Arquivo da tag: cibernetico

Ciborgue Monitor

Ciborgue Monitor


Estes andróides são invenção dos cientistas loucos da Shadaloo e são a força espiã de Bison. Os ciborgues monitores são desenvolvidos em Mriganka e depois são enviados aos lugares mais remotos do mundo para observar, analisar e fornecer informações para os cientistas da Shadaloo usarem em seus experimentos. Com os dados obtidos foram feitos diversos experimentos como o desenvolvimento da Tanden Engine de Seth, por exemplo, e porque não do próprio Seth?

Os ciborgues são completamente mecânicos, e possuem uma pele falsa somente em partes do rosto, obrigando-os a usarem roupas para que escondam sua real natureza. Um dos olhos é substituído por uma câmera de vigilância de alta tecnolgia que capta o movimento dos lutadores, mede sua força, o Chi envolvido e serve também para, obviamente gravar vídeos dos lutadores e áudio, possuindo um grande alcance e qualidade. Todos os ciborgues monitores são idênticos pois são feitos em linha de produção. Estima-se que exista ao menos 1 para cada grande cidade ou local onde street fighters se encontrem para lutar, e todos são controlados através de computadores na base central da Shadaloo em Mriganka.

Os ciborgues não possuem armamento ou grandes capacidades de combate, visto que sua função não é essa. São apenas vigilantes e espiões simples, que nem ao menos podem se passar por pessoas comuns se forem olhados de perto. De qualquer forma, servem bem ao seu propósito e possuem baixo custo, por isso são largamente usados pelo império de Bison. Os ciborgues não possuem inteligência alguma e são programados com noções básicas de inteligência para garantir sua integridade, como tentar fugir de street fighters que os descubram, por exemplo.

Aparência: nu, um ciborgue monitor aparenta ser um robô humanóide da altura de um homem médio. Possui uma pele falsa apenas na região da cabeça até o início do tóras, embora no olho em que está a câmera de vigilância não haja pele ao redor. O restante do corpo mostra partes mecânica, fiação e cabos por todo lado. São carecas, com semblante sempre sério, sem demonstrar emoções (afinal eles não tem). Costumam estar sempre completamente vestidos, com sobretudos, chapéus e bonés, para que possam não chamar a atenção.

Interpretando Ciborgue Monitor: você não pensa e age somente de acordo com sua programação. Sua função principal é estar atento às atividades de seres com grandes capacidades de combate, principalmente os street fighters, mas também deve ficar alerta para não ser descoberto ou mesmo destruído.

* Fonte: os ciborgues monitores foram oficialmente apresentados no anime Street Fighter 2 – Animated Movie e originalmente adaptados para Street Fighter RPG pela equipe do fanzine Orgulho da Arte nº 7, disponível na Lista de Discussão do Yahoo e posteriomente teve seu histórico ampliado e modificado por Fernando Jr.

Cibernética

É a Habilidade de instalar ou melhorar implantes cibernéticos. Você combinou experiência em high-tech com tecnologias médicas para conseguir resultados realmente impressionantes. Você pode consertar, melhorar, e com algum tempo disponível, construir membros cibernéticos. Qualquer ponto em Cibernética obriga antes o personagem a ter um nível mínimo de 5 em Medicina.

•    Estudante: Você sabe o básico sobre próteses e como substituir equipamentos simples. É o máximo que pode fazer. Você sabe indicar ao paciente técnicos mais qualificados.
••    Universitário: Nesse estágio você reconhece as deficiências da maioria dos membros cibernéticos. Você começou a construir modelos avançados, mas recorre as fontes de estudo.
•••    Mestre: Times de cientistas lhe oferecem posições no posto deles. Você é respeitado por ser um cientista inspirado e que trabalha duro. Alguns de seus trabalhos já foram publicados em revistas técnicas e médicas.
••••    Doutor: Seus conselhos são pedidos na maioria dos projetos. Você pode reconstruir ou desenvolver qualquer membro cibernético, dando-o mais eficiência. Mesmo sem muitos recursos sua tecnologia é a padrão dos médicos.
•••••    Catedrático: Poucas pessoas pedem seus conselhos, pois poucas entendem os conceitos de que você fala a respeito. A palavra “revolucionário” não faz jus a seu trabalho. Seus pacientes acham que seus acidentes são a melhor coisa que lhes aconteceu – seus implantes são aquela coisa.

Possuído por: Doutores, cientistas loucos, ganhadores do prêmio Nobel, inventores.

Crimson Viper (Maya)

Crimson Viper


Altura: 1,75m
Peso: 56kg
País: EUA
Nascimento: 18/07/????

Este é um nome que surgiu recentemente no circuito Street Fighter e tem causado grande alarde até mesmo entre os Guerreiros Mundiais. Quem é? De onde veio? Quem é seu Sensei? Crimson Viper é um enigma até mesmo para veteranos como Sagat, criador do circuito.

Poucos a viram em ação, e a maioria dos lutadores que a enfrentaram desapareceram misteriosamente. Seria ela uma assassina? Uma sequestradora? A verdade no entanto é muito mais obscura…

Crimson Viper é uma mercenária impiedosa, atualmente trabalhando para Seth, o chefão por trás da S.I.N. Suas missões envolvem o roubo de informações sobre os lutadores mais poderosos na face da Terra, bem como a captura dos mesmos. Para ajudá-la em suas missões, Viper conta com diversos apetrechos high-tech instalados em sua roupa, principalmente nas botas e luvas. Presente dos laboratórios da SIN, seu traje lhe confere poderes incríveis como a capacidade de flutuar, disparar ondas sísmicas, lança-chamas, tasers e muito mais. Isto tudo aliado às habilidades naturais de Viper em combate a tornaram a mais nova sensação no circuito, que dizem ter chego ao status de Guerreira Mundial ao ter vencido Cammy em um confronto direto. Dizem inclusive que se não fosse por Ryu estar presente, Cammy estaria desaparecida, assim como todos os outros lutadores que a enfrentaram antes…

Apesar disso, Crimson Viper não é uma vilã. Por mais que o Delta Red e a Interpol estejam em seu encalço devido a suspeitas de seu envolvimento com a Shadaloo, Crimson Viper é uma das “mocinhas”. Maya, seu nome verdadeiro, é uma agente dupla a serviço da CIA, infiltrada em meio à S.I.N para descobrir o que a organização está tramando e derrubá-la, de dentro para fora. é sem sombra de dúvida a missão mais perigosa que alguém poderia estar fazendo, e Maya é sem sombra de dúvida a agente mais indicada para a missão. Maya atuando como Viper descobriu que a S.I.N é a divisão de armas do extinto cartel do crime mundial, Shadaloo que por algum motivo continuava a operar, mesmo depois de seu líder Bison ter supostamente sido assassinado por Akuma.

