ninjitsu Espanhol, uma mistura de Savate com Ninjitsu e habilidades de toureiro. Desta maneira é o único professor capaz de ensinar tais habilidades.
Como professor, Vega é sádico e muito exigente. Escolhe seus discípulos a dedo, como a jovem Dulcinea, que tem de ser extremamente belos (no mínimo Aparência 3), jovens (menos de 30 anos) e … psicopatas (Honra no máximo 1 e já deve ter matado alguém antes). Os discípulos que sobrevivem aos seus treinos com touros selvagens e lutas até a morte entre duelistas, acabam se tornando os mais sanguinários assassinos da Europa. Dificilmente Vega poderia ser usado como Sensei de um dos personagens, exceto se o mesmo tivesse desistido e fugido do treino no passado, o que provavelmente o tornaria um alvo para Vega.

* Fontes: este personagem apareceu oficialmente no livro Secrets of Shadoloo, da White Wolf, representando o mesmo na época de Street Fighter 2. Posteriormente este livro foi traduzido para Segredos da Shadaloo pela equipe deste site, disponível aqui no site na seção de livros. Sua história em outras épocas foram retiradas de acontecimentos in-game nas séries Alpha e 4 e do The Street Fighter Plot Canon Guide. Para a série SF5 foi utilizado o modo história do jogo como base.

Vega em Super SF4

Guerreiros Mundiais


Sensei

Corona

Corona


Corona não é uma típica Ninja Espanhola. Ela também não é uma típica estudante de intercâmbio de 22 anos, e ela também está longe de ser apenas uma típica assassina de políticos. A única coisa que Corona tem em comum com o estilo de seu mentor é sua radiante beleza.

Corona conseguiu ser treinada no estilo de Vega graças à sua mãe, que era uma das serventes dele. Corona nunca pretendeu ser uma boa lutadora, mas ao longo dos anos sendo criado junto á lutadores e estudando na escola de Vega, foi apenas questão de tempo para ela desenvolver todo seu talento.

Após um longo dia de treinamento, ela e alguns estudantes estavam praticando uns contras os outros e apesar de sua pouca instrução para o combate, Corona conseguiu derrotar todos seus oponentes, impressionando a todos, inclusive a Vega que assistia aos combates. Quando Corona derrotou o melhor estudante de Vega, o próprio Vega se viu obrigado a treinar aquela garota-prodígio pessoalmente a partir da outra manhã.

Agora Corona viaja ao redor do mundo executando missões para a Shadaloo. Mais recentemente, foi vista atuando como conselheira e Chefe do Crime em Washington D.C. Algumas especulações sugerem que ela tenha matado o antigo conselheiro a mando de Vega para aumentar sua influência no país.

Aparência: Corona é uma bela mulher de altura mediana com um longo e liso cabelo ruivo. Sua característica mais marcante são suas pernas, extremamente musculosas após anos de treinamento. Quando está no ringue, ela veste uma camisa larga de seda e uma calça justa que deixa saliente seus músculos das coxas e panturrilha. Fora dos ringues, ela prefere camisas longas e usa calças confortáveis. Ao contrário da maioria dos ninjas espanhóis, ela prefere não usar armas nos ringues.

Interpretando Corona: Decepção é a chave. Deixe todo mundo achar que você não é uma mulher letal, escondendo sua verdadeira face. Quando realmente verem quem você é, será tarde demais. Você ama esses “joguinhos” e adora adotar novas personalidades, uma para cada trabalho que executa para a Shadaloo. No fundo do seu coração, você ama a emoção e adrenalina do seu trabalho

Lema: Eu honestamente não tenho idéia do que você está falando. Você deve estar me confundindo com alguém, eu nunca te vi antes, como é que eu teria força para lhe arrebentar estes dentes? Cai fora!

* OBS: as Técnicas de Corona foram deduzidas a partir de suas manobras e os antecedentes com base em sua história.


Dragon Rising

Mister Bison

M. Bison




Altura: 1.82m
Peso: 112kg (96kg em SF Alpha , 80kg em SF2 e SF4)
País: Tailândia
Nascimento: 17/04/194? (provável, quase 50 anos em SF2)

A comunidade internacional de inteligência sabe de Bison desde a metade dos anos 60, quando ele trabalhava para um mercenário russo. A juventude de Bison foi marcada pela violência quando seu comando mercenário fazia missões no sudeste asiático para a União Soviética. As bases de sua arte marcial foram aprendidas de um mestre tailandês (ou seria uma bruxa italiana?) o qual foi assassinado por Bison mais tarde, para que fosse o único detentor daqueles conhecimentos.

