Arquivo da tag: ninjitsu

Sodom

Sodom


Altura: 2.08m
Peso: 108kg
País: EUA
Nascimento: 1958 (34 anos em SF Alpha)

Sodom vive como um autêntico oriental, embora seja americano de nascença. Assim como ninguém sabe sua real identidade (nem mesmo seus colegas da Mad Gear) ninguém sabe sobre seu passado, que permanece como um dos maiores mistérios do circuito Street Fighter. A história conhecida de Sodom começa com seu aparecimento em Metro City, ao lado da gangue Mad Gear, aterrorizando os metrôs e sendo o responsável por promover os torneios de wrestling que rolavam no submundo da cidade.

Graças às suas excelentes habilidades de combate, o guerreiro kabuki logo cresceu dentro da organização, tornando-se um dos líderes da mesma e o braço direito de Rolento, um dos criadores da organização. Muito se especula, sem conclusão alguma, sobre quem seria o mestre de Sodom, ou se ele é um autodidata. Nesta época Sodom era chamado de Shogun e de Katana, pelos membros da organização, uma vez que utilizava sabres Muramasa para lutar.

Crônica em Final Fight: Durante muito tempo Sodom foi o chefão do crime dentro dos metrôs de Metro City, controlando todo tipo de crime no subsolo da cidade. Entretanto, certo dia ele foi desafiado pelo bushin Guy, que queria acabar com a Mad Gear. Sodom sentiu-se honrado por ser desafiado por um autêntico ninja e aceitou. Porém, Guy derrotou-o e Sodom entrou em profunda desonra para consigo mesmo, tornando Guy seu inimigo jurado desde então. Pouco tempo depois a própria Mad Gear foi desmantelada graças aos esforços de Guy, e seus amigos, o que deixou Sodom mais irado ainda.

Sodom partiu em uma jornada espiritual para aprimorar seu Ninjitsu, assim como Guy sugeriu após tê-lo derrotado. Ele foi para a montanha Hida, no Japão, treinar com um mestre zen que vivia por lá. Ele treinou duro, sob as águas fortes das cachoeiras da montanha, aprimorando suas habilidades com as armas orientais e no combate corpo-a-corpo também. Só quando alcançou a verdadeira iluminação no bushido é que Sodom voltou para a América.

Crônica em Street Fighter Alpha: Com o fim da gangue, Sodom foi encarregado por Rolento de recrutar novos membros para o possível surgimento de uma nova Mad Gear, agora mais focada em impor uma ditadura militar e com o poder centralizado nas mãos de Rolento. Sodom então partiu para os submundos das lutas, utilizando suas técnicas ninjas para crescer dentro do circuito Street Fighter e estreitar seus laços com alguns dos maiores guerreiros do circuito, como o Guerreiro Mundial E. Honda. Nesta época, Sodom passou a questionar as motivações de Rolento, acreditando que o mesmo estaria se desvirtuando do propósito original da Mad Gear, e se perdendo em suas ambições de dinheiro e poder.

Porém, quando ele e Rolento se infiltravam nos escalões mais baixos da Shadaloo, em busca de acordos comerciais para compras de armas, ambos ficaram sabendo do Psycho Drive, um dispositivo desenvolvido por Bison que entre tantas coisas, permitia que o ditador fizesse lavagem cerebral nas pessoas. Sodom questionou Rolento sobre a possibilidade de utilizar tal equipamento para recrutar guerreiros para seu exército, ao que Rolento respondeu, que nada adiantaria um mundo utópico mas que as pessoas não pudessem tomar suas próprias decisões. Sodom viu, neste momento, que Rolento era o líder que ela quer seguir pro resto de sua vida, e que jamais ele estava tão certo no seu caminho para dominação.

Aparência: Sodom é um imenso ninja com 2,08m e 108Kg, trajando uma pesada armadura samurai completa com elmo e máscara. Sodom utiliza guetas e está sempre portando duas Jitte. Ninguém sabe a aparência verdadeira de Sodom sem a armadura, nem mesmo Rolento. O kanji pintado em sua armadura significa morte, porém está escrito errado pois foi o próprio Sodom quem pintou…

Interpretando Sodom: você odeia Guy, do fundo do seu coração. Você adora “niponismos” então busca agir ao máximo como um autêntico japonês agiria e inclusive fala muitos termos japoneses o tempo todo. Entretanto, seu japonês não é dos melhores, logo as sílabas saem uma por uma, como quando uma criança está aprendendo a falar. Você vê em Rolento um autêntico líder e tem uma confiança cega nele em seus ideais, vocês inclusive se consideram irmãos. Você pode não ser um guerreiro bondoso, mas é honrado. Além de suas manias, você ama fazer três coisas básicas em sua vida: dirigir seu caminhão, paquerar geishas e comer pizza (?!).

Sodom como NPC

Sodom não é uma pessoa ruim. É alguém comprometido com a causa da Mad Gear de mudar o mundo para melhor, ou ao menos é isso o que ele acredita. Assim, ele fará tudo que estiver ao seu alcance para que os objetivos da Mad Gear (ou sua reconstrução, como no caso de Street Fighter Alpha) sejam alcançados. Isso por vezes o colocará contra os heróis, mas não necessariamente como alguém cruel, como mostrado por Masahiko Nakahira em seu mangá de Street Fighter Alpha, onde salva Chun Li da morte por esmagamento em uma armadilha de Vega. Inclusive Sodom faz as vias de personagem cômico dentro do panteão de Street Fighter, permitindo aos narradores que o usem de maneira mais “leviana” e descompromissada dentro de suas crônicas, para aliviar um pouco a tensão.

Armas de Sodom

Sodom pode ser visto lutando com duas espadas japonesas (Final Fight) ou com duas jitte (Street Fighter Alpha), uma antiga arma para desarme e alavancas, classificando-o como um Duelista.

Quando portando o par de Jitte, use a sua técnica Faca no lugar de Soco durante o uso de suas Manobras Básicas de Soco (Jab, Strong e Fierce), aplicando os modificadores da jitte abaixo:

Jitte: Velocidade +2, Dano +1, Movimento +0

Para mais detalhes, leia o post Lutando com Facas.

Quando portando o par de espadas, use a sua técnica Espada no lugar de Soco durante o uso de suas Manobras Básicas de Soco (Jab, Strong e Fierce), aplicando os modificadores da espada abaixo:

Espada: Velocidade -1, Dano +4, Movimento +0

Para mais detalhes, leia o post Lutando com Espadas.