Para conseguir trabalhar dentro da S.I.N, Crimson Viper teve de se destacar dentre os diversos lutadores que entram no circuito Street fighter todos os dias. Ela teve que aprimorar suas técnicas de combate ao máximo,e enquanto sua reputação como lutadora crescia todos começaram a se perguntar quem era aquela bela ruiva. Não demorou muito para ser contatada pela S.I.N para realizar alguns serviços de infiltração e espionagem, obviamente eram apenas alguns testes para verificar se Viper era confiável. Estas missões iniciais constantemente envolviam se meter em enrascadas com a lei, como invasões em empresas, roubo de dados confidenciais e até mesmo sequestro de alguns lutadores. Aos poucos Viper foi ganhando a confiança do “cabeça” por trás da S.I.N, o que lhe deu o direito de conhecer Seth, pessoalmente.

Crônica em SF4: nesta época a mercenária Crimson Viper trabalha para o chefão da S.I.N em pessoa. Tendo reuniões esporádicas com o mesmo, ocasiões na qual ela tem as chances de que precisa para saber tudo a respeito da organização, seus planos e sobre o próprio Seth. Viper não levantou tantas informações quanto gostaria e suas missões estão ficando cada vez mais perigosas. Recentemente Seth passou a perseguir e realizar experimentos nos lutadores mais poderosos do planeta, com o intuito de desenvolver uma arma mortal baseada em energia Chi, o Projeto Blece. Para saber mais detalhes, Viper está encarregada de coletar informações sobre os Guerreiros Mundiais e raptar tantos quanto puder, para que Seth possa ter espécimes para trabalhar e para que Viper tenha mais oportunidades de saber sobre o projeto.

Apesar das vestes especiais fornecidas por Seth, não é uma tarefa fácil derrubar um Guerreiro Mundial, ainda mais para uma “novata” no circuito como Viper…de qualquer forma, Maya faz o possível para não ser descoberta, muitas vezes fazendo coisas das quais não se orgulha. Ela espera que esta seja a sua última missão, e que o dinheiro ganho (tanto da CIA quanto da S.I.N) sirvam para proporcionar uma vida melhor para ela e sua filha. Sim, Maya é mãe de uma pequena garotinha chamada Lauren o seu único e desconhecido ponto fraco.

Lauren é simplesmente a pessoa mais importante no mundo para Maya, e ela fará tudo ao seu alcance para protegê-la. Desta forma, absolutamente ninguém sabe de sua existência, com exceção de Emily, a irmã de Maya que cuida da garota. Regularmente Maya visita-a em sua escola, ou até mesmo em sua casa, mas tendo o máximo de cuidado para não ser seguida, tanto pela S.I.N quanto pelas forças da lei que a consideram uma criminosa. E assim Maya, ou Crimson Viper, vive dia após dia: trabalhando para aqueles que deseja destruir e sendo perseguida por aqueles que deseja proteger. Certamente não é uma vida fácil, mas Maya é profissional o suficiente para não voltar atrás, mesmo porque talvez não exista esta opção…

Crônica em Street Fighter 5: Viper aliou-se à Operação CHAINS de Bison novamente como uma agente dupla. Durante a construção das Black Moons ela colocou alguns códigos secretos que permitiriam seu desligamento e destruição do projeto. Além disso, conseguiu enviar as chaves do painel de controle das moons para os mais fortes lutadores do mundo e evitar sua utilização por Bison, ou ao menos é o que ela acreditava. Ao que parece sua atuação foi descoberta e ela foi eliminada. Nem mesmo seu amigo Rashid conseguiu salvá-la à tempo das mãos venenosas de FANG. O Narrador tem a palavra final sobre a morte ou não dela.

Aparência: Viper possui 1,75m e 56Kg muito bem distribuídos em seu belo corpo esguio. Seu cabelo é longo e preso em uma longa trança ruiva, enquanto seu rosto é de feições belas e frias. suas roupas esbanjam ousadia e beleza, com um decote acentuado e calças justas. Costuma usar um óculos grande e colorido, que não possui propriedades especiais aparentes, exceto realçar ainda mais sua beleza.

Interpretando C. Viper: fria, calculista, fiel. Amorosa, paciente e brincalhona. Maya e Viper são pessoas completamente diferentes. Quando está a trabalho, Crinsom Viper é a agente mais impiedosa que a CIA podia ter enviado à campo para se infiltrar na S.I.N, conseguindo ser confundida com uma vilã por outros notórios agentes da lei como Cammy e Chun Li, que a perseguem constantemente. Como mãe, Maya daria sua vida por um sorriso de Lauren, e tudo que faz como agente é para proporcionar um futuro melhor para ambas.

c-viper

C. Viper como NPC

Maya entrou no circuito na época de Street Fighter 4, antes disso era apenas uma agente secreta da CIA. Sua primeira aparição é após a queda da Shadaloo em SF2, mas é provável que esteja investigando os projetos secretos da organização bem antes disso.

A missão de Maya é completamente secreta, nem mesmo o Delta Red ou a Interpol sabem dela, e caso os heróis cruzem com Maya, digo Viper, serão tratados como inimigos para não quebrar seu disfarce. De maneira nenhuma ela arriscaria anos de missão para ajudar um grupo de brigões. Mesmo que os heróis tenham contatos na CIA, a missão de Maya é realmente top secret.

Battle Suit de C. Viper

Viper ganhou a confiança de Seth a ponto de participar dos testes de um dos mais recentes protótipos de armaduras de combate da SIN, chamado simplesmente de Battle Suit. O circuito Street Fighter se mostrou o laboratório ideal para testá-la e Viper alcançou notório respeito graças às engenhocas da roupa.

O uso da Battle Suit confere o antecedente Cibernetico 7 à Viper, e o Chi mostrado em sua ficha na verdade é a energia da roupa (Viper possui naturalmente Chi 1). As suas técnicas Soco, Chute e Bloqueio recebem +1 ponto (já listado na ficha) graças às luvas e botas especiais da roupa, mas somente enquanto está vestindo ela.