Após a guerra do Vietnã, Bison foi trabalhar para o exército tailandês. O seu treinamento militar na KGB o fez indispensável para o exército tailandês, permitindo Bison ganhar terreno aos poucos, até que em 1971 se declarou o imperador da Tailândia. Mas, em 1973, a população não agüentava mais a sua ditadura e opressão. Uma revolta popular acabou com sua ditadura. Entretanto, Bison e seus servos mais próximos conseguiram escapar para uma ilha desconhecida na costa oeste da Tailândia: Mriganka.

Em Mriganka, Bison começou outra maratona pelo poder, desta vez da estaca zero. Lembrou-se de seus dias de mercenário e seus laços com a Shadaloo, organização por onde obteve ilegalmente armamentos. Bison reatou a sociedade com a Shadaloo e começou a usar de seu apoio novamente. Durante as explorações em Mriganka, os homens de Bison encontraram alguma coisa que mudaria a vida de Bison para sempre.

O achado é um mistério e existem várias histórias a respeito. Alguns dizem que na esperança de que havia encontrado uma mina de plutônio em uma caverna, Bison teria descoberto fragmentos de um meteoro enorme que caiu na ilha há muito tempo atrás e que ele mudou muito Bison após o contato com o meteoro. Algumas histórias ainda adicionam que ele teria esculpido o meteoro radioativo em formato de uma cabeça de águia, fazendo-o se passar por uma simples estátua em seus aposentos. Mas claro, podem ser apenas histórias. Ou não.

O fato é que Bison obteve imenso poder após esta descoberta misteriosa. Aprendeu a amplificar seu Chi usando esta energia. Ele demonstrou também uma variedade de poderes psíquicos (Psycho Power). E não foi só isso: sua mente criminosa mudou e sua megalomania cresceu a uma escala cósmica. Ele começou a querer controlar todo o tipo de fonte: humana, natural e mística. A sua megalomania inclui a obsessão pelo controle de vários lugares místicos pelo mundo, a exemplo das terras de T. Hawk no México, e derrotar os mais poderosos lutadores, como o grande sensei Gouken. Ele também investiu milhões em pesquisas científicas que permitissem amplificar seus poderes, incluindo um projeto de arma de destruição em massa chamado Psycho Drive.

Crônica em Street Fighter Alpha: A busca de poder de Bison ganhou como aliada a Shadaloo. Com seus poderes recém-despertados Bison rapidamente tomou o controle do império criminoso e transformou no sindicato global de hoje, convidando diversos Street Fighters desonrados a se juntarem à ele, como Vega, Balrog e até mesmo o ex-campeão mundial, Sagat. Bison também usou seus poderes para forçar líderes políticos de todo o mundo para que as Nações Unidas reconhecessem Mriganka como país independente, garantindo assim ao exército de Bison imunidade contra as ações da polícia internacional (Interpol).

Toda essa ação criminosa chama a atenção de Chun Li, detetive da Interpol que teve o pai assassinado pela Shadaloo, mas que não tinha força para derrotá-lo só e de Nash, um soldado americano que descobriu corrupção mesmo dentro do serviço militar e decidiu agir por conta própria, juntando-se com Chun Li e sacrificando-se para destruir Bison e o laboratório onde estava a fonte de seu poder ilimitado, não sem antes ele conseguir transferir parte de sua alma para Rose, como um plano B que viria a ser sua salvação.

Ao mesmo tempo, diversos outros Street Fighters honrados travavam suas lutas pessoais contra a Shadaloo em diversas bases, como Honda, Zangief e R. Mika que destroem uma base na Rússia, e Blanka, Sakura e Dan que destroem outra base no Brasil. Nesta época, devido ao imenso poder de Bison que estava destruindo o seu corpo, estavam em andamento em um laboratório secreto da S.I.N, a divisão de armas da Shadaloo, diversas pesquisas para gerar um novo corpo perfeito para Bison, que teriam gerado experimentos como Abel, bem como Cammy e as Dolls.