Sodom perde um ponto temporário em Honra sempre que usa adagas, espadas e qualquer arma branca em um combate justo Street Fighter. Entretanto, quando a luta é entre Duelistas (a divisão de Sodom), isso não se aplica.

Nota do Webmaster: Sodom é o nome original do personagem no Japão. Quando o game Final Fight veio para as Américas, o nome de Sodom foi alterado para Katana, pois a Capcom dos EUA acreditava que a palavra Sodom lembrava “sodomize” (sodomizar), o que levaria os gamers para o mal caminho…

* Fontes: este não é um personagem oficial da White Wolf. Sua história foi construída com base no The Street Fighter Plot Canon Guide, que por sua vez baseia-se em fontes oficiais da Capcom, como flyers, livros e histórias in-game. Já suas características foram desenvolvidas por Eric, da Shotokan RPG e modificadas por Fernando Jr, da SFRPG Brasil.

Sodom

Ibuki

ibukiclean


Altura: 1.62m
Peso: 55kg
País: Japão
Nascimento: 06/12/1979 (17 anos em SF5)

Ibuki nasceu em Kyoto, no Japão. Treinada num clã ninja, ela se tornou uma excepcional lutadora. No seu dia-a-dia, parece uma universitária qualquer, e ninguém desconfia que uma mulher perigosa está por perto. Ela normalmente é incumbida de roubar documentos que pertencem à grandes organizações, e por isso entrou no Street Fighting.

Ibuki está sempre ocupada e preocupada com seus afazeres diários, que incluem desde se infiltrar em organizações secretas para roubar arquivos, detonar oponentes nos ringues Street Fighter ou estudar para aquela prova da faculdade! A faculdade inclusive é a conquista de um sonho para Ibuki, e ela teve de passar por grandes provações para obter a permissão de ir estudar fora de seu clã. É um mistério a motivação real de Ibuki, seja ela realmente se formar ou apenas conhecer rapazes bonitos por lá.

Como uma autêntica ninja, Ibuki somente utiliza suas habilidades marciais como último recurso e para auto-defesa, uma vez que é primariamente uma espiã ninja. Ibuki é uma poliglota, tendo estudado diversos dialetos, talvez pelo fato de que seu sonho seja se tornar um cantora pop. Ao contrário do que muitos já pensaram a seu respeito, Ibuki não é filha de Geki, e provavelmente nem conhece o mesmo, visto que ela é uma novata no circuito e Geki já sumiu a muitos anos.

Ibuki vive em um vilarejo ninja. Lá ela pratica o Ninjitsu em todas suas formas, não apenas no combate. Quando não está em missão ou no vilarejo, ela pode ser encontrada na Private Crape Myrtle University, provavelmente no clube que ela participa por lá. Ibuki está sempre acompanhada de seu mascote tanuki chamado Don, um companheiro muito travesso e útil para uma ninja.

Crônica em Street Fighter 4: Ibuki está vivendo grandes aventuras o circuito Street Fighter, conhecendo grandes lutadores como Sakura, Ken, Abel e Chun Li. No entanto, acaba se envolvendo nas conspirações da organização SIN e seu famigerado torneio mundial de artes marciais, o que não é exatamente o melhor lugar para uma kunoichi adolescente estar….

Crônica em Street Fighter 5: Ibuki é apresentada por Sakura à Karin Kanzuki e estas se tornam amigas. Mais tarde, Ibuki passa a fazer parte da força tarefa de Karin para deter os planos malignos da Shadaloo (Operação CHAINS), nutrindo uma grande rivalidade com R. Mika.

Aparência: Ibuki possui 1,62m o que a deixa com uma aparência inofensiva. Ela é uma bela garota nipônica, magra e atlética. Seu cabelo negro é mantido no alto da cabeça em um rabo-de-cavalo que salta para fora do capuz. Diferente das maiorias das kunoichi, a roupa de Ibuki é mais tradicional, sendo uma espécie de dogi ninja, consistindo de um casaco sem mangas, calças largas, protetores de braço e uma máscara que protege somente o lado inferior de seu rosto. Nos pés ela utiliza apenas bandagens pois calçados fazem muito barulho. Fora de combate ela veste-se como uma colegial tradicional.

Interpretando Ibuki: você é uma adolescente e quer viver como tal. Ainda que suas obrigações como ninja te coloquem em ringues e missões perigosas, você gosta mesmo é de estar com seus amigos do clube da faculdade, principalmente com seu senpai, por quem tem uma “quedinha”. Você adora seu tanuki e ele é como um irmão para você.

ibuki-sf4

Ibuki como NPC

Ibuki é membro de um clã ninja, e de acordo com a vontade do clã ela deve fazer as mais variadas missões de infiltração, interceptação, espionagem, etc. Não é difícil incluir uma ninja como ela em qualquer tipo de crônica que tenha enredos relacionados à investigação em geral, embora ela também tenha ótimas capacidades de combate.

Kunais de Ibuki

Ibuki sempre está munida de suas kunais, uma espécie de adagas-ninja arremessáveis e muito perigosas, com o mesmo propósito das tradicionais shurikens (estrelas-ninja). Quando está com seu traje ninja, ela possui “infinitas” kunais (não precisa manter registro), mas quando está em trajes “civis”, ela carrega apenas 3 consigo. Usar Kunais fora de arenas não é considerado algo desonrado, mas vinculado ao ofício de ninja. Entretanto, usar kunais dentro de arenas apenas causa perda de Honra se não for uma luta entre duelistas ou combatentes armados. Além disso, Ibuki pode decidir ou não causa Dano Agravado em seu oponente, uma vez que kunais são armas de perfuração como mandam as regras das Armas Brancas de combate à Distância.

Use a técnica Arremesso em sua planilha para calcular o dano das kunais e Ibuki pode arremessar uma kunai para cada 2 pontos na técnica Arremesso (arredondado para baixo).

Arremesso de Kunai: +1 Velocidade, -1 Dano, -1 Movimento. Alcance: Força + Arremesso.

* Fontes: a história de Ibuki foi criada por Fernando Jr da SFRPG Brasil com base no The Street Fighter Plot Canon Guide e acontecimentos in-game em USF4 e SF5, sendo sua planilha originalmente criada por Matt Meade da SFRPG.com.

sf5-ibuki_big

Guerreiros Mundiais

Geki

sf5-geki


Altura: 1.80m
Peso: 72kg
País: Japão
Nascimento: ?