Além disso, quando está portando a Battle Suit ela pode usar as seguintes manobras especiais: Balance, Burning Kick, Conductor, Flight, Levitation, Psychokinetic Channeling, Shockwave e todas variações do Thunder Knuckle. Obviamente se estiver sem o traje especial, perde esta manobras de seu arsenal e seu antecedente Cibernético, o que não a torna menos perigosa, entretanto.

* Fontes:  este personagem não é oficial da White Wolf. A planilha foi criada por Matt Meade da SFRPG.com e a história foi elaborada nas HQs de Street Fighter 4 lançadas pela Udon e no anime Street Fighter 4 – Laços que Ligam.

Guerreiros Mundiais

Cibernéticos

Tanden Storm

Pré-Requisitos: Cibernético 5, Fireball, Tanden Engine 

Pontos de Poder: Qualquer 4.

Este é o nome dado ao Improved Fireball de Seth, visto que ele não é gerado pelo controle do Chi, como faz o karateca Ryu, e sim por meio da Tanden Engine no abdômem do ciborgue. Acumulando uma grande concentração de Chi em sua Tanden Engine, Seth consegue desferir uma grande quantidade de energia em forma de um projétil branco e negro.

Sistema: a Tanden Storm é similar à Fireball normal, mas seus modificadores são melhores e ele provoca Knockdown em qualquer oponente que receba dano, a menos que o oponente bloqueie.

Custo: 1 Chi

Velocidade: -1

Dano: +4

Movimento: nenhum

Tanden Storm

Tanden Stream

Pré-Requisitos: Cibernético 6, Tanden Engine 

Pontos de Poder: Qualquer Estilo 5.

A técnica máxima de Seth é simplesmente inacreditável! Esta manobra mostra toda a força existente na Tanden Engine do ciborgue, criando um vórtice de extrema força que suga o oponente para dentro do seu abdômem-cibernético!!! O acontecimento é tão rápido que muitos não entendem o que realmente aconteceu. Em uma fração de segundo, o oponente é "cuspido" para fora da esfera, sendo arremessado longe com a mesma força que foi sugado inicialmente, indo parar de encontro à parede ou obstáculo mais próximo, normalmente inconsciente!

Sistema: esta manobra é exclusiva para Cibernéticos que tenham uma Tanden Engine acoplada no seu corpo, assim como Seth. Ela usa basicamente a habilidade Tanden Vortex da tanden Engine para "puxar" o oponente para seu interior, e em seguida usa uma força contrária para expeli-lo com toda força.

O ciborgue deve rolar sua parada de dados do Tanden Vortex conforme explicado na referida habilidade (veja em Tanden Engine) e conseguir atordoar seu oponente (Dizzy), caso contrário não conseguirá completar o Tanden Stream com sucesso. Se conseguir atordoar seu oponente usando o Tanden Vortex, o poder reverso do vórtice arremessará o oponente a um número de hexes igual ao número de pontos que o ciborgue possui no antecedente Cibernético, em qualquer direção à sua escolha.

Note que o dano desta manobra é proveniente do encontro da vítima com o chão, parede, etc. O vórtice inicial não causa dano, apenas os efeitos descritos na habilidade Tanden Vortex em Tanden Engine. Caso o lutador seja arremessado de encontro a outro lutador, use as mesmas regras descritas na manobra Throw. Um oponente que sofra o Tanden Stream não pode ficar atordoado novamente, pois já o estava quando sofreu o ataque (caso ele tenhaa sido bem sucedido).

Custo:Chi

Velocidade: +0

Dano: +5

Movimento: nenhum

*OBS: esta não é uma manobra oficial da White Wolf. Ela foi desenvolvida por Fernando, da SF RPG Brasil, baseada na manobra homônima do lutador Seth, presente no game Street Fighter 4.

Seth (#15)

Seth


Altura: 1.98m
Peso: 85kg
País: Tailândia
Nascimento: ?

Seth é fruto de experimentos genéticos da Shadaloo, uma evolução dos experimentos que geraram Cammy e as Dolls e que tinham por objetivo gerar um novo corpo para Bison. 100 clones foram feitos a partir de DNA modificado de Bison. Todos idênticos, capazes fisicamente de serem lutadores muito fortes, ágeis e espertos, porém Bison queria mais. Experimentos passaram a ser feitos para amplificar força, velocidade, resistência e capacidades de luta. E após a fuga de um dos experimentos durante um ataque a uma das bases da Shadaloo, queriam manter as unidades mais fieís tabém.

Estranhamente, um dos clones passou a desenvolver grandes capacidades mentais, acima da média até mesmo para os demais clones. Ele era o número 15. Sua criatividade e capacidade de aprendizado estavam muito acima dos demais clones e também muito acima dos humanos normais, à semelhança de Bison. Por esse motivo Bison passou a dar mais atenção para o dito-cujo. Seth, como é chamado por Bison, teve suas capacidades testadas ao máximo, e quando seu corpo e mente já não suportavam os treinamentos, teve implantes acoplados no corpo, tornando-o um ciborgue (meio-homem, meio-máquina) extremamente forte. Os experimentos cibernéticos que lhe foram implantados lhe deram habilidades insuperáveis, como sua memória fotográfica, força e reflexos sobre-humanos e resistência fenomenal.

Seth era de uma lealdade inabalável perante Bison, e este quis ousar mais. Ele queria ver até onde a inteligência e criatividade sobre-humana de Seth podiam chegar, lhe dando o comando da Rede de Intimidação da Shadaloo (S.I.N – Shadaloo Intimidation Net), também conhecida como Divisão de Armas da Shadaloo. Como comandante desta unidade, Seth era responsável pelo desenvolvimento do poder bélico da organização, investindo fundos em pesquisas nos diversos campos da ciência e ocultismo para gerar a arma perfeita (embora muitos considerassem ele próprio como tal). Um desses experimentos chamado Projeto Blece, está atualmente chocando as organizações da lei mundial. Outro grande avanço nas pesquisas da S.I.N foi a Tanden Engine, que fica no abdômem de Seth.