Crônica em Street Fighter 2: Bison ressurge dos mortos aparentemente menor e mais fraco, física e psiquicamente, em um novo corpo criado pela Shadaloo para ele às pressas. Para eliminar com todos seus inimigos de uma só vez, decide organizar o segundo torneio mundial dos Street Fighters, na base da Shadaloo na costa tailandesa.

Movidos por diversos motivos, os melhores lutadores do mundo aceitam o convite de Bison. O torneio se desenrola mostrando que Guile ou Chun Li o enfrentariam na final, mas o inesperado Akuma surge e enfrenta Bison, assassinando-o na frente de todos, encerrando abruptamente o torneio. Com o assassinato de Bison, a Shadaloo começa a ruir rapidamente e em 2 meses ela vira uma triste lembrança.

Crônica em Street Fighter 4: ao que parece Bison havia previsto que poderia ser derrotado no torneio com seu corpo mais fraco e antes de morrer nas mãos de Akuma transferiu sua alma para o clone de número 15, que mais tarde seria chamado de Seth. Sob controle de Bison (mesmo sem saber), Seth transformou a SIN de uma divisão criminosa para uma potência bélica mundial, investindo pesado em novas pesquisas de clonagem e controle mental para que, tão logo pudesse, Bison assumisse um novo corpo que, embora não fosse tão forte quanto seu original (SF Alpha) já era melhor que a última versão.

Com este novo corpo Bison volta dos mortos para tomar de volta seu império, derrubar os tiranos Seth e Juri, recuperar suas Dolls e finalmente aniquilar seus inimigos. Para isso, entra no torneio de Seth promovido na Índia e derrota-o sem que nem mesmo os demais lutadores percebam, pois estavam ocupados com outros clones de Seth. Vega sob comando de Bison manda explodir a base o que não derrota seus inimigos, mas que acaba com parte do problema (Seth).

Crônica em Street Fighter 5: Bison chama FANG para o lugar do desertor Sagat, além de perder Birdie em suas fileiras. A Shadaloo já viu dias melhores mas Bison prepara a sua última investida contra a humanidade com sua nova operação CHAINS, um ambicioso projeto que levará satélites em órbita que servirão para aumentar os poderes de Bison, ao mesmo tempo que reativa novamente o projeto das Dolls. Será que desta vez conseguirá o que quer?

Aparência: Bison é de média altura, mas ainda é um homem muito imponente. Ele veste a variedade de uniformes militares soviéticos da Shadaloo, sempre com uma capa sobre ele. Seus cabelos são negros e seus olhos brilham com duas chamas psíquicas azuis. Sua idade é desconhecida, mas aparenta algo em torno de 40 e poucos anos. Em Street Fighter 5, seus cabelos brancos já denotam se aproximar dos 50, ou estaria o corpo do clone envelhecendo mais rapidamente?

Interpretando M. Bison: Poder é a única coisa que importa. Você ama o poder. Ele pode lhe trazer emprego ou sadismo para as pessoas do mundo, e você revela isto provocando a miséria. Você usa o poder para esmigalhar os espíritos e a moral das pessoas do mundo. Você controla completamente qualquer pessoa que encontra, e você fará o mundo ser do jeito que você quer. O mundo deve estar preparado para o seu destino próximo.

Lema: Você não é páreo para meu Psycho Power!

bison-sf5

Psycho Power de Bison

O misterioso poder de Bison é chamado de Psycho Power, representado em regras por um antecedente único de mesmo nome, criado por fãs, uma vez que na época de criação do RPG, no auge de SF2, não tinha-se muitas informações a respeito.

Durante a saga de Street Fighter Alpha e do anime Street Fighter 2: Victory entende-se que o poder de Bison está intimamente ligado a um fator externo, como se ele tivesse recebido estes dons de um objeto ou ao menos tivesse amplificado eles através de uma máquina, chamada de Psycho Drive. A destruição do Psycho Drive no final da saga de Street Fighter Alpha revelariam o motivo pelo qual seus poderes psíquicos não são tão poderosos nas fases seguintes, e parte do motivo de sua derrota nesta saga é devido à destruição do mesmo, o que teria sobrecarregado seu corpo com muita energia psíquica.