Os ninjas existem desde o Japão feudal, e embora as atividades ninja tenham diminuído até quase se extinguirem, ainda existem nos tempos modernos. Um dos poucos sobreviventes da linhagem ninja é Geki. Geki é um ninja que trabalha como assassino de aluguel. Sempre carrega em suas tarefas a sua garra mortal, e usa suas especiais habilidades ninja assim como sua ótima velocidade e sua habilidade de se teletransportar para cumprir com êxito suas missões.

Sendo um dos poucos mestres vivos do Ninjitsu, ele é um lutador mortal, apesar de sua idade avançada. Geki participou do primeiro torneio mundial Street Fighter, sendo na época, o Guerreiro Mundial do Ninjitsu. Extremamente reservado, poucos ouviram sua voz e nenhum atraiu sua simpatia. Geki não tem amigos e não tem interesse algum de ter. Por estes motivos e pelo próprio fato de sua identidade ser um mistério, nada sabe-se sobre o passado de Geki e tudo que se tem são conjecturas, como o fato dele possuir um próprio clã ou suas reais intenções dentro do circuito Street Fighter. Dizem também, que Geki poderia ser o mestre de Vega, visto que algumas de suas técnicas e a predileção por uma garra são semelhantes, embora o próprio Vega já tenha afirmado ter matado seu antigo mestre ninja. De qualquer forma, não sabe-se ao certo nem se este é o Geki original ou um de seus discípulos, uma vez que o grande sifu de Chun Li, Gen, afirma ter derrotado e assassinado Geki em combate quando Chun Li ainda era uma garotinha.

Tudo que se sabe sobre Geki é o que se vê em suas fantásticas lutas: um perito no arremesso de shurikens (estrelas ninja), no uso de sua garra e um mestre das ilusões, resumindo: um oponente formidável.

Aparência: Geki é um ninja, e portanto, ninguém conhece seu rosto. Ele utiliza uniforme completo, incluindo máscara, deixando apenas os olhos à mostra. Seus uniformes variam de cor, do púrpura ao azul-escuro e ele usa uma garra presa ao punho esquerdo, o que faz alguns cogitarem se ele não seria o mestre de Vega. Aparentemente Geki tem 1,80m e uns 72Kg. Seus olhos apontam sua origem japonesa, e embora muitos acreditarem que Geki possui uma idade avançada, a vivacidade  de seus olhos não mostra sinais de velhice.

Interpretando Geki: você é um ninja misterioso, frio, mortal e de poucas palavras. Negócios são negócios, e não interessa quem é o alvo, você cumprirá  os objetivos para que lhe contrataram.

Lema:

geki

Geki como NPC

Geki é um assassino de aluguel, pode ser utilizado diretamente contra os heróis ou indiretamente. Alguém pode ter pago Geki para matar os heróis, ou então para matar alguém próximo a eles. Como Geki é  possivelmente o líder de um clã ninja, é possível que ele venha acompanhado de ninjas mais fracos.

Outro plot interessante seria ligado ao boato de que ele seria o mestre original de Vega. Se os heróis quiserem pegar o general de Bison, encontrar seu mestre traria boas pistas acerca de suas fraquezas, paradeiro, etc.

Armas de Geki

Garra: +1 Velocidade, +1 Dano, +0 Movimento

Geki pode usar seus Apresamentos com a garra. Os modificadores são adicionados à velocidade e dano do seu Shikan Ken, Shuto e dos seus três Ataques armados (que substituem seus três Socos).

Shuriken: +2 Velocidade, -2 Dano, +0 Movimento. Alcance: Força + Arremesso.

Estas são as estrelas de arremesso ninja. Geki pode arremessar um shuriken para cada ponto na técnica Arremesso simultaneamente.

Cada vez que Geki usa suas garras ou shurikens contra um oponente desarmado ele perde um ponto temporário em honra. Caso ele assassine um oponente, perde um ponto permanente.

geki-alternate
* Fontes: a planilha de Geki não é oficial da White Wolf. Ela foi originalmente desenvolvida por Eric, da Shotokan RPG;e foi posteriormente alterada por Fernando Jr da SFRPG Brasil. Não há muitas informações oficiais a respeito de Geki, então este post está cheio de boatos e fillers.

Maki Genryusai

Maki


Altura: 1.69m
Peso: 52kg
País: Japão
Nascimento: 1973 (20 anos em Final Fight 2)

Maki Genryusai é uma ninja bushin, ou kunoichi como são chamados os ninjas do sexo feminino. Seu pai, Genryusai, é o mestre de Zeku, que por sua vez é mestre do ninja Guy, sendo Maki e filha caçula, tornando-a uma menina rebelde desde criança, tendo inclusive se metido com gangues de motociclistas. Atualmente uma ninja formada, Maki apenas mantém sua rebeldia em seus cabelos tingidos e nas suas brigas com Guy, no melhor estilo de cunhados. Ambos possuem uma grande rivalidade em busca de se tornarem o próximo grande mestre bushin.

Crônica em Final Fight 2: Entretanto, quando a Mad Gear voltou às ruas de Metro City, sequestrando seu pai e sua irmã, Rena, Maki tratou de se juntar a Haggar e Carlos Miyamoto para dar cabo da gangue, uma vez que seu cunhado Guy estava viajando em treinamento. Eles obtém sucesso no seu intento e Maki pôde resgatar seus entes queridos.

Ela achava que isto a faria ganhar o respeito e confiança necessários para que Zeku, o 38º mestre do seu clã, aceitasse combater com ela pelo título de mestre Bushin. Qual não foi sua surpresa (e raiva) quando soube que Guy havia acabado de derrotar Zeku e tinha se tornado o 39º mestre Bushinryu! Com o título em mãos, Guy deixou o dojô para se dedicar inteiramente ao combate ao mal, principalmente a Shadaloo e Maki partiu em suas próprias viagens para se aperfeiçoar.

Crônica em Street Fighter Alpha: Maki já enfrentou Guy certa vez, que fez pouco caso de suas habilidades de luta. Maki jurou que ficaria mais forte e faria Guy se arrepender de ter lhe tirado o título que era seu por direito. Certa vez Maki invadiu uma das bases da Shadaloo sozinha, onde se encontrava M. Bison e desafiou-o, esperando derrotá-lo e se tornar uma Guerreira Mundial. Entretanto, foi derrotada vergonhosamente e antes que Bison acabasse com sua vida, Guy salvou-a da morte certa, o que só piorou a rivalidade entre os dois. Esta rivalidade se intensificou, quando Maki soube que seu cunhado havia se tornado o mais novo Guerreiro Mundial do Bushinryu Ninjitsu. Outro título que devia ser dela!