Após a queda de Bison nas mãos de Akuma, durante o 2º Torneio Street Fighter, e o sumiço dos generais de Bison (Vega, Sagat e Balrog) Seth viu a oportunidade de adiantar o seu destino e mostrar todo o seu poder como chefe da Rede de Intimidação, tomando o controle dos resquícios da Shadaloo por completo. Até onde se sabe Seth não ocupou a Ilha de Mriganka, tendo permanecido nas bases da S.I.N ao redor do mundo, como seu CEO. De qualquer forma, a Shadaloo estava ruindo. As gangues estavam se dispersando, assim como quando Bison iniciou no comando da Shadaloo, há decadas atrás. Não era uma tarefa fácil manter as rédeas, a notícia de que o ditador tinha caído se espalhou rápido, e muitos grupos criminosos independentes foram surgindo ao redor do globo.

Por outro lado, a notícia de que a Shadaloo havia tombado junto com seu líder tornou as agências de espionagem e forças policiais mundiais mais desatentas, fazendo com que Seth realizasse grandes avanços em seus experimentos e que tomasse parte do poder da antiga Shadaloo em suas mãos. Quando a Interpol, a CIA e o Delta Red voltaram a encontrar evidências de que a Shadaloo talvez não tivesse sucumbido como previam, Seth já tinha em suas mãos tanto poder quanto Vega, Balrog ou Sagat tiveram um dia, o que já é um feito considerável.

Crônica em Street Fighter 2 e anteriores: não há relatos oficiais sobre Seth nesta época, mas sabe-se que foi em SF Alpha que os experimentos com o DNA de Bison começaram, o que nos faz crer que Seth, Abel e os demais clones possam ter sido criados anos antes de SF4. O Narrador poderia incluir um Seth em treinamento, ainda sem suas partes robóticas, na sua crônica de SF2, por exemplo.

Crônica em Street Fighter 4: apesar de todos seus talentos, Seth não tem a experiência que Bison tinha, o que o faz cometer alguns descuidos fatais. Na sua ânsia por poder e para por o Projeto Blece em prática o mais rápido possível, Seth organizou o 3º Torneio Street Fighter, convidando os mais fortes lutadores do mundo, muitos dos quais, que estiveram presente no último torneio, e que hoje são lendas vivas dentro do circuito. Seth planeja copiar todos os poderes e técnicas dos mais fortes lutadores, para então usá-los como cobaias em seus experimentos. Porém, uma reviravolta ocorreu recentemente: Bison, que tinha sido dado como morto, e seus generais, voltaram para retomar a Shadaloo e por em ordem a bagunça em que se encontra a organização. Mas Seth não planeja abrir mão da sua recém conquistada liberdade e vai lutar no torneio por ela!

Crônica em Street Fighter 5: ao término do torneio de SF4, vários dos clones de Seth foram destruídos por Ryu, Viper, Zangief, Abel, Juri, enquanto que o original foi derrotado por Bison. Ainda assim, é um mistério o que aconteceu com os demais clones. Sabe-se que Bison tinha interesse particular neles (afinal, serviriam de corpos substitutos para ele), e que C. Viper ainda estaria caçando estas réplicas, para poder concluir esta missão. A princípio o número 15 era o mais inteligente deles, mas nunca se sabe…

Aparência: Seth é um alto (1,95m) e musculoso ciborgue (85Kg), de cabeça raspada e olhos negros sem pupilas. Sua pele é de um tom azulado quando está lutando, e extremamente pálido nos momentos calmos. Seu abdômem foi substituído pelo Tanden Engine, uma imensa esfera com o símbolo do Yin-Yang, que gira constantemente enquanto amplia o Chi de Seth e copia as habilidades dos oponentes. Curiosamente, Seth possui os mesmos traços faciais e tipo físico do lutador de Vale-Tudo Abel, o que o leva a crer que ele pode ser o clone que fugiu dos laboratórios da Shadaloo há cinco anos. Seth não usa roupas em combates, lutando sempre nu, ao que tudo indica, algum experimento removeu as partes íntimas (ou as escondeu) de Seth para evitar uma possível fraqueza no ciborgue. Quando está em público como CEO da SIN, usa elegantes ternos.

Interpretando Seth: você é inteligente. Mais do que qualquer ser humano jamais foi, talvez apenas Bison equipare seu intelecto. Isso o torna arrogante e muitas vezes descuidado, fazendo com que as organizações da lei mundial fiquem sabendo de suas atividades desnecessariamente, ou quando firma parcerias com agentes enigmáticos como Crinsom Viper e Juri, que mais cedo ou mais tarde vão trai-lo. De qualquer forma, não é só sua inteligência que o torna descuidado, já que de qualquer forma você é mais forte e ágil fisicamente do que qualquer um na face da Terra, ou seja, se descobrir que alguém o está enganando ou “agindo na surdina” você acabará rapidamente com o infeliz, pessoalmente. Você é a “mão de ferro” (literalmente) da SIN, e gosta disso. O que no início era apenas sua função enquanto seu mestre estava desaparecido, tornou-se sua vida e sua obsessão, e você não vai entregar esse cargo de boa vontade!

Seth como NPC

Seth é o grande chefão na saga de Street Fighter 4, praticamente o que Bison era em SF2 e Sagat era em SF1. Assim, não é difícil de imaginar como utilizá-lo em suas crônicas. Ele promove torneios, vende armas para terroristas no mundo inteiro e é uma figura pública como CEO da SIN, uma espécie de Stark Industries antes de Tony Stark virar bonzinho, só que no mundo da Capcom.

Tanden Engine de Seth

Consulte o post da Tanden Engine para maiores detalhes.

Fontes: a ficha de Seth foi criada por Matt Meade da SFRPG.com. A história foi escrita por Fernando Jr com base no anime SF4: The Ties that Bind e no The Street Fighter Plot Canon Guide, nas HQs lançados pela Udon sob o nome de Street Fighter 4.

Seth em Super Street Fighter 4

Guerreiros Mundiais

Cibernéticos

Tanden Engine

Tanden Engine

Para Bison, Seth era a visão de seu futuro, e ele investia pesado em aprimoramentos tecnológicos para as já fascinantes habilidades do clone. Os experimentos prosseguiram, tendo obtido grandes resultados no campo das artes marciais. Os laboratórios da Shadaloo conseguiram desenvolver a Tanden Engine, um "motor" de combate acoplado ao abdômem de Seth.