Algumas fontes, ditas oficiais, indicam que as ombreiras de Bison serviriam de canalisador de Psycho Power. O Narrador decide se isso é verdade (e consequentemente um ponto fraco) ou não na sua crônica.

Bison como NPC

Bison é o principal e mais icônico vilão da série Street Fighter e certamente os Narradores têm muitas ideias de como utilizá-los em suas crônicas. Sob comando da Shadaloo, um grande império criminoso global, Bison raramente se envolve em conflitos diretamente, sempre tendo diversos capangas e generais a seu serviço, entrando na luta somente em casos extremos como os grandes guerreiros mundiais que querem vê-lo morto como Chun Li e Guile.

É importante entender que ao contrário dos demais personagens que participaram de várias sagas como Ryu e Sagat, Bison não está em uma evolução constante, uma vez que trocou mais de uma vez sua mente entre diferentes corpos, incluindo clones seus inacabados. O seu real poder, e consequentemente real corpo, é o de Street Fighter Alpha, onde possui poderes amplificados pelo Psycho Drive e até mesmo uma musculatura muito mais desenvolvida.

Bison como Sensei

Bison é o único mestre conhecido do seu estilo de luta chamado Ler Drit, uma mistura de Forças Especiais com poderes psíquicos, o chamado Psycho Power. Como é um estilo extremamente perigoso e desonrado, não recomenda-se ao Narrador que permita aos jogadores terem acesso aos ensinamentos de Bison, mas sabe-se através de fontes não oficiais que ele teria treinado um ou outro lutador nas suas artes das trevas, como Lady Death e um tal de Soojin.

* Fontes: este é um personagem oficial da White Wolf, mas como sua história original apenas contemplava a saga de Street Fighter 2, e ainda assim cheia de fillers, foram usadas nas suas planilhas e histórias elementos do The Street Fighter Plot Canon Guide, dos mangás da Udon e de acontecimentos in-game de todos os games da série exceto SF1, onde Bison não participou.

bison-mata-nash

Guerreiros Mundiais


Sensei

Sagat

Sagat




Altura: 2.26m
Peso: 78kg (SF2 e SF4), 109kg (Alpha)
País: Tailândia
Nascimento: 02/07/1955 (40 anos em SF4)

Sagat cresceu numa das províncias mais pobres da Tailândia. Ele aprendeu que apenas os mais fortes poderiam ser alguém na vida e começou a treinar cedo para desenvolver seu corpo e sua mente. Ele estudou Muay Thai e entrou na sua primeira competição aos treze anos de idade. Demonstrou pouca piedade aos seus adversários, e que sempre esmagaria seus oponentes.

Aos 20 anos, ele não suportava mais os regulamentos impostos pelos ringues profissionais de Muay Thai, que só vinham crescendo. Sagat acreditava que a influência de alguns lutadores estava diluindo a essência das lutas. Alguns regulamentos tornavam certos golpes proibidos em função de diminuir o número de fatalidades no ringue. Sagat ouviu boatos sobre a fortuna dos lutadores de torneios secretos e passou a lutar nesse circuito. Sagat entendeu que a violência desenfreada desses torneios era um preço a ser pago pelas montanhas de dinheiro.

Sagat permaneceu no circuito pela violência e brutalidade da competição. Aos poucos, foi trabalhando para que seu status evoluísse até se tornar o campeão. O título de Grande Mestre enalteceu Sagat. Seu status cresceu a tal ponto que ele podia escolher seus oponentes e as circunstâncias do combate. Sagat passou a lutar somente contra oponente que demonstravam certa capacidade de luta, destruindo-os com incomparável veracidade.

Crônica em Street Fighter 1: No começo dos anos 90, um jovem lutador estava demonstrando certo potencial e o grande campeão lhe deu o privilégio de participar do primeiro torneio mundial promovido por ele. Seu nome era Ryu, e ele chegou até as finais, derrotando até mesmo o discípulo de Sagat, Adon. A batalha foi marcada e Sagat esperava destruir o jovem desconhecido no primeiro round, mas não foi bem assim. Sagat terminou o primeiro round rapidamente e tinha dado a luta como vencida, mas ao ajudar Ryu a se levantar Ryu, tomado por um instinto assasino, desferiu o Shoryuken mais forte que pôde. O soco saiu com chamas púrpuras e queimou uma cicatriz enorme através do peito de Sagat, nocauteando-o.