Entretanto, após este incidente, Maki se acalmou um pouco e passou a combater no circuito Street Fighter contra oponentes de mesmo nível que o seu, o que tem lhe rendido muitas vitórias e uma rápida escalada até os mais altos postos dentro do circuito. Maki aguarda ansiosamente pelo dia em que enfrentará Guy novamente e obterá o título de 40ª mestra do bushinryu Ninjitsu!

Aparência: Maki é uma belíssima kunoichi, com 1,69m e 52Kg em perfeita harmonia! Ela possui um corpo esguio e belo, trajando um uniforme ninja em cores quentes e com as pernas à mostra. Maki possui 20 e poucos anos e possui um olhar forte, que diz muito de sua personalidade: teimosa e impetuosa.

Interpretando Maki: como filha de Genryusai, você deveria ter se tornado a 39ª mestra do Bushinryu e não Guy. Por isso nutre uma extrema rivalidade com ele, uma vez que deve derrotá-lo para tomar seu lugar. Apesar disso, eles são amigos. Maki também mantém laços de amizade com Carlos e Haggar, mas não com Cody. Agora você está focada em se tornar uma Guerreira Mundial para derrotar Guy no próximo torneio mundial e lhe tomar o título bushin!

maki-tonfa

A tonfa de Maki

Em torneios Street Fighter Maki luta de mãos vazias, a menos que esteja enfrentando um Duelista. Mas em combates contra capangas nas ruas de Metro City, Maki utiliza uma tonfa para ajudá-la nestas tarefas. Maki pode usar a tonfa juntamente com as seguintes manobras: Power Uppercut, Spinning Baton, Elbow Smash, Rekka Ken e Fist Sweep. Para mais detalhes sobre combate com tonfas, leia o post Lutando com Bastões. Os modificadores da tonfa são:

Tonfa: Velocidade +1, Dano +2, Movimento +1

Maki como NPC

Maki é um ninja rebelde e ávida por aventuras. Está sempre viajando pelo mundo participando de todo tipo de torneio para mostrar que é melhor que Guy e a verdadeira merecedora do título de mestre bushin. Apesar disso, assim como Guy, possui um forte senso de justiça e combaterá o mal se ele aparecer em suas aventuras.

* OBS: esta não é uma personagem oficial da White Wolf. Ela foi desenvolvida por Fernando Jr da SF RPG Brasil com base na personagem homônima dos games Final Fight e Street Fighter Zero. Seus textos foram feitos com base no The Street Fighter Plot Canon Guide e material in-game.

makifalc

Guy

Guy em Super Street Fighter 4




Altura: 1.79m
Peso: 72kg
País: Japão
Nascimento: 12/08/1965 (24 anos em Final Fight)

Guy é seguidor do caminho Bushido, e também um estudante da escola Ninjitsu Bushinryu Ninpou, representando a 39º geração de estudantes desta arte. Ele é um guerreiro de honra, e luta como tal, sempre tentando vencer limpo, sem usar nenhum truque sujo. Guy treinou desde muito pequeno na escola Ninjitsu, e seu mestre foi uma lenda do Ninjitsu, Zeku (que por sua vez foi treinado pela maior lenda ninja viva, Genryusai). Na escola ele treinou junto com as filhas de Genryusai, que foram iniciadas por Zeku porque Genryusai era muito velho para ensiná-las. Seus nomes eram Lena e Maki, Guy instantaneamente se apaixonou por Lena, que não era uma estudante muito habilidosa do Ninjitsu, e acabou largando o ofício de ninja. Eles decidiram se casar, mas somente após Guy encontrar a sua “verdadeira missão”.

E sua verdadeira missão veio depois de muitos anos de treinamento sob as ordens de Zeku, em um momento da vida de Guy em que ele se considerava um mestre do caminho Bushido e do Ninjitsu. No entanto, Zeku negou isso, dizendo que enquanto Guy não havia provado a si mesmo ser um verdadeiro mestre, e que ele devia continuar procurando seu próprio caminho. Inicialmente Guy pensou que ele deveria lutar constantemente e derrotar quantos inimigos ele pudesse para provar quão valioso ele era, para se tornar um mestre.

No entanto, Guy logo soube que seu mestre estava certo, ele não era ainda um mestre do Ninjitsu, e apenas seguir o caminho do Bushido não era o bastante, lhe faltava ainda alguma coisa que ele próprio deveria descobrir para manter o caminho Bushido vivo. Quando Guy soube disso, ele tornou-se um verdadeiro mestre do Bushido também.

Crônica em Final Fight 1 e 3: Durante suas viagens, Guy foi diversas vezes aos EUA, onde encontrou uma segunda casa em Metro City. Não era o lugar mais agradável do mundo, cheio de gangues de criminosos, como a Mad Gear. Em Metro City Guy fez novos amigos, como Mike Haggar e Cody. Durante duas vezes ele ajudou a eliminar a escória de Metro City, primeiro com o objetivo de resgatar a filha de Haggar, Jessica, que estava nas mãos da Mad Gear e depois para aniquilar a gangue Skull Cross. Guy foi o elo principal da queda de ambos os grupos, trazendo assim muito ódio sobre si de qualquer ex-membro das gangues como Sodom, Rolento, Hugo e Poison.

Crônica em Street Fighter Alpha: Guy treinava para achar o verdadeiro poder do Bushinryu, assim como se tornar o próximo mestre Bushinryu. Certo dia, seu mestre e também 38º mestre Bushinryu, Zeku, finalmente veio até ele e o desafiou pelo título de mestre Bushin. Diz a lenda que só pode haver um único Bushin com o título de Mestre Bushin em cada geração, e por isso Guy e Zeku travaram uma grandiosa batalha, sem ódio, tendo sido Guy o vencedor. Após a batalha Zeku disse a Guy sobre o novo mal que estava vindo com força total, a Shadaloo; e que era o dever de um lutador Bushin enfrentar este mal. Com isso Zeku foi embora e nunca mais foi visto, tendo Guy finalmente se tornado o 39º mestre da arte do Bushinryu.

Nas suas buscas pela Shadaloo acabou conhecendo a misteriosa Rose, que passou a orientá-lo para derrotarem Bison. Guy se recusa a acreditar que o destino de Rose é morrer nas mãos de Bison e fará de tudo para impedi-la de ter esse destino, combatendo ele próprio o ditador se for preciso, para trazer justiça ao mundo.