A Tanden Engine aparenta ser uma grande esfera, que une as pernas ao tórax de Seth. Ela fica em constante movimento, canalizando as energias de Seth e analisando o adversário, para captar todo e qualquer movimento que Seth ainda não tenha aprendido. A Tanden Engine possui o símbolo Yin-Yang gravado nela, provavelmente por motivos mais místicos do que tecnológicos, uma vez que esse símbolo é muito cultuado entre os artistas marciais e taoístas.

Como é sabido pelos artistas marciais orientais, é no abdômem que se concentra a maior parte do Chi de um ser (em um ponto abaixo do umbigo), e a função do Tanden Engine é aumentar exponencialmente a capacidade de manipular o Chi, que era algo latente em Seth. Como se não fosse o bastante, o Tanden Engine permite a Seth copiar todo e qualquer movimento feito por lutadores marciais de qualquer estilo. Para isso basta que Seth enfrente o lutador que possui o poder que ele deseja ou assista uma luta do mesmo. Experimentos de transferência de vídeos diretamente para a memória de Seth já estão em andamento, com resultados satisfatórios.

Pré-Requisitos 

A Tanden Engine é uma melhoria Cibernética desenvolvida nos laboratórios da Shadaloo, e como tal tem usos nefastos e corrompe o lutador. Qualquer lutador que aceite ter uma Tanden Engine acoplada ao abdômem, automaticamente perde todos os seus pontos permanentes em Honra. Esta perda de Honra fará com que ela seja sempre 0, uma vez que não há como tirar o Tanden Engine de seu corpo, visto que ele substitui seu abdômem. Ao que tudo indica, as vísceras do lutador são removidas, lhe tirando provavelmente a necessidade de se alimentar.

O Tanden Engine exige que o lutador já tenha no mínimo 5 pontos no Antecedente Único Cibernético, pois ele será acoplado no lugar do abdômem. A tecnologia foi criada dentro dos laboratórios da Shadaloo, logo, você deve ser um membro dela para ter acesso a um. A princípio só foi criado um Tanden Engine, mas nada impede o Narrador de desenvolver outros, provavelmente versões melhores, uma vez que este foi um protótipo. O Tanden Engine é uma melhoria rcomendada para uso dos NPCs do Narrador, e não para personagens jogadores.

Habilidades

O Tanden Engine fornece duas habilidades básicas ao lutador, que devem ser especificamente declaradas em Cartas de Combate separadas e utilizadas como Manobras Especiais comuns, durante o combate. A velocidade de ambas as habilidades é igual ao Raciocínio do personagem. Além disso, nenhuma das habilidades abaixo possui movimento (zero).

Tanden Copy 

O Tanden Engine provê ao ciborgue a capacidade de aprender qualquer Manobra Especial sem instrutor, apenas visualizando um oponente efetuando-a e desde que possua a experiência necessária para adquiri-la. Para isso, o ciborgue deve rolar Percepção + Cibernético contra uma dificuldade igual a 5 +1 para cada ponto de poder que a manobra possui de custo para o lutador que a está efetuando. Além disso, o personagem deve possuir os pré-requisitos exigidos pla Manobra em questão para poder adquiri-la. Usar esta habilidade consome uma rodada inteira do lutador, motivo pelo qual Seth evita usá-la durante os combates nos quais ele está participando. É possível usar esta habilidade assistindo lutas ou via memória digital, nos casos de ciborgues que tiveram seus cérebros alterados.

Usar esta habilidade consome 1 Chi por parte do esforço da mente do ciborgue.

Exemplo: Seth usa a habilidade de copiar manobras ao ver Ryu executando seu Dragon Punch. O Dragon Punch custa 4 Pontos de Poder para o Karatê Shotokan (estilo de Ryu), logo, Seth terá de gastar 16 pontos de experiência se quiser aprender esta fantástica Manobra. Além disso, ele terá de ser bem sucedido em um teste de Percepção + Cibernético contra uma dificuldade 9 (5 + 4 do Dragon Punch). É difícil? Nem um pouco se comparado aos anos de treinamento que Ryu teve para dominar esta manobra…Lembre-se que Seth só poderá aprender esta manobra se possuir antes os pré-requisitos da mesma, que são o Power Uppercut, o Jump e 4 pontos em Soco.

Tanden Vortex

Tanden Vortex 

Em combate, o Tanden Engine também tem outra utilidade: ele pode ser utilizado para tontear (Dizzy) e "sugar" os oponentes para perto de você. Para tal, o ciborgue deve rolar uma parada de dados igual a sua Inteligência + Cibernético contra dificuldade 6. O oponente reduz essa parada com sua Inteligência. Cada sucesso por parte do ciborgue consome 1 ponto de Força de Vontade do oponente. Caso o número de pontos de Força de Vontade perdidos de uma vez só seja maior do que a Inteligência da vítima, ou se a vítima zerar seus pontos de Força de Vontade desta forma, ela estará atordoada (Dizzy) e será sugada por um vórtice criado pelo Tanden Engine, indo parar no hexe adjacente ao ciborgue, indefesa. Usar esta habilidade consome o turno inteiro  deve ser usada com cautela, uma vez que se não surtir o efeito desejado, poderá deixar o ciborgue à mercê do seu oponente.

Usar esta habilidade consome 1 Chi por parte do esforço do Tanden Engine.

Exemplo: Seth usa sua habilidade de sugar oponentes contra Ryu. Ele possui uma parada de 12 dados para rolar, visto que possui 6 pontos em Inteligência e mais 6 em Cibernético. Porém, Ryu possui 6 pontos em Inteligência, reduzindo a parada de Seth pela metade (6). Para cada sucesso que Seth obtiver na sua parada de dados, reduzirá em 1 ponto a Força de Vontade de Ryu. Se Ryu perder toda sua Força de Vontade neste ataque, ou se perder mais de 6 pontos de Força de Vontade neste golpe (equivalente à sua Inteligência) ele estará Dizzy e será sugado para o hexe adjacente de Seth. Caso Seth falhe em tontear Ryu, nada acontecerá, exceto a perda de Força de Vontade.

Criando um Cibernético

Seth - Cibernético

Personagens Cibernéticos irradiam frio, auras tétricas que são constantemente lembrados de suas partes mecânicas pelos olhares de medo das pessoas que os vêem. Você pode ter grandes multidões lhe dando o favoritismo dentro do ringue, mas seus fãs vão encolherse de medo quando verem você pessoalmente.