Crônica em Street Fighter Alpha: esta derrota fez com que ele ficasse recluso nas selvas da Tailândia. Lá, ele treinou duro para aperfeiçoar suas técnicas e desenvolver novos movimentos para um dia voltar e derrotar Ryu. Neste meio tempo, ele recebeu uma proposta de um agente da Shadaloo. O gigante tailandês visitou Bison e concordou em ajudá-lo se Bison incitasse Ryu a lutar contra ele novamente. Bison encheu o orgulho de Sagat para se vingar de sua derrota, desenvolvendo um golpe forte para Ryu, inclusive prometendo ensinar seu Psycho Power à Sagat em troca de seus serviços.

Nesta época Sagat conheceu Dan, alguém que ele teria matado o pai, há muito tempo atrás. Isso despertou algo em Sagat e ele simulou ter sido derrotado por Dan para fazê-lo mais feliz e concluir sua “vingança” contra Sagat. Sagat viu nos olhos de Dan como o desejo de vingança pode acabar com a vida de alguém, e entendeu que não queria ir tão longe assim.

Crônica em Street Fighter 2: o tempo mostrou ao outrora honrado lutador que Bison era desonrado demais e que Sagat estava se tornando um monstro, que sua vingança tinha tomado o controle de sua vida. Durante o final da fase Alpha, o ex-campeão dos Street Fighters teve a oportunidade de enfrentar Ryu novamente, mas controlado mentalmente por Bison, o que não trouxe satisfação à Sagat, uma vez que não era o Ryu de verdade. isso trouxe à tona a consciência de Sagat que se distanciou cada vez mais da Shadaloo, chegando a participar do segundo torneio mundial como convidado de Bison, mas sem estar certo de que estava ao seu lado realmente.

Crônica em Street Fighter 4: com a queda da Shadaloo, o gigante caolho voltou aos seus treinos solitários na Tailândia, aguardando o próximo torneio para enfrentar Ryu oficialmente, visto que o torneio de SF2 terminou inacabado. Nesta época ocorreu um convite da SIN para que ele se juntasse à organização de Seth, a que ele violentamente respondeu ao mensageiro com um Tiger Uppercut. Renascia então o tigre dentro de Sagat, honrado e feroz. Apenas a batalha importa ara ele novamente e não possui mais interesse em maquinações e dominação mundial.

Crônica em Street Fighter 5: o grande lutador de Muay Thai não foi mais visto e é sabido que Bison colocou FANG em seu lugar. Onde estaria o eterno deus do Muay Thai?

Interpretando Sagat: Você é um homem frio. Anda sobre a honra, porém não mostra piedade para com seus oponentes. A única coisa que o faz sorrir é a humilhação dos oponentes que você espanca. Você é impulsionado pela vontade de lutar novamente contra Ryu. Até lá, você espera.

Aparência: Sagat é alto, e tem um corpo de brutal aparência. Usa um tapa-olhos e possui uma cicatriz que atravessa seu tronco. Ele sempre usa roupas tradicionais de Muay Thai, e prepara as faixas nos pés e punhos antes de uma grande luta.

sagat-sf4

Sagat como NPC

Dependendo da época Sagat pode ser um formidável antagonista, ou um poderoso aliado. Sagat nunca foi realmente mal, e pode ser considerado um dos elos fracos da Shadaloo, pois mais de uma vez ele se questionou se a sua vingança estava o levando longe demais de seus objetivos como lutador.

Em Street Fighter 1, é conhecido como o maior lutador de todos os tempos e anfitrião do torneio mundial Street Fighter. Como não haviam muitas informações sobre os lutadores naquela época, o boca-a-boca foi o meio de divulgação utilizado, e não haviam muitos parâmetros, o que fez com que mestres e alunos competissem, de maneira até desigual neste torneio. Assim, mesmo os heróis, dependendo do seu poder, poderiam ser convidados.

Em SF Alpha ele usou sua força à serviço da Shadaloo, tomado pelo ódio da derrota. Isso fez com que Sagat fizesse muitos atos desonrados e ele é um inimigo temível nessa época, inclusive seu peso tendo aumentado drasticamente, tornando sua aparência muito maior. Ainda assim, no final da saga Alpha Sagat dá os primeiros sinais de estar recobrando a sanidade e pode representar um elo fraco a ser explorado pelo heróis que quiserem derrubar a Shadaloo.