E por fim, nessa época Guy encontra Cody foragido da cadeia e fica estupefato com o que aconteceu com seu amigo, tentando fazer com que ele volte para o “lado da justiça”, sem sucesso. Mas Guy ainda não perdeu as esperanças em seu amigo e manterá um olho nele.

Crônica em Street Fighter 4: com Metro City finalmente limpa (após Final Fight 3), Guy volta sua atenção novamente para um mal que se avizinha no horizonte: Bison voltou dos mortos. Guy confirma essa informação ao encontrar novamente Rose, que continua em sua busca por acabar com o ditador, mas desta vez apostando em Ryu como o grande salvador da humanidade. Indo de encontro à SIN, corporação que parece estar intimamente ligada à extinta Shadaloo, Guy ainda encontra novamente com Cody, fazendo novo convite de se juntarem contra o mal, novamente recusado.

Aparência:  Guy é um belo asiático de 179cm e 72kg na casa dos 24 anos. Ele tem os traços faciais e físicos típico dos orientais, embora sua pele seja morena, ao contrário da maioria dos japoneses. Guy possui um olhar determinado e um semblante sério, sempre compenetrado e exalando responsabilidade. Seu corpo é magro e ágil, mas com músculos bem definidos. Guy costuma utilizar roupas vermelhas e tênis, porque os acha confortáveis.

Interpretando Guy: você é ponderado, inteligente, sagaz e muito rápido. Você costuma dizer aos seus oponentes que eles “não conseguem derrotar aquele que não conseguem tocar” e isso costuma irritá-los, tornando suas fraquezas muito mais evidentes aos seus olhos. Você ama Lena, mas é obsessivo em encontrar o “verdadeiro caminho”, quando só então poderá descansar e criar descendentes do Bushinryu junto dela.

Lema: Você não consegue derrotar aquele que você não consegue tocar.

Guy como NPC

Independente da época, o dever de um bushin é combater o mal, então Guy é o arquétipo perfeito de parceiro dos heróis em lutas contra a Shadaloo, contra a SIN ou qualquer outra organização que atente contra a paz, seja mundial, nacional ou qualquer escala. Nenhuma injustiça deve permanecer sem punição e Guy não mede esforços para isso, sendo seu Bushin Musou Renge a técnica perfeita para isso.

Guy também tenta recuperar pessoas perdidas, como seu amigo fugitivo Cody, o tentado pelo lado negro Ryu, a cartomante tipo-suicida Rose e qualquer outra pessoa que precise de sua ajuda para voltar a trilhar o caminho do bem.

Fontes: a ficha de Guy foi originalmente criada por Eric, da Shotokan RPG e posteriormente modificada por Fernando Jr, da SF RPG Brasil. Os textos também foram modificados usando The Street Fighter Plot Canon Guide, acontecimentos in-game na série Final Fight e Street Fighter 4 e nos mangás de Masahiko Nakahira.

O bushin Guy

Guerreiros Mundiais

Sai

Sai, a Ninja Verde


Quando os pais de Kathy Bryan matricularam-na no Karate quando ela tinha seis anos, não tinham idéia do que ela viria a se tornar – Sai, a Ninja Verde, vingadora dos oprimidos.

O clássico patinho feio. Kathy tinha aulas e muitas idéias para seu próprio bem. As outras crianças sacaneavam ela, chamando-lhe “Geeky” e “Cara de Galinha”. Para lhe dar uma saída e construir sua auto-estima, os pais de Kathy apresentaram o Mestre Feng, que selecionou uma pequena turma de crianças para ensinar Karate.

Mestre Feng ensinou Kathy muito mais do que ela fantasiava, ele inseriu sua honra e fascínio para com a natureza. Nos ventos, árvores e águas, ela viu os padrões de um equilíbrio delicado. Sintonizando-se a esses padrões, ela encontrou um jeito de escapar dos colegas e professores por um tempo. Naturalmente tímida, Kathy preferiu a solidão à companhia de outros. Escondida na floresta, ela própria explora sobre as lendas do Rei Arthur, os Quarenta e Sete Ronins e a Mulher-Maravilha.
A sua grande aventura parecia muito mais importante do que a interminável rotina da escola e de interação social. Ela continuou suas aulas e cresceu como uma jovem mulher que discretamente evitava sua classe, mesmo quando foi anunciado sua transformação de patinho feio para gazela.

Então resolveram devastar a floresta.

Kathy estava furiosa quando viu a devastação, fez então um juramento de humilhar os vândalos que destruíram seu esconderijo. Usando suas habilidades em silêncio e
diversão, Kathy destruiu os tratores, o escritório e rastreou o site da empresa. Quando ela descobriu uma série de práticas ilegais – resíduos tóxicos em lixões comuns, suborno, compra de voto – ela passou as informações para grupos ambientalistas e da imprensa. Chefes caíram, mas a floresta permanecera morta. Todos os seus esforços não tinham protegido seu refúgio. Mas, tinha aprendido lições e exemplos de seus ídolos, Kathy encontrou um destino e finalidade – a proteção da vida selvagem.

Não foi tão fácil como ela esperava. Uma mulher, independentemente das suas competências, não poderia fazer muito, e muitas de suas táticas eram ilegais. Uma noite, uma sombra aproximou-se dela perto de uma lixeira. “Quer saber o segredo do Nin-Do”, ela perguntou, “e assumir o seu manto como protetora?” Apesar das suas desconfianças, Kathy disse que sim, e seguiu-se à sombra de um arvoredo de antigos salgueiros. A noite soprava uma brisa fria, a Associação de Nin a levou em sua formação e em suas formas. Só depois que ela aprendeu que Mestre Feng foi líder desses modernos cavaleiros, e que ela tinha sido preparada por uma década.

Seu trabalho envolveu mais do que apenas proteger a natureza. A Associação de Nin tinha sido formada para proteger os inocentes oprimidos, que sentiram sua existência sendo varrida por homens com muita ganância e muito poder. Proteger os inocentes é uma tarefa interminável, cada um dos nove Cavaleiros de Nin escolhe uma arma e um protegido. Kathy escolheu o Sai, que desarma rapidamente sem matar, e as madeiras, que a tinham abrigado em sua infância. Embora ela sabe que sua tarefa é fazer mais além, é a magnitude que garante que ela nunca vai procurar um outro propósito.