Personagens Estabelecidos e Cibernéticos

É concebível que um Jogador queira enxertar melhorias cibernéticas em seus personagen Street Fighter existente em lugar de criar um completamente novo.

Esse personagem já estabelecido será apenas sujeito ao progresso dos ajustes pela experiência e não receberá os pontos grátis que um novo personagem recebe. Personagens estabelecidos perderão dois pontos permanentes de Honra uma vez que venham a ter melhorias cibernéticas. Um bom exemplo de organização que poderia enxertar melhorias cibernéticas em um personagem já estabelecido é a Corporação Caduceus. Outros, são os Cientistas da Shadaloo.

Atributos

Personagens Cibernéticos tem uma desvantagem social no início. Em termos de jogo, eles possuem um ponto a menos para distribuir nos seus Atributos Sociais. Ou seja, ele escolhem se os Atributos Sociais receberão 7, 5 ou 3 pontos e receberão uma penalidade de -1 ponto ao distribuírem os potnos nos Atributos Sociais – sobrando 6, 4 ou 2 pontos, dependendo da escolha. Ciborgues tem naturalmente um tempo de dificuldade para fazer amizade com as pessoas. Graças a isso, um ciborgue deve sempre pagar seis vezes o nível atual para melhorar qualquer Atributo Social, mesmo que o nível não seja super-humano.

De qualquer modo, é fácil para um Ciborgue alcançar níveis super-humanos em seus Atributos Físicos e Mentais. Ciborgues ganham um ponto adicional para por em um Atributo Físico ou Mental. Além disso, um ciborgue que deseje aumentar seus Atributos Físicos ou Mentais além de 5 não estará sujeiro aos altos custos múltiplos usados para comprar características sobre-humanas. Enquanto outros Street Fighters pagam seis vezes o nível atual do Atributo ao melhorar seus pontos até niveis super-humanos, o personagem Ciborgue deve apenas pagar quatro vezes o nível atual do Atributo. 

Habilidades

A natureza mecânica dos ciborgues provê a eles certas Habilidades inerentes. Jogadores não precisam gastar qualquer de seus pontos de Habilidade iniciais nessas Habilidades – elas são gratuitas para Ciborgues. Por elas serem gratuitas, é possível que um personagem comece com mais do que três pontos nessas Habilidades. Ciborgues já iniciam com as seguintes Habilidades e os respectivos valores gartuitamente: Interrogação 1, Intimidação 2, Computação 1 e Medicina 1. Entretanto Ciborgues não começam com mais do que dois pontos em Manha e Investigação. mas eles podes melhorar essas Habilidades com Pontos de Experiência , custando três vezes o nível atual ao invés de duas vezes. 

Outras Características

Honra

Ciborgues começam com honra negativa, o que reflete com o os outros Street Fighters consideram guerreiros ciberneticamente melhorados. Ao criar um Ciborgue, o Jogador adiciona duas caixinhas à esquerda da faixa de Honra do personagem. Essas caixinhas devem ser preenchidas de forma normal antes que o personagem tenha alguma Honra. os originais três pontos dividos entre Glória e Honra devem ser usados para comprar esses valores negatrivos de Honra quando o Street Fighter é criado. Sob nenhuma circunstância o personagem deve ganhar dois dados extras por essas caixinhas negativas quando testar sua Honra. 

Saúde

Street Fighters ciborgues começam com 12 pontos de Saúde ao invés dos 10 normais.

Processo de Criação

Jax- Cibernético

O número de pontos que o personagem tem no Antecedente Cibernético determina o número e tipos de membros melhorados. Para cada ponto que o personagem tem, uma área do corpo pode ser melhorada. De qualquer modo, uma vez que o personagem tenha cinco pontos no Antecedente Cibernético ele é considerado totalmente Cibernético, tendo todos os membros cibernéticos, sua cabeça e seu tronco. Isso é muito para qualquer um e fará com que reste somente um fiapo de humanidade nesta carcaça robótica.

Ciborgues caminham numa fina linha entre homem e máquina – se ele for longe demais, ele pode esquecer de sua natureza humana.

Cada ponto no Antecedente Cibernéticos também serve para outros propósitos. O poderoso sistema do Ciborgue permite a ele simular a técnica Foco. Para esses fins, o Lutador pode usálo quando estiver comprando ou executando Manobras Especiais baseadas na Técnica Foco. um Ciborgue não requer um estilo de luta específico para aprender Manobras Especiais de Foco, e também não precisa do valor de Foco requisitado pela Manobra, utilizando o seu valor no Antecedente Cibernético ao invés disso. O custo por essas Manobras Especiais é sempre o maior custo listado. Ao se determinar a Velocidade, Dano e Movimento para essa manobra de Foco Cibernética, o personagem Ciborgue tem a escolha de usar Atributos Físicos no lugar de Atributos Mentais normalmente usados.

Além disso, Ciborgues podem gastar níveis de Saúde ao invés de Chi para ativar manobras de Foco Cibernéticas.

Exemplo: Daniel está projetando seu Street Fighter, o Canuckatron, e ele quer ter um Ice Blast para sua lista de Manobras Especiais. Ice Blast requer Técnica Foco 3, entretanto a Técnica Foco do Canuckatron é apenas 1. Ainda assim, Daniel pode comprar essa Manobra Especial para seu personagem porque o Antecedente Cibernético do Canuckatron é 3.

Kabal - Cibernético

Agora o Canuckatron pode lançar Ice Blast a um custo de 2 Chi ou 2 de Saúde

Melhorias Cibernéticas são facilmente identificadas por qualquer um e apenas escondidas por roupas pesadas. A tecnologia para criar uma réplica convincente de pele humana vai muito além da ciência conhecida. Melhorar ciberneticamente um Street Fighter é uma boa forma de adicionar uma variedade de poderes especiais para ser diferente dos combatentes comuns – isso se o combatente em questão não começar a dar uma de louco também.

Partes Cibernéticas

  • Pernas
  • Braços
  • Tronco
  • Cabeça
  • Membros Adicionais – antes do personagem ter qualquer membro adicional, ele deve primeiro ter um tronco cibernético. (isso pode parecer excêntrico mas é a forma mais fácil de melhorar as Técnicas de luta. Leia a seguir.)