Em SF2, ainda é conhecido como um dos generais de Bison, mas há tempos que teve autorização do ditador para se retirar em treinamento até que esteja com a cabeça no lugar. No entanto, ao que parece Sagat voltou a ser o homem honrado de outrora e jamais voltaria a cometer crimes pela Shadaloo novamente. Nesta época Sagat está se tornando um dos mocinhos novamente.

Em SF4, finalmente está focado em enfrentar novamente Ryu, de maneira justa e honrada, no próximo torneio Street Fighter. Sagat não tem interesse nenhum nas maquinações de SIN e Shadaloo, somente em sua revanche que aparentemente vai finalmente ocorrer.

Sagat como Sensei

Sabe-se apenas de um pupilo seu: Adon, o jaguar tailandês. Devido aos incidentes que tornaram a relação mestre-pupilo em inimigos mortais, ele é temeroso em relação a ter novos discípulos, pelos menos enquanto sua rixa com Ryu não tiver sido resolvida, o que toma todo o seu tempo.

No entanto, especialmente na saga de SF4 em diante, o Narrador poderia colocá-lo como um grande e honorável sensei de Muay Thai, disposto a ensinar a nova geração, já em seus 40 anos. Mas não se engane ao pensar que porque ele deixou a Shadaloo se tornou mais bonzinho. O eterno “deus do Muay Thai” é um lutador terrível e um mestre dos mais exigentes, fazendo seus discípulos destruírem seus cotovelos e joelhos treinando em rochas antes de cogitar lhes ensinar algumas de suas melhores técnicas.

* Fontes: jogo de SF RPG da White Wolf bem como material do The Street Fighter Plot Canon Guide, mangás da Udon e acontecimentos in-game de todos os jogos da franquia em que Sagat apareceu.

Sagat

Guerreiros Mundiais


Sensei

Drake

Drake


Há rumores de que Gouken não é o único mestre do Karatê Shotokan. Se isto for verdade, é bem possível que isto ajude a explicar a existência de Drake e de outros lutadores como ele. Drake segue em frente aprendendo tudo sobre o Karatê Shotokan, percebe-se que ele possui um bom professor, assim como Ken e Ryu riveram. Com um pouco mais de experiência, Drake já poderia ser considerado um oponente à altura destes dois Guerreiros Mundiais.

Drake apareceu no circuito de lutas a cerca de três anos atrás. Apesar de isto ser não-convencional, Drake sempre optou pela carreira solo, até o último ano, quando ele finalmente ingressou para um time da Shadaloo. Ninguém sabe porque ele entrou para a Shadaloo, e Drake nunca fala a respeito. A única pessoa que tentou forçá-lo a responder sobre isso ainda se encontra em um hospital.

Na verdade Drake é primo de Ken. Ele aprendeu a maior parte do que sabe com o próprio Ken. A intenção inicial de Drake era entrar no circuito Street Fighter e fazer sua reputação assim como Ken fez. Entretanto, desde que sua esposa encontra-se em “férias forçadas” em Mriganka, Drake não tem escolha senão obedecer as ordens da Shadaloo.

Aparência: Drake mede 1,85m, possui um cabelo escuro em corte “moicano” e luta vestindo apenas as calças do seu gi e usa protetores nos pulsos. Seu nariz e orelhas possuem diversos piercings e você parece que está o tempo todo com raiva de algo.

Interpretando Drake: Você é um sujeito brabo, irritado e pronta pra briga. Se qualquer um lhe tira do sério, você parte pra cima dele para chutar sua bunda! Desde que sua esposa foi aprisionada na fortaleza de Bison, você tem se tornado auto-punitivo, no sentido que não se importa mais com sua segurança, você honestamente não acredita que exista um futuro melhor para você ou sua esposa.

Lema: Pegue sua cara feia e saia da minha frente antes que eu quebre suas pernas com meu Dragon Punch.

* OBS: as Técnicas de Drake foram deduzidas a partir de suas manobras e os antecedentes com base em sua história.


Dragon Rising

Constance “Siren” Theone

Siren


Segundo a Interpol, o nome real de Siren é Constance Theone. Ela tem sido uma agente da polícia européia desde que se formou na faculdade. Atualmente está trabalhando como Agente Especial em sua primeira missão de campo.