Aparência: Kathy é uma mulher fina em torno de vinte anos, com cabelo longo castanho-médio. Embora ela use lentes de contato para trabalhos Ninja, Kathy ainda utiliza óculos para ler ou passar o tempo sozinha. Ela parece atraente de uma forma tímida, e sua graça e força são apenas aparentes, quando ela age. Livros e uma dura bengala são seus companheiros constantes, e ela seu uniforme sob blusas soltas e coletes coloridos.

Sai usa um quimono verde e faixa verde. Os Sais ela optou em pendurar numa faixa na cintura, e suas mangas são preenchidas com bombas de fumaça, pequenas ferramentas, dispositivos de gravação, e outros truques.

Interpretando Sai: Você é a brisa que sopra forte e em silêncio, com ataque rápido que bloqueia a língua e a coragem dos inimigos. Em outras palavras, você é uma mística que adora metáforas floridas e chuta a bunda dos outros de maneira tranqüila. As pessoas poderiam viver sem você, mas as florestas são sagradas para você. Você é misteriosa e sozinha. Quando você tem de trabalhar com outros, fica afastada e crítica, e tenta inserir algum respeito pela floresta.

Lema: Apenas com o caos no seu coração você pode ver as formas que rodeiam você. Ria se quiser, mas você só poderá adivinhar os segredos se eu quizer.

Elenco de Apoio

Midnight

Midnight


Quase todo mundo já ouviu falar do enigmático Meia-Noite (Midnight). Embora ele não seja um Guerreiro Mundial, a maioria dos Street Fighters o consideram apenas um passo abaixo deste Posto. Ele aparece misteriosamente, derrota todos os desafiantes, e então desaparece de volta para as sombras da noite. Por anos, Meia-Noite tem travado uma guerra contra a Shadaloo, tornando-se um constante empecilho para as operações de M. Bison. A despeito das melhores investidas da Shadaloo, a organização ainda não eliminou Meia-Noite. Um bom número de chefes da Shadaloo cancelaram suas operações ao saberem que Meia-Noite poderia estar na área. O que ninguém sabe é que este misterioso Street Fighter, temido e respeitado ao redor do mundo, está morto.

Meia-Noite tinha um assistente, um jovem homem chamado Alexander Matthews. Alexander cresceu venerando Street Fighters, e ele treinou nas artes marciais. Entretanto, Alexander ficou desencorajado depois de algumas falhas em torneios. Ele decidiu cair fora do circuito e ver se ele podia conseguir algum dinheiro como carregador de toalhas, enquanto ele direcionava seus esforços para sua nova ambição, o drama. Alexander imaginou que ele podia ganhar o bastante para se sustentar com o salário de pessoal de apoio do circuito até que ele conseguisse sua grande chance.

Meia-Noite encontrou o jovem homem, viu algo nele e ofereceu a Alexander um trabalho bem pago como seu assistente. Alexander aceitou e, repentinamente, ele se viu envolvido em uma guerra em tempo integral com a Shadaloo. Uma vez que a Shadaloo identificou-o como estando com Meia-Noite, Alexander imaginou se ele algum dia estaria em segurança. Ele se ressentiu tanto de seu trabalho quanto de seu mentor.

Meia-Noite trabalhou com Alexander, forçando-o a aprimorar suas artes marciais e praticar sua representação. Depois de um tempo, Alexander parou de se ressentir de Meia-Noite. O Street Fighter começou a educar Alexander acerca das atividades da Shadaloo e contou a Alexander sobre M. Bison. Conforme Alexander aprendia mais, ele percebia que a Shadaloo tinha que ser detida. Ele entendeu as razões por trás da guerra secreta de Meia-Noite.

Na noite em que Meia-Noite morreu – emboscado e mortalmente ferido pelos Revenants da Shadaloo – ele conseguiu alcançar Alexander primeiro. Conforme Alexander segurava seu mentor em seus braços, ele fez um último pedido. Ele pediu a Alexander para dar certeza que a guerra nunca acabaria. Por dias, Alexander estave dividido entre tentar voltar ao mundo real ou lutar a guerra de Meia-Noite. Ele sabia a escolha que queria fazer, mas como ele poderia lutar contra a Shadaloo? Meia-noite tinha lhe deixado dinheiro, mas dinheiro não poderia parar M. Bison. Finalmente, Alexander tomou sua decisão. Ele pode não ser o Meia-noite… mas se ele fosse um ator bom o bastante, ninguém jamais saberia.

Aparência: como Meia-Noite, Alexander veste um traje ninja preto, seu rosto inteiro está envolto em uma máscara opaca. Em público, Alexander veste-se casualmente, com jeans e camisetas.

Interpretando Midnight: Você sabe que “o verdadeiro” Meia-noite está morto, mas contanto que o mundo não saiba, a guerra dele contra a Shadaloo pode continuar. Você se arrisca pouco, preferindo aparecer enigmaticamnte, fazendo alguns poucos depoimentos criptografados, e até mesmo desferindo alguns socos contra agentes da Shadaloo, e
então desaparecendo. Você começou a buscar por aliados nesta longa cruzada, porque você sabe que não conseguirá interpretar este papel para sempre.

Lema: Tal como este é o destino daqueles que sofrerão minha ira. [risada sinistra]

Elenco de Apoio

Matsuo Sakyo

Matsuo Sakyo


Matsuo Sakyo é um magnata da indústria japonesa de alta tecnologia. Dono de um empresa fabricante de microchips, Sakyo vêm de uma família tradicional japonesa, não muito na verdade, uma vez que ele faz parte de um clã ninja.

Sakyo cresceu em um clã ninja, o Sakyo Ninpou, tornando-se um Genin ainda criança, aos 12 anos. Com 16 já era Chunin, o mais jovem do clã e aos 20 já era um Jonin respeitado por todos, por suas habilidades, sabedoria, ganância e frieza. Sakyo tinha grande aptidão em tudo que fazia, havia dominado todas técnicas do Saiminjutsu, Taijutsu e Genjutsu; bem como todos os conhecimentos de administração, diversos idiomas e outras habilidades para ser um excelente empresário. Porém, Sakyo não era o filho mais velho e portanto sempre estaria relegado à segundo plano quando o assunto fosse os negócios da família. A menos que seu irmão morresse.

Certo dia ele desafiou publicamente seu irmão para um duelos de espadas. O vencedor ficaria com o direito de presidir os negócios da família. Ao perdedor…a morte. Pode parecer estranho, mas isto era comum no clã Sakyo, e foi assim que Matsuo adquiriu sua cicatriz no rosto e o cargo de presidente das indústrias Sakyo.