Membros Adicionais

Cada par de membros adiciona um ponto a Técnica apropriada do lutador. Se você tiver Soco ou Apresamento em 3 e dois braços adicionais, então o ajuste de suas Técnicas deve ser para 4 ao executar Manobras. Pernas adicionais provêem os mesmos bônus para as Técnicas de Chute e Esportes.

Outra opção é a adição de implantes de Híbridos Animais. Você pode adicionar asas, presas ou uma cauda ao seu personagem. Lutadores como esses podem usar Manobras de Híbridos Animais em combate. Obtenha idéias de melhorias cibernéticas no post Corporação Caduceus.

Cibernéticos

Paco Juarez

Paco 'Icepick' Juarez


Paco cresceu nas docas de Chicago, onde seu pai trabalhou como estivador. Sua família era de imigrantes espanhóis, vieram da Europa quando ele ainda era jovem, fixando-se em uma pequena vizinhança. Parecia que o Novo Mundo era um bom lugar para a família de Paco. Paco cresceu e viu que seu tamanho e brutalidade faziam fácil obter o que ele queria das outras crianças. Medo tornouse seu negócio e terror era seu cartão de visitas. Ele mandava em sua vizinhança e todo mundo pagava por sua proteção.

Rapidamente ele começou a se mover para outras áreas da cidade – incluindo o território controlado pela Máfia de Chicago. Uma noite, três mafiosos barraram Paco, que era conhecido por "Icepick", e disseram a ele para voltar de onde tinha vindo. Paco pediu que repetissem isso – para seus punhos. 

Três dias mais tarde uma bomba incinerava sua casa matando seus pais. Paco sobreviveu e quis buscar vingança. A Máfia, antecipando seus passos, contratou um lutador chamado Bruno Vespechi. Icepick era forte e rápido, mas não era páreo para um Street Fighter, especialmente um veterano como Vespechi. Juarez tomou uma surra e foi jogado nas ruas de "sua" vizinhança para morrer. Isto poderia ter sido seu fim, se não fosse a ajuda de um estranho, que viu seu estado. O homem levou-o ao seu apartamento e cuidou dele durante os meses que duraram sua recuperação.

Durante este tempo, Paco compartilhou sua história e seu desejo de vingança com seu benfeitor. O homem simpatizou e se ofereceu para treiná-lo em sua escola de Kickboxe Ocidental. Paco, que havia sido rudemente apresentado ao que era um lutador de verdade, aceitou de bom grado. Meses se passaram e a saúde de Paco melhorou, bem como suas habilidades como Kickboxer. Assim como suas habilidades cresciam, seu desejo de vingança crescia também. Finalmente, Paco considerava a si mesmo preparado para vingar a morte de seus pais desafiando Bruno Vespechi para um combate Street Fighter. Bruno se sentiu afrontado pelo jovem e aceitou.

Icepick estava de volta em excelente forma física. Bruno foi surpreendido pelas novas habilidades de Paco e perdeu seu primeiro round sem encostar uma mão no rapaz. O embaraçado Bruno não entendia o que estava acontecendo, e Juarez ria muito dele e de sua patética performance. Ninguém ria de Vespechi e vivia para contar história.

O segundo round foi completamente diferente. Bruno sabia o que esperar agora. Primeiramente o round parecia que ia teminar em empate, mas então Bruno desferiu um poderoso gancho que tonteou o jovem lutador. Não satisfeito em meramente ganhar a partida, Bruno pôs um par de socos-ingleses que ele guardava na jaqueta e começou a destruir com Icepick.

Quando Bruno terminou, Paco necessitava novamente de cuidados médicos, mas desta vez, bem maiores do que seu amigo podia oferecer. Seus braços e pernas estavam com todos os ossos esmigalhados.

A equipe do Hospital de Chicago deu o seu melhor, mas a extensão das fraturas era muito grande. Paco mal poderia andar, mas nunca mais lutar. Pelos próximos meses, Paco viveu em uma cadeira de rodas em um pequeno apartamento.

Um dia um homem bem vestido visitou Juarez em sua casa. O homem lhe explicou sobre um novo experimento cientifico e queria saber se Paco não estava interessado em implantar equipamentos cibernéticos que ajudariam-no a ter de volta sua mobilidade. Paco aceitou e foi levado a um laboratório secreto, onde seu primeiro grupo de implantes ciberneticos de braços e pernas foram instalados.

Desde então Paco já experimentou diversos tipos de melhorias e constantemente tem aumentado a rigidez com a qual testa os equipamentos em treinos árduos. Ele é relativamente um novato no circuito Street Fighter e deseja muito encontrar Vespechi nos ringues novamente, mas vê isso com um objetivo a longo prazo. Icepick não dá bola para nada, exceto sua vingança, não somente contra Bruno, mas contra toda a Máfia.

Aparência: Icepick é um grande homem que parece maior ainda devido aos seus braços mecânicos. Suas pernas parecem normais, a menos que se dê uma olhada mais cuidadosa. Os braços foram completamente refeitos, fazendo com que Paco se torne muito mais largo do que realmente é. Tubos cromáticos saem de alguns orifícios e penetram em sua pele em alguns pontos, provavelmente ligando-os aos seus músculos "reais". Paco normalmente tenta esconder a natureza de seus braços através de roupas grandes, a menos que queira intimidar alguém (como em um combate).

Interpretando Icepick: você está obstinado com sua vingança e nada ficará entre você e Vespechi. No ringue você considera seu oponente como uma simples maneira de testar suas habilidades antes de se encontrar novamente com Bruno. Seus braços e pernas mecânicos fazem com que seja dificil alguém se aproximar de você, todos o temem pela sua aparência. Outros Street Fighters respeitam suas habilidades no ringue, mas nenhum se tornou seu amigo. Está tudo bem, você realmente não tem tempo para ser alguém sociável. Seu único objetivo é sua vingança. Quando oportunidades aparecem, você faz o máximo para atrapalhar operações da Máfia e acabar com seus soldados. Isto faz com que você tenha muitos inimigos poderosos.

Lema: Hey! Eu acho que disse para você sair daqui. Você não faz idéia do que vai acontecer caso você atravesse esta sala e queira me enfrentar.