Sua missão é se infiltrar nos níveis mais baixos da Shadaloo, utilizando para isso o time de Street Fighters, Os Presságios. Ela entrou no circuito Street Fighter há pouco mais de um ano e rapidamente ganhou a atenção de Fernando Degaul. Ele rapidamente a recrutou, e desde então ela tem fornecido algumas informações para a polícia européia.

Entretanto, Siren aprendeu muito pouco sobre a Shadaloo e seus negócios internos.

Ela apenas ouviu falar que um tal de “Lorde da Shadaloo” compete no circuito Street Fighter na Europa. Se ela ao menos conseguisse descobrir seu nome, ela poderia dar uma pista á Interpol de como entender a estrutura de poder da Shadaloo.

Aparência: uma mulher Nórdica alta com feições clássicas e um corpo de dançarina. Quando luta, ela veste uma espécie de “maiô de combate” que não restringe seus movimentos. Sua voz é inesquecível, fazendo com que qualquer frase se torne uma canção. O modo como fala seu apelido é famoso no circuito Street Fighter.

Interpretando Siren: Você está empolgada com sua missão, mas sabe tomar cuidado. Para o resto dos Presságios, você parece fria, calculista e uma autêntica mercenária. A Interpol lhe instruiu a manter seu disfarce sob qualquer situação. Uma vez que você está trabalhando para a Shadaloo, mais cedo ou mais tarde terá de matar alguém; portanto, provavelmente você quebrará algumas regras da Interpol para continuar com seu disfarce.

Lema: Se você tem algo importante a dizer, eu adoraria ouvir. Senão, cale-se e saia da minha frente!

* OBS: as Técnicas de Siren foram deduzidas a partir de suas manobras e os antecedentes com base em sua história.


Os Presságios

Kwa So

Kwa So


Kwa-So (“Mãos Rápidas”) aprendeu a lutar nas ruas da China, cresceu se metendo em todo tipo de problema. Suas grandes ambições o tornavam alguém impaciente e eternamente insatisfeito com suas habilidades e com sua vida. Ele queria se tornar alguém grande, e para isso ele tinha de se fortalecer. Com esse intuito, por vezes encarou brigas onde não havia chance de vitória contra oponentes muito mais fortes que ele.

Foi então que a Shadaloo o encontrou. Eles admiraram sua força e sua ambição. Fizeram ele se convencer de que a Shadaloo poderia lhe oferecer muito mais oportunidades do que se ele trilhasse seu caminho sozinho. Sua primeira missão foi tomar conta de uma velha gangue criminosa.

Hoje Kwa-So lidera uma das maiores operações de tráfico de drogas da China. Ele é membro do Conselho Regional de sua área e responde diretamente ao Lorde Asiático regularmente. Kwa-So ama lutar, e utiliza o time Dragon Rising para praticar a sua paixão.

Aparência: Kwa-So é um chinês magro, porém musculoso, extremamente ansioso e medindo pouco mais de 1,60m de altura e cerca de 65Kg.

Interpretando Kwa-So: Você é esperto e ambicioso. Você sabe que é capaz de derrotar a maioria dos seus oponentes, mas prefere se mostrar mais inteligente que eles. Você é tolerante quando o assunto é “negócios”, mas totalmente impiedoso quando o assunto é luta.

Lema: Se você me provocar novamente, eu ficarei chateado. Eu não acho que você irá gostar disso e muito menos que irá sobreviver.

* OBS: as Técnicas de Kwa-So foram deduzidas a partir de suas manobras e os antecedentes com base em sua história.


Dragon Rising

Asseclas da Shadaloo

Na maior parte das missões efetuadas pela Shadaloo, M. Bison não toma parte diretamente – nem Sagat, Balrog ou Vega. No entanto, a Shadaloo possui um exército de capangas, mercenários e agentes disponíveis para fazer o trabalho sujo.

Para saber mais sobre os outros guerreiros corrompidos pela Shadaloo, leia este post.

Junto dos asseclas apresentados aqui, você pode utilizar as estatísticas de outros guerreiros encontradas nesta seção para outros tipos de vilões que a Shadaloo possa utilizar.

Asseclas da Shadaloo