Hoje Matsuo é um homem de meia idade muito poderoso e influente no mundo dos negócios e no mundo das lutas. Sakyo é sensei da ninja Danni Claw, uma aspirante a Guerreira Mundial do Ninjitsu. Ela também é sua campeã e assassina pessoal, encarregada de diversas tarefas além de competir no circuito profissional, como eliminar concorrentes indesejáveis e competir no Encontro das Feras, promovido pelos Money Guys, clube do qual Sakyo participa desde que assassinou seu pai pelo posto no Círculo Interno…

Sakyo é um poderoso e rígido sensei. É comentado que já assassinou mais de um discípulo que teria lhe desonrado em um torneio, inclusive o seu campeão anterior à Danni Claw. Ele somente treina membros do seu clã, ou indicações de Bison. Sim, Matsuo trabalha ocasionalmente para Bison, o que causa uma grande rivalidade com Vega e seus genins matadores. Matsuo ainda aguarda o momento certo para desafiar Vega pelos negócios com a Shadaloo.

Aparência: Matsuo é um japonês chegando aos 40 anos. Ele usa seus cabelos escuros compridos, na altura das costas. Ele tem uma cicatriz no lado do rosto, que foi o preço pago para ser o presidente das empresas da família. Ele está sempre bem vestido, com ternos caros. Está sempre fumando também, talvez seja isso que o mantenha constantemente calmo.

Interpretando Matsuo: nada lhe abala. Você está sempre calmo e sereno, mesmo quando está segurando uma espada na garganta de um inimigo. Você é um homem muito poderoso e influente em tudo que já meteu  a mão: negócios, artes marciais, street fighting…Acredita que um homem importante como você deva impor respeito. Seus problemas são resolvidos no fio da espada, normalmente degolando os motivos de seus problemas.

A Espada de Matsuo

Matsuo utiliza uma espada ninja em combate, chamada Ninja-To. Obviamente ele não carrega ele o tempo todo consigo, assim como ele não espera entrar em combate o tempo todo. Quando sabe que pode entrar em conflito com alguém, Matsuo veste-se com seu uniforme ninja negro e porta sua espada nas costas. Saiba mais sobre combate com espadas lendo o post Lutando com Espadas.

Ninja-To: Técnica Básica: Espada. +1 Velocidade, +2 Dano, +1 Movimento. Tipo de Dano: Corte ou Perfuração. Empunhadura: Uma Mão.

* OBS: a imagem é do personagem Sakyo, do anime Yu Yu Hakusho, porém, este personagem é de autoria de Fernando Jr, tendo sido um vilão muito importante na sua maior crônica de Street Fighter RPG. A imagem é meramente ilustrativa.


Sensei

Empresários

A História dos Ninjas

Guy - o ninja de SSF4

No Japão antigo onde tudo teve um lugar e a sociedade teve regras rígidas de comportamento para todos seus cidadãos, os ninjas parecem uma anomalia, uma reflexão de uma cultura com uma personalidade fragmentada. Os ninjas eram o lado escuro do Japão, uma faceta não prestigiada que era usada e temida. Historiadores que tentam desvendar os mistérios dos ninjas (e poucos o fizeram) enfrentam um problema quase insuperável: não há nenhum registro escrito que fale diretamente deste grupo, ou escrito por eles. Considerando que eles eram uma série de organizações secretas, os ninjas não deixaram nenhuma informação sobre eles. Então, informações sobre eles vem da sociedade japonesa popular, que possuem uma visão preconceituosa.

Considerando que os ninjas originais normalmente executavam tarefas que as classes de guerreiro e de samurai não faziam, os mantinham como membros da classe hinin (ou “não-pessoas”). Entre estes estavam artistas, mendigos, criminosos exilados e os “etas”, desterrados hereditários que quase foram cortados completamente de sociedade japonesa. Matar um “eta” ou qualquer hinin não era considerado um crime. Os ninjas tinham grande sentimento de revolta pela maioria ser excluída socialmente, o que os tornou furtivos e com movimentos difíceis de localizar. Para sua liderança, porém, é provável que os ninjas tivessem escolhido alguns dos muitos guerreiros e líderes de clã que perderam em um das lutas de poder que saquearam o Japão. Este hinin novo, muitos deles peritos nas artes de guerra, desenvolveram muitas técnicas de guerrilha e subterfúgio, provavelmente os primeiros da historia.

Uma segunda teoria é que os ninjas devem sua origem a cultos chineses que acharam o caminho para o Japão. Estes monges chineses possuiam um repertório vasto de conhecimento de artes marciais que lhes concederam alto lucro como mestres espiões e assassinos causando terror a todos. Talvez a verdade provavelmente seja uma combinação dos dois.

Devido à variedade de habilidades exibidas pelos ninjas, é provável que os membros tiveram uma grande gama de estudos, técnicas de guerreiros, de artesãos e de cientistas. Os ninjas estão entre os primeiros a usar explosivos e armas de pólvora negra; as suas habilidades de adaptação foram uma das razões para o seu sucesso. Não era provável que os nobres exilados tivessem tido esta flexibilidade. Por outro lado, os etas deviam pouca lealdade à sociedade japonesa – afinal de contas, seu trabalho era fazer as coisas que a maioria dos japoneses não faziam. A combinação dos dois, e a adição de técnicas de artes marciais sofisticadas de guerreiros-monges exilados, poderia ter criado os aterrorizantes guerreiros-das-sombras.

Durante a Era das Províncias (século XVI), ninjas eram extensivamente usados em espionagem e missões de assassinato. Eles eram os mestres do disfarce; embora não pertencessem a qualquer classe social respeitável, os seus agentes treinados podiam imitar as classes mais altas com facilidade: seja padre, comerciante, nobre ou cidadão. A sua dedicação e paciência eram lendárias. Um assassino ninja esperaria por horas ou até mesmo dias escondido até seu alvo ficar dentro do seu alcance. Porém eles não toleravam fracassos; um ninja suicidava-se se fosse derrotado. Todo tipo de venenos e mecanismos eram utilizados, tudo calculado para meter medo nos inimigos e até mesmo nos clientes.

Não é estranho que a cultura popular cultive os ninjas. Aos olhos de muitos japoneses, os ninjas não eram humanos, mas demônios. Rumores de suas habilidades mágicas são abundantes. Já foi dito que eles podiam caminhar sobre a água ou subir por paredes, ou até vagar por multidões sem ser notado. No século XX, filmes, livros cômicos e a televisão Japonesa mostram que o ninja é um forte mito. Quando os ninjas se tornaram conhecidos na América, sua imagem foi exagerada, típico das produções de Hollywood.