Cibernéticos

Cibernético

Cibernéticos

Recentemente, as arenas de lutas têm sido invadidas por um novo gênero de guerreiros – meio-humanos, meio-máquinas, apenas conhecidos como Ciborgues ou Cibernéticos. Muitos empresários e tradicionalistas sentem o espírito da competição violado. Entretanto, Ciborgues têm sido completamente permitidos em torneios de Street Fighting. Embora com certa relutância.

A criação de um Ciborgue é uma inacreditável proeza da engenharia, programação e cirurgia, inigualável a qualquer outra tecnologia maravilhosa desta década, ou até mesmo da próxima. Carne humana, ossos, músculos e nervos são enxertados a implantes mecânicos para produzir a síntese do homem-máquina.

Esse potencial da tecnologia pode ser usado de várias formas maravilhosas. Membros perdidos em acidentes ou paralisados podem ser substituídos; nervos ópticos de um cego podem ser reforçados por lentes mecânicas, restaurando sua visão; deficiências cerebrais podem ser suprimidas por implantes cerebrais. Mas existe um lado negro na cibertecnologia. Onde há muito metal, o homem desaparece, substituído por uma máquina implacável de matar.

Cyrax - Cibernético

Três anos atrás, o governo dos EUA criou seu primeiro guerreiro cibernético, seu codinome era Argênteo, por causa de seu exoesqueleto prateado. O exército ficou extremamente orgulhoso com seu prodígio da engenharia, Argênteo foi desenvolvido em uma isolada locação no Novo México. Nos seus testes finais de campo, a unidade provou ser imbatível, implacável – e infelizmente, incontrolável.

Eventualmente um pequeno circuito lógico entrou em pane, fazendo com que o sensor de sobrecarga dos processos não ativasse suas diretrizes e a máquina ficasse descontrolada, sem terem como desligá-la. Argênteo conseguiu escapar da base e foi de um lado a outro no estado. O exército foi incapaz de conter a unidade. Argênteo sozinho destruiu duas pequenas cidades, e em breve, a caminhada do Ciborgue o levaria diretamente a Las Vegas. A situação era desesperadora, até Argênteo encontrar Balrog.

Balrog reduziu o ciborgue a lixo metálico em 38.029116 segundos (de acordo com o cronômetro interno recuperado do que sobrou da unidade agora demolida). Las Vegas foi salva, e o governador de Nevada recompensou o boxeador com a chave da cidade. Entretanto, muitas pessoas compreenderam o que escapou por acaso neste incidente. O público clamou por uma moratória sobre os Cibernéticos. Ou melhor, assim as pessoas pensavam ter acontecido.

A CNN divulgou a crise em Las vegas através do globo. Dentro de um ano todos os departamentos nacionais e corporativos já faziam pesquisas de cibertecnologia. Muitas das pesquisas foram benéficas, produzindo mais corações artificiais eficientes ou próteses melhoradas para vítimas de acidentes.

Já outras descobertas foram menos benéficas. projetos secretos desenvolveram protótipos mais eficientes e letais, do que o próprio Argênteo. Essas pesquisas precisavam de uma forma de testar seus produtos sem correr o risco de repetir a crise do Novo México. Eles precisavam de um lugar de teste rigoroso que lhes permitisse examinar todo o potencial de seus guerreiros Eles escolheram o circuito de lutas Street Fighter.

Agora igualmente, empresários e lutadores, começaram a receber ofertas de melhoramentos cibernéticos. Muitos, indignados, recusam essas ofertas; seja como for, alguns poucos acabam aceitando tal proposta por uma razão ou outra. Possivelmente o lutador percebe que ele não tem o que é preciso para uma disputa; talvez ele tenha sido aleijado no ringue; quem sabe ele simplesmente sente os anos já passados pesarem em seus reflexos. por qualquer que seja a razão, alguns aceitam a oferta e permitem que os desconhecidos beneficiários que alteraram seus corpos se vangloriem de suas vitórias na arena.

Hoje em dia, Ciborgues se fazem presentes em quase todos os torneios importantes e aceitos como oponentes – aceitos mas não respeitados. Alguns Street Fighters consideram Ciborgues oponentes desonrados e constantemente mostram seu desprezo para com esses insanos meio-humanos. Muitos Street Fighters consideram detestável que um guerreiro corrompa seu corpo somente pela vitória. A honra é conquistada dentro do ringue – não comprada em uma loja de computadores.

Há exceções – Ciborgues que tem demonstrado a força em suas convicções dentro e fora da arena. Essas poucas preciosidades não sacrificaram sua humanidade para a máquina com a qual eles foram moldados.

Jack 6 - Ciborgue

O Antecedente Cibernético

Cibernético é um Antecedente Único que define quantas partes do seu corpo foram trocadas por implantes robóticos. Quanto mais alto o Antecedente, mas implantes você possui e menos humano você é.

• Seus melhoramentos são mínimos, assim como seus benefícios. Nesse estágio, apenas um mebro ou parte do corpo foi substituída. A modificação é praticamente imperceptível.

•• Duas partes do seu corpo foram substituídas por implantes mecânicos. Uma pessoa que preste atenção em você pode lhe achar estranho.

••• Seus membros são mais rápidos e mais fortes do que o normal, devido aos seus três implantes cibernéticos. Apenas um estúpido não percebe suas próteses.

•••• Seus melhoramentos cibernéticos o tornam mais forte que máquinas, machucando – e muito, lutadores normais e conseguindo a vitória até contra lutadores experientes. Quatro partes do seu corpo foram melhoradas (comumente os quatro membros) e não há como você se passar por um lutador normal, nem mesmo com um sobretudo. Crianças correm de você.

••••• Você é uma maravilha da tecnologia, seus poderes excedem os sonhos mais loucos dos seus criadores. Você é uma ameaça até mesmo aos Guerreiros Mundiais, devido às cinco partes do seu corpo que foram trocadas por poderosas protéses (comumente o tronco e os membros). Você é mais máquina do que homem, e isso é óbvio independente da distância.

Exemplos de Cibernéticos

A seguir, uma lista de personagens cibernéticos a serem utilizados pelos Narradores, seja diretamente na crônica ou como fonte de inspiração:

Mais Informações

Se você deseja ter um personagem cibernético ou deseja implantar um membro cibernético no seu personagem já existente, é obrigatória a leitura do post Criando um Cibernético. Conheça também a Corporação Caduceus, um laboratório especialista no desenvolvimento de ciborgues.

Enfrentando um cibernético