Os ninjas criaram muitas armas e táticas que chegaram a superar guerreiros blindados, principalmente pela surpresa. Os ninjas eram normalmente mais numerosos e menos bem-armados. Em um confronto corpo-a-corpo, um samurai montado e vestido com armadura completa acabaria com um único ninja. Porém, o mesmo samurai poderia ser pego por um laço, poderia ser arrancado do seu cavalo e poderia ter o rosto perfurado com uma shuriken envenenada arremessada a metros de distancia; esse é o jeito ninja de lutar.

Para a maioria dos leitores Ocidentais (incluindo a maioria dos jogadores) jogar com o samurai, como um guerreiros valente que desafia os outros em duelos individuais, é o mais romântico e heróico dos dois. Afinal de contas, os ninjas estavam só interessados em resultados, enquanto os samurais possuíam dever e honra a ser mantida. Ambos tem o seu lugar.

Leia também A Quintessencia do Ninjitsu

Este artigo é uma tradução livre feita por Fernando Jr de um texto presente no excelente Gurps Martial Arts, da Steve Jackson Games.

Ibuki - a  ninja de SF3

Bruno Vespechi


Altura: 1.85m
Peso: 80kg
País: EUA
Nascimento: aparenta 35 anos

Poucos conhecem Bruno Vespecchi pessoalmente, mas seus feitos são famosos no submundo. Vespecchi é um mercenário, um assassino de aluguel contratado para fazer todo tipo de serviço sujo. Vespecchi não deve lealdade a ninguém a não ser ele mesmo, já tendo trabalhado para diversas facções e impérios criminosos, como Ashura, as Tríades, a Yakuza, a Máfia e até para a Shadaloo. Ele é um notório caça-recompensas do submundo, o melhor que já existiu, segundo seus próprios contratadores.

Não se tem muitos registros sob o passado de Vespecchi. Sabe-se de um lutador de Vale-Tudo com esse nome, que teria sido expulso das competições devido a excesso de violência e golpes proibidos (inclusive causando a morte de outro lutador). Esse lutador competiu nas categorias de peso-médio e além, obtendo boas qualificações, mas isso há alguns anos. Coincidência ou não, na mesma época que o mercenário Vespecchi apareceu.

Treinado em diversas artes marciais, os poucos sobreviventes de Vespecchi, como Paco Juarez, falam de suas habilidades em Ninjitsu, Boxe, Kung Fu e Forças Especiais. Além disso, algumas de suas vítimas (facilmente reconhecíveis devido a um V de sangue que ele deixa em seus peitos) foram encontradas mortas com cortes de espada, perfurações de faca e até flechas (?!). Isso demonstra a versatilidade deste lutador.

Os registros do exército norte-americano mostram a existência de outro Bruno Vespecchi que teria traído seu batalhão durante a Segunda Guerra Mundial causando a morte de diversos soldados. Porém as datas não fecham, afinal Bruno aparenta não ter mais de 35 anos de idade, o que mantém uma aura de mistério em torno dele. Como se não fosse o bastante, um ninja assassino aterrorizou alguns figurões japoneses ligados ao submundo há algum tempo. Ele usava uma máscara negra com um V vermelho entre os olhos, idêntica a de Vespecchi quando está a serviço.

Aparência: Bruno Vespecchi é um homem na casa dos 35 anos, com barba mal feita e cabelos na altura do queixo, sempre com aparência de úmidos. Seu olhar é penetrante e intimidador e está sempre em constante movimento, sempre alerta aos acontecimentos ao seu redor. Vespecchi tem uma boa condição física, com 1,85m e 80Kg de puro músculo. Ele costuma se vestir com roupas de couro ou jeans surrado, sempre sem camisa com uma correntinha de prata. Ele usa luvas sem dedos e coturnos, e já foi visto com o rosto coberto por uma máscara negra com um V vermelho entre os olhos e um par de socos ingleses com cravos.

Interpretando Vespecchi: você ama seu trabalho por mais sujo que seja. Você sente prazer em surrar, matar e acabar com a vida dos seus alvos, não importa quem eles sejam. Você fala bastante, até demais às vezes, mas pouco lhe importa contar alguns de seus planos, visto que seus ouvintes sempre acabam mortos mesmo…Você é uma incógnita até para você mesmo, mas ninguém sabe disso, você acha que tem algum tipo de amnésia, mas nunca deixará um médico examiná-lo. Você tem o poder suficiente para estar entre os Guerreiros Mundiais, mas isso lhe atrairia atenção indesejada de outros campeões querendo derotá-lo, além de que você está nesse negócio apenas pela grana e não por glória ou honra.

Armas de Vespecchi

Vespecchi carrega suas armas sempre que está em missão, embora mesmo em lutas em torneios, ele sempre guarda adagas em seus coturnos. Quando ele está participando de algum torneio Duelista também carrega elas consigo, exceto o arco.

Katana: Técnica: Espada. +1 Velocidade, +3 Dano, +0 Movimento. Tipo de Dano: Corte ou Perfuração. Empunhadura: Variável.
Arco: Técnica: Arco. +0 Velocidade, +4 Dano, nenhum Movimento. Alcance: Força + Arco, max. 15 hexes.
Adaga Sai: O Sai concece +1 de Absorção quando aparando ataques inimigos e fornece +2 dados para realizar Desarmes em inimigos. Técnica: Faca. +1 Velocidade, +0 Dano, +0 Movimento. Tipo de Dano: Perfuração. Empunhadura: Uma Mão.

Não sabe como utilizar armas em combates? Leia os posts relacionados a Armas Brancas!

Habilidades Especiais

Ninguém sabe o porquê de Vespecchi ter essas habilidades, uma vez que ninguém sabe nem de onde ele veio. O Narrador pode adicionar, alterar ou remover as habilidades conforme ele quiser, aumentando ou diminuindo a eficiência de Vespecchi.

Vespecchi nunca fica atordoado, ninguém sabe como ele faz isso, mas é fato que por mais forte que seja o golpe que ele recebeu, ele nunca sofre Dizzy. Vespecchi cura todo ChiForça de Vontade após o término do combate, com 15 min. de descanso (igual sua Saúde). E por fim, Vespecchi recupera 1 ponto de Dano Agravado a cada 12h ao invés de 24h.

* OBS: este personagem não é oficial da White Wolf. Ele foi desenvolvido com base na citação de um mercenário de mesmo nome na história de Paco Juarez, que teria arruinado sua vida duas vezes.